SEGUNDA 8/2
O delegado pergunta a Rafael se ele é amigo do Tony. Ele diz que o conhece, mas não é seu amigo. O delegado fala para Lígia que recebeu uma denúncia de que Tony estava com ela e com o filho. Antes de sair com os agentes, o delegado pergunta a Rafael qual o nome da senhora que está na cama. Rafael diz que é Antônia, sua ex-mulher. Tony e Eduardo conversam encostados numa árvore um pouco afastada da estrada. Tony diz a Eduardo que eles vão para a Itália. Tony carrega o filho nas costas. Ele resolve parar no meio do caminho. Artur vai até o sobrado e conta a João que está difícil arranjar emprego. Bruno lembra que faz 25 anos que viu Maura pela primeira vez e a convida para tomar um vinho. Maura hesita, mas acaba cedendo. Bruno revela a Maura que se deu conta de que o seu lugar é com a família dele. Maura deixa bem claro que a história deles acabou. Nina e Pedro ouvem a voz de Bruno e ficam nervosos. Pedro pede para Maura mandar Bruno embora. Maura fala que vai se arrumar e sair com ele. Lígia, Rafael e Fernanda saem da casa da serra. Lígia diz a Rafael que Tony pode estar esperando por eles na estrada. Tony pede para Eduardo saltar de suas costas, pois sente que vai desmaiar. Tony cai e Eduardo chora sobre o pai, que perdeu os sentidos. Rafael passa dirigindo uma van e ninguém vê Eduardo e Tony. João faz um show particular para o primo, que assiste interessado. Orlando pergunta para Artur se ele gosta de cozinhar. Ele diz que trabalhou na cozinha da penitenciária e que acabou se acostumando. Bruno fica encantado ao ver Maura bem arrumada. Tony está respirando com dificuldade, quando um carro se aproxima e saltam dele Domi, Laila, Khalid e Dr. Gilson. O médico faz atendimento de emergência a Tony. A cicatriz da cirurgia sangra um pouco. Tony está sem sentidos. Bruno e Maura jantam num bistrô. Bruno fala sobre seus planos profissionais para Maura e diz que eles podem reconstruir tudo. Maura fala para Bruno que sabe que ele quer se reaproximar dela por causa da campanha eleitoral do ano seguinte. Bruno conta a Maura que falou com o advogado e ele disse que Nina tem que se apresentar na delegacia com ele. Para evitar que Bruno volte para casa antes que Pedro e Nina saiam, Maura diz que quer dar uma esticada na noite. Nina apanha uma sacola grande e diz a Pedro que vai embora. Pedro fala para ela que é melhor esperar Rafael ligar, pois eles não têm para onde ir. Os dois decidem ir para o antigo apartamento de Nina. Quando Pedro e Nina estão saindo, Dulce diz que eles vão cair numa armadilha, mas os dois vão embora mesmo assim. Ambulância chega ao barracão da escola de samba do Pavão. Pavão manda Macute providenciar os remédios para Tony. Bruno revela a Maura que sabe que Nina e Pedro estão no apartamento antigo dela, pois mandou um segurança segui-los. Rafael, Lígia e Fernanda chegam à casa de praia. Rafael pede para o motorista levar Lígia até o aeroporto e pegar Nina e Pedro em São Paulo. Fernanda diz a Rafael que vai voltar para os Estados Unidos. Artur procura emprego nos classificados. Juca, motorista, chega ao apartamento da Nina. Nina e Pedro entram na van. A mando de Bruno, um segurança segue a van. Paulo visita Tony, que diz ao amigo que vai voltar para Itália.

