SEGUNDA 30/08
Otávia, após fazer Gaivota sofrer com a perda de Paco, conta para Bruna o quanto foi gostoso a sensação de humilhar sua inimiga. Gaivota, por outro lado, segue perturbada pela tristesa e pela bebida, mas, Gaby comenta que em breve ela receberá alta e voltará para a mansão. Assim, com ao lado do bebê de Diana, talvez Gaivota melhore. Enquanto isso, Francisco e Paola tentam conversar, mas ela o culpa por não deixar Caramelo, por isso se afunda nas drogras. Ele responde que ela já usava drogras quando a conheceu e diz que não pode deixar Caramelo, pois ela é sua primeira esposa. Depois, ele diz que ama as duas e pode dar conta de fazê-las felizes. Francisco não entende porque as mulheres são tão complicadas e não compreendem coisas tão elementares. Renê e Yolanda estão preocupados, querem ajudar Paola e Renê sugere buscar o apoio de Otávia, porém, Yolanda diz que Otávia nunca teve amor por sua filha e revela que o motivo é por Paola não ser filha de seu verdadeiro marido, mas de uma aventura que Otávia teve com outro homem. Camila, por sua vez, pergunta a Inácio se ele conhece um boma advogado, pois, quer ajudar Max a garantir seus direitos como pai do filho de Diana. Inácio, mais astuto que Camila, aceita ajudar, já que isso causaria um enfrentamento entre Max e Diana, assim, o casal se afastaria para sempre, causando a infelicidade de ambos. Diana vai ao hospital visitar Gaivota e diz que o problema financeiro da fábrica está sendo administrado com a ajuda de Emílio. Gaivota perebe que Diana está nervosa e pergunta qual o motivo. Diana, então, responde que Max descobriu ser pai de seu filho e quer usufruir de seus direitos. Ela pede a Gaivota para ser sua advogada em uma possível briga judicial, o que Gaivota aceita prontamente. Caramalo, ainda inconformada, vai até a casa de Lala e já começa a discutir com Paola. As duas quase brigam, mas Lala chega e impede o pior. Enquanto isso, Francico dorme. Lala, então, diz que as duas deveriam ter mais amor próprío, pois, apesar de ser seu filho, Lala sabe que Francisco não vale a comida que come. Contudo, as duas continuam a brigar e, farta, Lala joga um balde de água em Francisco para que ele acorde e dê um jeito na situação. Nesse meio tempo, Gaivota chma Max ao hospital e lá, adverte que defenderá Diana e não permitirá que ele tire a criança dela. Depois, ela avisa Diana que desta vez, Max tem a lei ao seu lado. No convento, as freiras estão incoformadas, pois, a mulher que encontraram na selva despertou, mas não articula uma palavra sequer. Elas não sabem qual o nome desta mulher e nada sobre ela, mesmo assim, a cuidam. Francisco, por sua vez, vai visitar seu irmão, Diego, que lhe conta já poder ficar em pé, mas pede que guarde segredo, que não conte a ninguém. Enquanto isso, passeando no shopping, Pilar e Sandy se deparam com Gaby e Pilar começa a insultá-la. Gaby á as costas e segue seu caminho e isso deixa Pilar mais irritada. Ela segue Gaby e tenta derrubá-la da escada, mas quem cai é Pilar. No acidente, Pilar perde o bebê. Furiosa, Pilar aproveita a situação para dizer a Lary, que foi Gaby quem a empurrou da escada e causou a perda do bebê. Lary vai até o médico para saber das consequências e acaba encontrando Gaby. Ele aproveita para culpá-la do acontecido. Então, o médico diz que Pilar, não só perdeu o bebê, como nunca mais poderá engravidar. Por outro lado, Diana e Max se desentendem cada vez mais: Ela vai atrás dele, mas, se depara com Marion (Débora). Enquanto ele, vai até o escritório de Diana e ameaça tirar a cirança dela para sempre.

