SEGUNDA 31/05
Jimena toma conhecimento de que Dom Jorge indicou um marido para Camila e fica escandalizada, pois, Camila já está comprometida com Ricardo. Justo, diante dessa situação, fica extremamente preocupado. Camila, por sua vez, diz que prefere morrer ao se casar com o escolhido de Jorge. Em meio a esta turbulência, Rita encontra espaço para o ciúme ao ver Ofélia defender Camila. Lisabeta também fica enciumada ao saber, por Inês, que Ricardo está interessado em Camila e ameaça denunciá-lo. Enquanto isso, Santiago, percebendo que Inês está gostando de Vasco, aconselha para que ela não se envola com ele. Santiago diz que Vasco é folgado, bêbado e mulherengo. Depois, diz que Ascânio, sim, é trabalhador. Porém, Inês responde que se não se casar com Vasco, não casará com mais ninguém. Vasco, por sua vez, ouve Barnabé dizer que, quando Santiago souber que Vasco levou a irmã dele para cama, vai arrastá-los até o altar. Então, Vasco pede para Inês que espere o momento certo para contar a Santiago sobre o romance que estão vivendo.

TERÇA 1/06
Sofia comenta com Justo que não sabe como Jorge pôde ter o atrevimento de propor que Gonzalo seja o marido ideal para Camila, afinal, Gonzalo foi um dos homens que a raptaram na noite do seu casamento. A despeito de tudo, Camila aceita e se compremete com Ricardo Lopez de Carvajal a ser sua futura esposa. Porém, ao saber disso, Santiago fica chateado e comenta com sua mãe que Camila deseja colocar uma barreira entre eles, usando o casamento para isso. Ofélia responde que Santiago já refez a vida dele e, agora, Camila tem o direito de refazer a dela. Depois Ofélia completa e diz que Ricardo lhe parece ser um homem bom. Enquanto isso, Ricardo está preocupado em limpar seu nome e pede ao seu padrinho, Dom Gaspar, que mande os guardas prenderem Bermejo, pois, segundo Ascânio descobriu, foi ele o responsável pelo assassinato da mulher e não Ricardo, que está sendo acusado injustamente. Bermejo, então, confessa que Timóteo e Francisca pagaram para ele ficar calado. Depois, Ricardo revela a Dom Gaspar que está apaixonado por Camila, a mulher da qual ele se comprometeu a tirar a fortuna para entregar a Lisabeta.

QUARTA 2/06
Dom Jorge alerta Camila que ela deveria ter contado que já estava comprometida com Ricardo, assim, ele (Jorge) voltará a exigir o direito da primeira noite. Contudo, Camila lembra que é viúva e que Jorge já exerceu este direito uma vez, mesmo que não tenha se consumado. Inês, por sua vez, desesperada, pede a Vasco que assuma o que aconteceu entre eles e conte tudo para Santiago, deste modo, ele (Santiago) terá que aceitar a união dos dois. Vasco, sem piedade, diz que o que sente por ela não é amor, foi apenas “fogo de palha”. Depois, diz que ela deveria se casar com Ascânio e, indignada, Inês dá uma bofetada na cara de Vasco. Inês, desolada, conta para Cláudio que querem casá-la com um homem que não ama. Ursula, por sua vez, critica Manoela por estar muito seserviente para com Lisabeta. Porém, Fortunata comenta com Manoela que Ursula anda de mal humor, por que em breve seu pretendente irá chegar, mas não quer se casar com ela. Depois, Manoela diz para Sofia que sabe que ela está procurando um marido para ela (Manoela) e que tudo o que deseja é um homem paciente, que jamais tenha coragem de bater nela. Jimena, vendo a pressão de Dom Jorge sobre Camila, aconselha que aceite as exigências dele, que faça suas vontades. Mas, Camila responde que não. E furiosa, lembra que Ricardo pediu para esperá-lo, que tem certeza que ele irá fazer alguma coisa para impedir esta desgraça.

QUINTA 3/06
Alberto e Uriel tramam e roubam as caravanas que levavam o dinheiro do Antilhano (Ricardo). Durante o assalto, Pablo é ferido gravemente. Mário encontra Pablo e vendo-o ferido, fica supreso ao saber que a caravana foi roubada. Mais tarde, Alberto e Uriel mostram o produto do roubo para Dom Jorge. Lazaro, por sua vez, se une ao grupo da Paizana e comenta que o Antilhano está mudado. Tuerto, então, conta, para a Paizana que durante o assalto matou Pablo. Ao ouvir isto, ela fica furiosa e diz que não se mata um companheiro. Em seguida, ela apunhá-la Tuerto sem piedade. Lisabeta conversa com Ascânio e fica surpresa ao saber que ele pretende progredir e melhorar de vida. Depois, Lisabeta comenta com Manoela que Ascânio não passava de um serviçal e Camila o herdou junto com a fortuna e a sua carta de auforria. Inês, apreensiva, acaba contando para Camila o que houve entre ela e Vasco e tudo o que fizeram. Camila, solidária, promete ajudá-la, mas sem que ninguém saia prejudicado. Santiago, por sua vez, não está conformado com o casamento de Camila com Ricardo e arruma um jeito para que ela saiba de sua insatisfação. Ele desconfia que Ricardo esconde alguma coisa. Mas, Camila, sabiamente, responde que aos olhos de Santiago nenhum homem parecerá digno dela. Em seguida ela diz que ele (Santiago) já refez sua vida e ela tem que refazer a dela. Além do mais, ela diz que ama Ricardo.

SEXTA 4/06
Santiago segue inconformado e não acredita que Camila está apaixonada por Ricardo. Enquanto isso, Sofia, Alberto e Jorge comentam sobre suas impressões sobre o Duque de Salva Tierra: Dizem que ele é pretencioso e mentiroso. Alberto, inclusive, crê que ele nem é tão rico como faz parecer e completa dizendo que só herdou o ducado porque o tio morreu e os primos desapareceram. Ursula, por coincidência, comenta com Fortunata que o Duque é bonito e educado, mas que Vasco e Ricardo vão se arrepender por terem desprezado sua beleza. Camila, decidida a resolver a situação de Inês, procura Vasco e diz a ele que só tem cinco dias para falar com Santiago. Vasco responde que foi um erro, que não quer se casar, mas vai assumir o compromisso como um cavalheiro. Lisabeta, na intenção de desiludir Camila, conta que Ricardo, na verdade, é um pirata e não merece confiança. Camila, astuta, pergunta a Lisabeta se ela não confia nele. Enquanto isso, Ursula revela a sua mãe que decidiu se casar com Alvaro, pois, com ele, terá a vida que pediu a Deus. Mário, preocupado, comenta com Jimena que Lisabeta o despreza, que usa sua cegueira para comover as pessoas e que, no fundo, ela não passa de uma “águia de rapina”. Alberto, surpreso, alerta Dom Jorge que, ao que parece, o dono dos cofres que roubaram é Ricardo Lopez Carvajal.

Comentários encerrados.

Parceiros