TERÇA 9/2
Maura acorda e se assusta com o que vê: o quarto está cheio de flores. Na mesinha da saleta há um recado do Bruno dizendo que quer viver com ela todos os dias da sua vida. Bruno acorda ao lado de Neide no apartamento da Fernanda. Fernanda, que não conseguiu dormir durante a noite, revela a Rafael que está com um passaporte falso, pois precisa fugir do Bruno. Paulo, Khalid e Laila armam um esquema para Tony sair do Brasil. Khalid diz que o ideal seria comprar a van do Rafael para poderem viajar com a documentação em ordem. Rafael cumprimenta Nina e Pedro, que o agradecem muito. Rafael vai para o carro com a bagagem de Fernanda. Ele vai ao encontro de Fernanda e diz que vai levá-la até o Rio. Fernanda conta que conseguiu um vôo para Dallas. Tony liga para Rafael, diz que precisa da van dele e pede para ele perguntar a Fernanda onde ela vai estar. Bruno manda segurança descobrir o nome da praia onde Nina e Pedro estão. Maura pede para Bruno deixar o bebê crescer ao lado da Nina. Bruno diz a Maura que quer voltar a morar com ela e com a família. Maura afirma que não dá mais. Rafael fala para Antônia que ela jogou pesado ao denunciar Tony. Tony liga para Rafael e pede para ele ir até o barracão com Fernanda se não houver risco. Rafael diz a Antônia que dessa vez a história deles acabou. Rafael entra na van e dáa partida. Antônia pega um táxi e o segue. Rafael dirige tranquilo, sem saber que Antônia está no táxi atrás da van dele. Rafael para diante de um hotel de luxo e Fernanda, disfarçada, entra no carro. Antônia observa. Antônia vê a van com Rafael e Fernanda entrar no barracão. Tony e Fernanda se beijam. Tony explica para Rafael que não vai devolver a van dele, mas garante que vai pagar acima do valor do mercado por ela. Ele explica a Rafael que depois de dois dias ele pode dar queixa na polícia, como se tivesse sido roubado. Antônia denuncia Tony. César avisa a Bruno que localizou Tony. Bruno afirma que vai mandar uns homens para lá também. Felício liga para Téo e avisa que dessa vez Tony não vai escapar. Téo consegue avisar Tony de que a polícia sabe onde ele está e o manda embora. Domi avisa a Tony que a polícia já chegou. Téo pede a Tony para mandar uma ambulância sair para distrair a polícia e depois sair com outro carro. Domi encara Tony e afirma que vai sair na ambulância. Tony dá ordens para abrirem o portão para Domi sair. A ambulância com Domi sai, agentes entram nas viaturas e saem em perseguição. Tony, Eduardo, Dr. Gilson, Khalid, Laila e dois seguranças entram na van e partem. Viaturas da polícia federal seguem a ambulância com Domi, quando surge uma van com homens do Bruno. Domi fica encurralado e vira a ambulância para o lado da ribanceira. A ambulância tomba pela ribanceira, mas Domi consegue se salvar, pois se joga para fora. O delegado avisa a César que vai chamar resgate, mas afirma que acha que não há ninguém vivo. Domi se arrasta, sangrando, escondido pela vegetação. Homens de Bruno, agentes e PMs abrem a porta da ambulância e não acham ninguém. Bruno fica furioso. Artur conta a Lurdes e a João que foi alvo de preconceito numa entrevista de emprego. Artur revela que está entendendo por que os ex-detentos não ficam muito tempo em liberdade. Dias depois, Tony e Eduardo chegam à Vila de Salaparuta, onde moraram. Tony vai até a sala de jantar e se lembra de Marina e das gêmeas. Sem sabermos se é lembrança ou é real, Eduardo aparece com Lígia. No início, Tony parece não gostar da surpresa, mas, de repente, vai até Lígia e a abraça fortemente.

