SEGUNDA 12/07
Tentando de tudo para recuperar a carta, ricardo ataca alberto e o deixa incoscienta, mas não encontra a carta com ele. Jimena supõe que a carta esteja com jorge e comenta com camila. Ela lembra que vasco tem as chaves do palácio de do jorge. Camila, desesperada, diz a ricardo que prefere se entregar dizendo que nunca teve relações com timoteo. Ricardo explica que se ela fizer isso, voltaria a ser escrava, já que gastou muito dinheiro e não tem como recuperá-lo agora. Camila, então, responde que prefere ser escrava ao ver ricardo morto. Vasco, porém, tem certeza que bernabé destruiu a carta, mas ascânio responde que lafont matou bernabé para evitar testemunhas. Camila fica angustiada pois não acharam a carta. Mas, ricardo garante que, aconteça o que acontecer, sempre irá defendê-la. Rita fica transtornada porque santiago se nega a aceitar o sobrenome de jorge. Alberto, por sua vez, fica furioso e repreende seus servos porque não viram que estranhos entraram na sua casa. Depois, ele garante a manuela que não sabe o que eles procuravam. Lisabeta se assusta só de pensar que ricardo já sabe que alberto lafont está com a carta. Francisca, por sua vez, acha que deveriam delatar de uma vez que ricardo é o antilhano, um pirata, um fora da lei. Porém, lisabeta responde que isto está fora de questão. Jorge, ao saber que alberto entregou a carta ao juiz, sem lhe contar nada, fica furioso e repreende alberto. Fortunata, por sua vez, conta à ursula que uriel pretende se casar com manuela, mas ela, na verdade, gosta é de ascânio.

TERÇA 13/07
Ursula, irônica, responde que manuela a criticava tanto e acabou por fazer a mesma coisa. Lisabeta está temerosa de que ricardo passe a odiá-la por agir contra camila e joga a culpa em francisca. Nervosa, francisca repete que ricardo nunca vai ter olhos para lisabeta. Enquanto isso, santiago confessa à sua mae que não aceitará jorge como pai. Rita, ao ouvir isso, pede que ele pense melhor, pense neles, no bebê e na família. Ofelia, que achava que rita podeira ser uma boa esposa, está decepcionada, pois está vendo que ela é egoista e interesseira. Rita fofoca para ofélia que camila se veste de maneira elegante, usa jóias caras e ninguem fala mal dela. Ofélia responde que é visivel o ciúmes de rita e que ela compete com camila. Porém, ofélia lembra que camila vale pelo que é por dentro. Sofia conta para santiago que sua mãe está chateada com ele. Depois explica que o senhorio de san fernando se herda por direito de sangue e éle é o único filho varão de dom jorge, portanto o verdadeiro herdeiro. E sua mãe sabe que santiago seria um bom governante para o povo. Porém, santiago responde que nao pode passar por cima do abuso cometido contra sua mãe e contra camila, por parte de seu verdadeiro pai. Sofia, então, diz lamentar o caso da sua mãe, mas tem certeza que jorge não abusou de camila. Camila confirma. Jimena, furiosa, briga com lisabeta quando a surpreende escutando atrás da porta o que conversam camila e santiago.

QUARTA 14/07
Jimena conta para ricardo e pede para que ele expulse as duas, prima e tia. Lisabeta, desesperada, chora e garante que não traiu a confiança de ricardo. Enquanto isso, santiago diz à mãe que não gosta de ricardo e acha que ele esconde alguma coisa. Alberto sonda Foreman para confirmar se Ricardo é realmente um pirata, mas não consegue. Gonzalo, bêbado, olha para Ricardo e diz que Ricardo López de Carvajal é, na verdade, Ricardo de Salamanca, um pirata que chamam de “O Antilhano” e reclama da mulher que perdeu para ele (Ricardo). Depois, Gonzalo fende Camila chamando-a de rameira. Ricardo, então, perde a paciência e furioso, o ameaça com a espada. A sós, Ricardo manifesta sua preocupação a Camila ante o sumiço da carta e o perigo que representa caso vá parar nas mãos do juiz. Ele acha que tem ser necessário antever as consequências e para enfrentá-las o mais sensato seria voltar à pirataría, pois assim, conseguiria dinheiro.

QUINTA 15/07
Camila não concorda e teme por sua morte. Porém, Ricardo responde que prefere morrer antes, do que vê-la ir para a cama de Jorge Mancera. Uriel, por sua vez, conta para Alberto que Gonzalo chamou Ricardo de “O Antilhano” e o acusou de ser um pirata. Ainda conta que Gonzalo disse que Jorge era desonesto e que o inglês é o pirata que compra prata roubada. Por fim conta que ele ainda chamou Camila de rameira e, por isso, Ricardo o atingiu com a espada. Enquanto isso, Jorge deseja reconhecer a paternidade de Santiago, mas este a recusa. Além disso, Sntiago exige que Jorge se retrate publicamente. Jorge, é claro, se nega. Rita, já furiosa, fala para Santiago que está cansada da preferência dele e de sua sogra por Camila. Francisca e Lisabeta tramam contra Camila e pedem pousada para Sofia alegando que Camila as trata muito mal. Sofia, desconfiada, responde que nunca viu Camila tratar alguém mal. Contudo, recebe as duas como hospedes. Ursula, por sua vez, fala para a mãe que não suporta Lisabeta e que a tia dela é uma hipócrita, uma falsa. Jorge comenta com Sofia que Santiago age como um arrogante e Sofia sugere falar com Camila e Ricardo para tentar covencer Santiago a aceitar a paternidade de Jorge. Depois, ela diz que gostaria que Santiago fosse homem em aceitar a paternidade, para castigar aos sem vergonhas do povoado.

SEXTA 16/07
Ricardo discute com Lisabeta porque esta pediu pousada a Dom Jorge. Ricardo chega a conclusão que Alberto Lafont está com a carta e tem ajudado sua prima (Lisabeta) a tramar a desgraça de Camila. Mais tarde, Ricardo critica Vasco pela imprudência e diz que, agora, Alberto pode destruir Camila. Depois de muito sofrimento, Rita dá a luz uma menina. Jorge vai até Ricardo e pede a interferência dele e de Camila sobre Santiago. Assim, Ricardo informa Camila da visita e da petição de Jorge. Camila responde que Santiago tem o direito de ser reconhecido por seu verdadeiro pai não se importa com o que aconteceu no passado. Mas, Ricardo, por sua vez, diz que não irá se envolver, mas, se ela quer falar com Santiago, que fale. Ricardo comenta com Camila que sua gente quer regressar ao mar e que precisa conseguir dinheiro para poder se estabelecer. Depois, ele se surpreende ao ver Lisabeta com suas malas e pergunta se continua de pé o acordo que fizeram com respeito a herança. Lisabeta, hipócrita, responde que sim. Gonzalo, sempre bêbado, diz a Camila que se não tivesse casado com um pirata, agora seria sua mulher. Jimena, irritada, manda Gonzalo respeitar sua amiga. Gonzalo, então, a insulta e a esbofeteia. Vasco as defende, Mário intervém acaba por matar Gonzalo. Don Gaspar visita Ricardo ante o assombro do povo e de Santiago. Ricardo, então, revela a Gaspar que se casou. Camila, por sua vez, informa Ricardo que Mário matou Gonzalo em legítima defesa. Entretanto, como Gonzalo era um homem influente, Mário foi parar na prisão.

Comentários encerrados.

Parceiros