SEGUNDA 21/12
Roberto tranca as portas do armazém e vai embora com seus capangas. Gustavo fica nervoso ao perceber que as portas estão trancadas. Alcino vê Gustavo e acredita ter tido uma alucinação. Gustavo foge e não vê o ex-sócio, que desmaia por causa da fumaça. Julieta fica intrigada com a presença da polícia. Mari se desespera ao ver o galpão pegar fogo. Ela entra no galpão, acompanhada de um policial, e procura por Alcino. Débora fica surpresa ao ouvir a mensagem de Pedro em seu celular. Pedro despista Igor e Duda e convida Débora para sair. Verônica espera o telefonema de Roberto e não vê Débora sair. Mari encontra Alcino e implora que o policial ajude a tirá-lo de dentro do galpão. Alcino acorda e pede para ir para casa. Pedro leva Débora ao seu lugar preferido. Alcino chega em casa e pergunta por Débora para Verônica, que finge preocupação. Sólon coloca Gilvânia dentro de um baú e vai falar com Taís. Bené, Tião e Fiasco planejam desmascarar Sólon. Gilvânia grita por Sólon de dentro do baú. Os policiais conseguem pegar os capangas de Roberto. Verônica disfarça o nervosismo ao saber da prisão dos homens. Adalgisa percebe um movimento estranho no cassino e avisa para Severo que eles precisam ir embora para não serem presos. Sofia fica aflita esperando por Pedro e estranha ao vê-lo chegar radiante. Débora chega em casa e Alcino vai ao seu encontro. Gustavo se despede entristecido de Rose. O delegado interroga os dois capangas e um deles decide contar quem foi o mandante do crime. O advogado Pompeu chega no momento do depoimento e o impede de falar. Fiasco encontra Gilvânia e a deixa desconfiada ao falar de Sólon. Consuelo liga para Rose e diz onde Carlos Eduardo está. Alcino conta para Mari que acredita ter visto Gustavo. Rose vai procurar Gustavo e descobre que ele desapareceu.

TERÇA 22/12
Rose e Julieta se desesperam com o desaparecimento de Gustavo e Ferdinando tenta acalmá-la. O delegado Salviano informa Pompeu que seus clientes têm antecedentes criminais e que são foragidos da justiça. Verônica ameaça Pompeu para que ele liberte os dois capangas de Roberto. Dr. Emanuel revela ter visto Gustavo fungindo com um senhor mais velho. Gustavo pergunta como Domênico descobriu onde ele estava e estranha sua resposta. Verônica repreende Roberto por ele ter estragado seus planos. Tarcísio consegue passar de ano, Eurídice o abraça e Luli fica triste. Débora fica feliz por ter ficado em recuperação. Limonge fala com Luli sobre o quiz show. Alcino se preocupa ao ver Débora mancando. Davi chega ao colégio e ignora Alcino, que percebe e comenta com a filha. Davi e Sofia almoçam juntos e ele pede que a professora volte a morar com ele. Verônica atende o celular de Rose e ouve a voz de Gustavo. Verônica finge ser a assistente de Alcino e descobre que Davi, Julieta e Ferdinando irão procurar Carlos Eduardo. Rose volta para recepção, atende seu celular e descobre que alguém se passou por ela e falou com Gustavo. Severo presenteia Juvenal. Rose tenta descobrir quem atendeu seu celular. Julieta, Ferdinando e Davi saem. Roberto os segue. Sofia avisa para Adalgisa que ela e os filhos vão morar com Davi. Severo sugere que Adalgisa faça um cassino clandestino em sua casa. Sólon fica desesperado ao ver que Gilvânia não está no baú. Alcino resolve deixar Débora na casa de Mari. Verônica fica assustada com as acusações feitas por Alcino. Davi, Ferdinando e Julieta vão falar com Carlos Eduardo. Roberto observa a cena de longe. Domênico leva Rose para encontrar Gustavo, que se despede dela e avisa que vai se entregar.

QUARTA 23/12
Rose convence Gustavo a não se entregar. Carlos Eduardo não dá atenção à conversa e acaba brigando com Davi. Roberto segue Carlos Eduardo sem ser visto por ninguém. Rose conclui que Consuelo é a única esperança de Gustavo. Roberto observa Consuelo dizer a Carlos Eduardo que vai entregá-lo à polícia. Alcino acusa Verônica de ter aproveitado seu plano para se livrar de Gustavo e a vilã disfarça seu nervosismo. Mari fica preocupada com a ameaça que Alcino fez a Verônica. Roberto conta a Verônica sobre Carlos Eduardo e ela fica feliz. Gustavo leva as provas que tem contra Alcino à polícia. Verônica pensa nas provas que tem para incriminar Alcino da morte de Gustavo e Natasha. Sólon tira Gilvânia da casa de Bené e inventa uma história para ela. Bené, Tião e Fiasco contam para Taís e Genoveva sobre Sólon, mas elas não acreditam. Adalgisa não consegue impedir Sofia, Pedro e Eurídice de irem embora. Davi chega em casa e fica feliz ao ver sua família. Adalgisa aceita a proposta de Severo e decide montar um cassino em sua casa. Kátia avisa para Alcino que ele está correndo perigo por causa de Verônica. Luli recebe a confirmação de inscrição para quiz show. Gustavo fala para Domênico que gostaria de passar o Natal com Rose e seus filhos. Bené repreende Sólon, que fica bravo e ameaça o pai de Juca. Verônica coloca o chaveiro de Roberto no criado-mudo de Alcino e pede para Ernestina pegar as coisas do marido. A empregada vê o chaveiro e constata que o empresário matou Natasha. Alcino estranha o comportamento de Ernestina e Verônica fica satisfeita. Sólon segue Bené, que fica desconfiado. Péricles avisa para Bené que precisa falar com Gustavo e eles vão à casa de Rose. Roberto entrega as fotos de Glória e marca um encontro com ela. Kátia percebe a paixão que Mari tem por Alcino e a incentiva a contar para ele. Pedro e Débora se encontram no telhado da escola. Duda vê Pedro e Débora andando juntos e fica enciumada. Gustavo fica intrigado ao ouvir Péricles contar sobre o chaveiro que Ernestina encontrou nos pertences de Alcino. Verônica oferece dinheiro para Carlos Eduardo depor contra Alcino.