QUARTA 10/2
Paulo avisa a Nícia que trouxe Domi para a chácara. Nícia corre para ver Domi, que está enfaixado e com o rosto cheio de equimoses. Domi conta a Nícia que o médico disse que foi um milagre ele ter sobrevivido. Paulo conta a Caló que Tony e Eduardo estão na Villa de Salaparuta, na casa do ex-sogro dele, que está muito doente. Paulo fica irritado com Caló, que fica aliviado por não ter mais que se entregar à polícia. Lígia explica a Tony que Eduardo ligou para ela quando eles estavam em Assunção e avisou que eles iam para Palermo. Eduardo fala para Lígia e Tony que quer ver os dois juntos. O celular de Tony toca, é Fernanda. Fernanda pede para Tony entrar em contato quando sentir que ela pode ir a Palermo. Ele tenta contornar a situação e não conta que Lígia está com ele. Bruno manda César localizar Tony e pede o endereço de Antônia. Lígia pergunta a Tony se foi Fernanda quem ligou para ele. Ele confirma. Eduardo, a sós com Lígia, fala que ela é como se fosse sua mãe. Lígia se emociona. Tony entra no quarto de Marina e lembra-se da mulher e das filhas mortas. Eduardo pede para Tony casar com Lígia. Bruno manda Sílvio e Neide descobrirem o endereço de Antônia. Dulce e Maura visitam Nina, Pedro e o bebê. Um segurança liga para Bruno para avisá-lo. Maura é surpreendida por Rafael, que foi para a casa de praia assim que soube que ela ia visitar o neto. Nina aconselha Maura a tentar ser feliz ao lado de Rafael e ressalta que se eles ficarem juntos não vai ter espaço para a Antônia. Dulce revela a Rafael que Bruno está tentando reatar com Maura. Neide entrega a ficha completa que conseguiu de Antônia para Bruno. Bruno liga para Antônia e lhe oferece uma cortesia no hotel para ela tirar a má impressão que teve do Diana quando se hospedou lá. Ele diz que manda o jatinho do hotel buscá-la no Rio. Antônia percebe que sabe coisas que são do interesse de Bruno e afirma que vai ligar depois. Artur chega muito cansado ao sobrado, depois de um dia lavando carros num posto de gasolina. A pessoa misteriosa caminha pelo corredor da Polícia Federal e, com muito cuidado, entra na sala de César. O delegado sente a presença do assassino e entra em pânico. César é morto com um tiro na testa. Na manhã seguinte, a faxineira vê César morto e sobre o peito dele a foto do Guri. Há, também, diante do corpo, um pequeno gravador. Renato e Felício ficam perplexos ao verem César morto. Renato, com o gravador na mão enluvada, aciona o aparelho. Na gravação, alternam-se vozes distorcidas de um homem e de uma mulher comentando que César protegeu assassinos, como Laila e Khalid. Eles ainda falam que César protegeu o corrupto Bruno e eliminou Valter depois que ele descobriu sua ligação com Bruno e ainda destruiu Téo. A gravação termina com as pessoas dizendo que Guri quer justiça. Bruno fala, diante dos repórteres, que Guri é Tony Castellamare. Paulo liga para Tony e conta sobre a morte de César. Sem que Tony e Lígia percebam, Eduardo pega o celular, liga para Fernanda e avisa que Lígia está com eles. Eduardo pede para Fernanda ficar longe de Tony e afirma que o pai vai se casar com Lígia. Fernanda fica atônita.

QUINTA 11/2
Eduardo deixa o celular do pai sobre um móvel, sem ser percebido. Bebel conta a Bruno e Luísa que alguns hóspedes cancelaram as reservas no Hotel Diana. Antônia liga para Bruno e diz que aceita o convite dele. Bruno fala para Bebel mandar um motorista pegar Antônia no Rio. Bruno explica para Luísa que ofereceu uma cortesia à Antônia, pois ela ficou hospedada nos dias mais terríveis do hotel. Bruno manda Neide entregar uma pasta com o cabelo de Pedrinho, dele e de Maura no laboratório. Ele revela a Neide que Clóvis pode ser pai de Pedrinho. Rafael encontra Maura na praia e pergunta se ela quer que ele vá embora. Ela diz que não. Rafael fala que não há mais nada entre ele e Antônia, mas Maura confessa que tem medo de tentar. Bruno encontra Antônia no restaurante do hotel e os dois conversam num clima de sedução. Antônia conta a Bruno que além de Khalid, Laila, Lígia e Eduardo, Fernanda também estava na casa da serra. Antônia diz a Bruno que Fernanda usava uma peruca. Eduardo se sente culpado pelo que fez. O telefone de Tony toca e Eduardo pede para o pai não atender. Tony atende, é Fernanda. Ela pergunta a Tony se Lígia está com ele. Tony propõe a Fernanda que eles se encontrem. Fernanda fala que é melhor eles não magoarem Lígia nem Eduardo. Fernanda desliga e quebra o celular. Gigi entra no apartamento de Téo e Renato espanta-se ao vê-la. Téo vai conversar com Gigi rapidamente no quarto e, quando volta, percebe que Renato foi embora. Téo fala para Gigi voltar para chácara e diz que vai atrás de Renato. Gigi diz que o ama e que não quer voltar para casa. Téo sai. Felício fala para Renato que uma faxineira, com o rosto coberto, quebrou as câmeras do corredor da Polícia Federal. Renato diz que Guri pode ser uma dupla. Felício conta que o número do Bruno estava marcado no celular de César e que havia o recado de uma mulher na caixa postal dizendo que era advogada de Tony. Felício revela ao delegado que ele foi tirado do caso. Eduardo nega ter ligado para Fernanda. Bruno diz a Antônia que se ela descobrir onde Fernanda está, deposita 500 mil na conta dela. Maura ouve um jazz instrumental e vai até o terraço da casa de praia. Ela vê Rafael. Os dois dançam e bebem vinho. Eles se beijam. Segurança de Bruno vê e liga o celular. Rafael e Maura seguem para o quarto. Antônia revela a Bruno que denunciou Tony para polícia. Segurança conta a Bruno que viu Maura e Rafael dançando. Bruno manda Bebel providenciar um carro grande com motorista. Rafael e Maura bebem champanhe na cama. Sérgio fala para Lucas que Rudi está tendo uma overdose. Rudi se debate em convulsões. Bruno chega à casa de praia e obriga Juca a abrir a porta. Bruno abre a porta do quarto com violência e flagra Rafael e Maura na cama. Bruno e Rafael se atracam. Rafael domina Bruno e o tira do quarto. Bruno coloca uma arma na nuca de Juca e manda o segurança denunciar Nina para polícia. Nina e Pedrinho choram. Rudi stá morrendo: as convulsões estão mais espaçadas.

