SEGUNDA 31/05
Rodrigo consegue impedir Bela de entrar na casa de Vera. Os dois estão muito tensos. Olga, aflita, tenta acalmar Ataulfo. Dinho se insinua para Vera, que fica indignada. Olga pede ainda que Ataulfo fuja com ela. Mas ele se nega. Helinho volta a chorar e Ataulfo fica ainda mais irritado. Verônica e Cíntia, cúmplices, decidem fugir do país. Luddy fica triste por ser abandonada, já que tem Verônica como sua heroína. Léa escuta toda a conversa escondida. Policiais começam a cercar a casa de Vera. Bela e Rodrigo não conseguem parar de pensar em Helinho. Ataulfo desconfia de que esteja acontecendo alguma coisa lá fora. Ataulfo acusa Vera de ter chamado a polícia. Ela, apavorada, nega e Olga implora que Ataulfo os liberte. Elvira diz sentir um aperto no peito, do mesmo jeito que quando Bela morreu. Rodolfo a consola. Policiais tentam negociar com Ataulfo, que exige um carro e um jatinho para fugir do país. Bela e Rodrigo desesperados pedem que os policiais acatem as exigências, mas eles se negam. Tânia declara sua paixão por Guto e os dois se beijam apaixonados. Bárbara, bêbada, chora ao pensar que não terá mais dinheiro. Cíntia, Verônica e Luddy vão embora e Léa conta tudo para Ariosto e Vanda. Bela, desesperada, decide se entregar em troca de todos os reféns, mas Rodrigo a impede. Inês sai com Helinho para que todos vejam que eles estão vivos. Clemente continua preocupado com o sumiço de Bela. Vanda e Ariosto ficam perplexos com a fuga de Cíntia. Ricardo conta para Ariosto que Verônica está sendo procurada pela polícia. Diogo suspeita que Valentina é Bela, mas não conta para ninguém. Bela aproveita uma brecha e sai correndo em direção à casa de Vera. Rodrigo fica em choque.

TERÇA 1/06
Capítulo não fornecido.

QUARTA 2/06 – FINAL
Bela revela sua verdadeira identidade em uma cena emocionante e conta sobre Hélinho. Ricardo perde perdão a Rodrigo. A mãe de Ícaro aparece no Montezuma e revela que ele é filho de Aroldo. Bela e Rodrigo se casam na igreja.

Comentários encerrados.

Parceiros