QUINTA 24/12
Carlos Eduardo é pressionado por Verônica e Roberto a testemunhar. Rose, Péricles e Bené resolvem contar para Ernestina que Gustavo está vivo. Kátia fica inconformada por Mari não se declarar para Alcino. Tião, Bené e Fiasco vão trabalhar em uma loja vestidos de Papai Noel. A cachorrinha Titânia é sequestrada. Verônica consegue convencer Carlos Eduardo a denunciar o marido. Verônica conta a Roberto que quer ganhar a confiança de Gustavo incriminando Alcino. Alcino se surpreende ao descobrir quem é o advogado dos capangas de Roberto. Sólon usa o desaparecimento de Titânia para ameaçar Bené. Alcino se declara para Rose, que fica constrangida e vai embora. Verônica diz a Severo que vai colocar Alcino na prisão. Rose reclama com Taís por não passar o Natal com Gustavo. Tião e Fiasco, vestidos de Papai Noel, distribuem balas e pirulitos para as crianças na loja que estão trabalhando. Bené vai até a pensão, elogia Sólon para Taís e desmente tudo o que falou para ela. Fiasco e Tião recebem o pagamento e são abordados por um casal que lhes pede ajuda. Tião não deixa Fiasco ajudar o casal, vai sozinho com eles até um local afastado e é assaltado. Tião liga para Rose e avisa que foi assaltado. Regininha e Francisco esperam Papai Noel na janela. Domênico dá um presente a Gustavo, que fica comovido. Sólon devolve Titânia para Bené. Taís vai procurar Gustavo. Roberto deixa Glória em casa. Taís chega com Gustavo vestido de Papai Noel à casa de Rose. Roberto liga para Verônica e avisa que viu Gustavo. Verônica vai até a casa de Rose e se joga nos braços de Gustavo.

SEXTA 25/12
Verônica mente para Gustavo, que fica confuso com a história da vilã. Bené conta para Juca o que Sólon fez com Titânia. Loló sente falta de sua filha e Waldemar a consola. Pedro fica irritado ao perceber que está apaixonado por Débora. Taís vai à casa de Bené e avisa que Verônica está com Gustavo. A vilã conta a Gustavo que foi enganada por Alcino e que pode provar sua inocência. Kátia comemora o Natal com um senhor misterioso. Roberto e Nuno se desentendem por causa de Glória. Mari se declara para Alcino. Verônica conta para Gustavo sobre todas as provas que tem para incriminar Alcino. Rose não acredita na bondade de Verônica. Péricles, Bené e Taís vão à casa de Rose e Gustavo conta o que Verônica lhe disse. Bené manda Taís embora. Ela e Juca ficam sem entender a atitude de Bené. Alcino fica confuso com a declaração de amor de Mari. Rose diz a Gustavo que tem medo de Verônica estar armando uma cilada. Verônica fala com Roberto que Gustavo vai se render assim que ela provar a inocência dele. Davi conta para os pais o que aconteceu na casa de Rose e eles reagem perplexos. Os capangas de Roberto, instruídos pelo advogado Pompeu, acusam Alcino de ter mandado matar Gustavo. Roberto explica a Carlos Eduardo o que ele deve falar em seu depoimento ao se entregar. Ferdinando e Julieta apresentam o advogado que vai cuidar do caso de Gustavo. Verônica chega com as supostas provas contra Alcino e Gustavo fica feliz. A vilã entrega uma roupa para o ex-marido e Rose se incomoda ao ver a reação dele. Rose teme que Verônica a afaste de Gustavo. Ferdinando e Mário Fontenelle entram na sala de Salviano e anunciam que Gustavo está vivo.

SÁBADO 26/12
Gustavo se apresenta na delegacia e começa a depor. Julieta se desculpa com Verônica, que a abraça, deixando Rose incomodada. Gustavo mostra todas as provas que tem contra Alcino e pede para que a investigação seja feita em sigilo. Alcino tenta falar com Mari sobre sua declaração na noite anterior, mas ela desconversa. Verônica chama Gustavo para voltar para a mansão, mas ele decide ir embora com Rose. Davi fica feliz ao perceber que está sozinho em casa com Sofia. Luli não gosta quando Beth insinua que ela está querendo impressionar Tarcísio participando do quiz-show. Pedro manda uma mensagem para Débora, que pensa em não encontrá-lo. Bené conta as armações de Sólon para seus pais. Bené, Fiasco e Tião planejam fazer uma investigação para desmascarar Sólon. Rose discute com Gustavo por causa de Verônica. Julieta diz a Ferdinando que está com pena da ex-nora. Verônica diz a Roberto que espera reconquistar Gustavo e colocar Alcino na prisão. Gustavo diz a Rose que nada vai separá-los. Davi recebe uma intimação e Sofia fica nervosa. Mari e Alcino ficam surpresos ao receberem intimações para deporem. Alcino chega com Mari e fica aflito ao ver Carlos Eduardo. Salviano afirma para Alcino que ele escondeu fatos da investigação. Salviano e Almeida chegam à casa de Rose e levam Gustavo preso.

Comentários encerrados.

Parceiros