SEXTA 12/2
Maura pede para Bruno deixar Nina ir embora, mas ele afirma que não protege assassina. Nina fala para Pedro que vai se entregar. A polícia chega e os dois choram abraçados. Dois policiais e um delegado saem do carro. Bruno diz que foi agredido por Rafael e Juca. Ele fala também que Rafael escondeu uma foragida. O delegado e o policial entram na casa e se espantam ao ver Nina com Pedrinho no colo. Nina se entrega para a polícia. Nina entra na viatura, que segue para delegacia. Rafael fica inconformado com o que Bruno fez e garante a Maura que vai providenciar o melhor advogado para Nina. Rudi para um instante e as convulsões cessam, mas logo recomeçam. Iago chega ao quarto de Rudi e manda Sérgio e Lucas irem embora. Iago revela que já foi um viciado compulsivo. Sílvio leva um médico até quarto onde Rudi está. Sérgio sugere a Lucas que eles matem Iago. Um médico e um enfermeiro cuidam de Rudi. Tony assiste ao último capítulo de Mascaradas. Lígia sente ciúmes ao ver seu amado com olhos fixos em Fernanda. Lígia diz a Tony que vai voltar para São Paulo, pois não aguenta mais essa situação. Ela diz que o ama, mas não quer dividi-lo com ninguém. Eduardo fala para Lígia que se ela for para São Paulo, ele também vai. Eduardo diz a Tony que Fernanda não o quer. Leonardo, advogado contratado por Rafael, conta que o habbeas corpus foi negado. Pedro se desespera. Leonardo fala que vai tentar conseguir uma visita. Rudi respira com aparelhos. O médico explica a Iago que Rudi vai precisar de tratamento psiquiátrico e um antidepressivo. Lígia dá um filhote de labrador para Eduardo. Tony pede para Lígia ficar mais uns tempos com ele. Lígia se lembra de quando viu Tony pela primeira vez. Há uma passagem de tempo de seis meses. Tony conta a Lígia que enviou o relatório completo das atividades da máfia do narcotráfico para a DEA. Ele afirma que agora é apenas um exportador de azeite e vinhos. Sérgio fala para Bruno que Camilo Cenizas trouxe o carregamento de coca pessoalmente e quer encontrá-lo. Rudi trabalha como gerente na Omertà e garante a Bruno que está fazendo o tratamento de reabilitação. Neide leva Camilo até a Omertà. Camilo diz a Bruno que seu filho foi preso na Colômbia por americanos da DEA. Camilo afirma que quer comprar Tony para trocá-lo por seu filho. O colombiano oferece o controle do tráfico de cocaína em toda a América Latina para Bruno, que fica tentado com a oferta. Bruno pensa em usar Gigi para atrair Tony para o Brasil. Gigi tenta abrir o cofre para pegar a carta que prova que Tony não matou Jorge, mas não consegue, pois não sabe a senha. Gigi é pega por homens de Bruno em frente ao apartamento do Téo. Téo vê Gigi sendo levada e saca a arma. Há forte tiroteio. O carro parte com Gigi. Téo fica parado na calçada, chocado.

Uma resposta para “Poder Paralelo – 8 à 12 fev 2010”

Parceiros