TERÇA 31/08 e QUARTA 1/09
Diana e Max discutem agressivamente, pois, Max quer seus direitos de pai e ela não está disposta a ceder. Emílio, vendo que os gritos de ambos chegam aos ouvidos dos funcionários, tenta interromper, mas sem sucesso. Por fim, Max vai embora. Lary, por sua vez, está desolado com a perda do filho de Pilar, o qual pensa ser dele. Então, acusa Gaby de ter matado seu filho. Gaby tenta se defender e pede que Sandy, que testemunhou tudo, diga a verdade a Lary. Porém, Sandy, por ser amiga de Pilar, responde que não se envolverá neste assunto. Enquanto isso, Diana tenta tocar os negócios e acata a idéia de Álvaro de fazer um coquetel, afim de mostrar uma imagem próspera da empresa ao mercado. Contudo, ela alerta para que seja algo econômico. Max, decidido, vai até Gaivota e avisa que, se necessário, processará Diana, para ter seus direitos de pai. Depois, Diana procura Gaivota e pergunta o que conversou com Max. Gaivota reponde que ele está disposto a brigar pelo filho e informa Diana quais as consequências. Diante disso, Diana fica assustada e cogita sair do país com o bebê. Mas, Gaivota diz que isso só pioraria a situação. Em seguida, ghega Gaby, conta o que aconteceu entre ela e Lary e recebe o apoio de Gaivota e de Diana. Otávia, por sua vez, recebe a visita do comissário Gomez, que está investigando o assassinato de Reinosa. Ele faz várias perguntas e deixa Otávia muito nervosa. Depois, Otávia ameaça Bruna para que não conte nada a Paco sobre a visita do policial. Nesse momento, entra Paco e pergunta o que ele não pode saber. Otávia despista e inventa que tentou fazer um bolo para ele, mas queimou. Paco, porém, fica desconfiado. Enquanto isso, Emílio tenta demover Max de brigar na justiça por seus direitos de pai e buscar um acordo com Diana, mas, Max não escuta seu amigo. Emilio lhe conta do coquetel e Max, em tom vingativo, avisa que irá e levará Camila, como sua acompanhante. Pilar, por sua vez, segue sustendo a mentira de que Gaby a empurrou e provocou a morte do bebê. Então, Yolanda, a sós com Pilar, pergunta se é mesmo verdade que Gaby a empurrou. E Pilar fica surpresa com o questionamento de Yolanda. Chega a noite do coquetel. Diana e Gaby entram de braços dados com Álvaro. Sílvia, mesmo sem ser convidada e sem carro, decide ir, também. Porém, no meio do caminho, ela é atacada por dois assaltantes e, como um samurai, se defende. Na luta, da qual sai sã e salva, ela reconhece Francisco. No coquetel, Álvaro apresenta Diana à mídia. Ela concede entrevistas, quando chega Maximiliano em companhia de Pilar. Diana, então, fica furiosa e pergunta quem convidou Max. Logo esclarecem que ele, agora, é executivo de uma empresa concorrente e por isso está alí. Os fotógrafos, então, pedem uma foto de Diana com o antigo dono e os dois não têm outra saída senão aceitar. Juntos, ambos posam para a foto, quando, neste momento, chega Silvia, entrando de maneira estabanada. Ela derruba Max, que cai sobre Diana. E alí, na frente de todos, os dois se beijam. Os convidados ficam surpresos e os fotógrafos disparam os flashes.

QUINTA 2/09 e SEXTA 3/09
Camila, vendo Max e Diana aos beijos diante de todos, fica irritada e os separa. Em seguida, discute com Max. Enquanto isso, Yolanda encara Pilar e deixa claro que não acredita em sua estória sobre a perda do bebê por causa da violência Gaby. Mas, Pilar, como era de se esperar, sustenta que é verdade. Lala, por sua vez, alerta Pancho para que ajude Paola a parar com as drogas, já que a garota está sem controle e teme que ela venha a ter uma overdose. No coquetel, Max não suporta ver Álvaro flertando com Diana e o ameaça, caso continue. Então, Max pede a Diana para falarem a sós e no escritório dela, se beijam uma vez mais. Caramelo avisa que Camila está vindo e os dois se separam. Ao chegar, Camila, furiosa, enfrenta Diana e lhe joga na cara a taça de vinho que tinha nas mãos. Diana revida e rasga a roupa de Camila, que fica em trajes íntimos. Depois, Diana obriga Camila a sair. Camila, então, mesmo de roupa íntima, vai embora e fica humilhada ao passar pelos convidados e pelos fotógrafos. Foi uma vergonha enorme para ela. Pilar, por sua vez, conta para Kike que seu plano foi por “água abaixo”, pois, perdeu o bebê. Ele não dá importância, pois, o que quer é que Lary deixe o caminho livre para que conquiste Gaby. Enquanto isso, Paco está confuso, pois, se sente arrependido por ter se casado com Otávia. Por fim, Diana chega em casa e Diego faz um cena de ciúmes, pois, são quatro horas da manhã. Neste meio tempo, Marion entra em contato com André e o faz saber que está viva.

SÁBADO 4/09
No dia seguinte ao coquetel, os jornais publicam a foto de Diana e Max se beijando. Isso causa um reboliço geral e Lala sente medo do que Diego pode fazer quando souber da notícia, então, ordena Nancy que esconda o jornal. Depois, Lala recrimina o comportamento de Diana e diz que se é para agir desta forma, melhor que se separe de seu filho. Diana tenta se explicar, mas Lala sabe que Diego não irá entender. Pancho, por sua vez, ao ver a foto nos jornais, decide de imediato contar a Diego e mas Paola tenta impedí-lo. Contudo, ele responde que não esconde nada do irmão e que Max irá pagar caro pelo que fez. Paola, com medo, liga para Max e o avisa. Max, ao saber da irá de Pancho e de que Diego irá sofrer, se sente feliz, pois, era exatamente isso o que planejava. Não sente pena por Diego, já que Diego não sentiu pena dele ao mentir ser pai do filho de Max. Em meio a toda esta confusão, André e Marion, que está de volta da selva, planejam vingança contra Inácio, por tudo o que ele fez com os dois enquanto estavam na selva. Max, em negociação com Diana, propõe ser recontratado pela fábrica de perfumes, em troca de não entrar com a ação para rever seus direitos de pai e Diana, mesmo contra vontade, é obrigada a aceitar. Enquanto isso, Inácio mostra o jornal para Débora, que ao ver a foto do beijo, fica louca e vai até a fábrica para tirar satisfações de Diana. Ao chegar, Marion (Débora) provoca um escândalo e xinga Diana de tudo o que se possa imaginar. Porém, Diana mantém a postura e Emílio tira Débora dalí. Diego, por sua vez, toma conhecimento da notícia e insulta Diana. Depois, ele diz que a odeia e promete vingar-se pela imensa vergonha que o fez passar. Diana tenta explicar, mas é em vão, pois ele está possesso. Gaivota acaba indo ao encontro de Paco, mas, apenas para pedir que ele seja testemunha a favor de Diana contra Max. Ele comenta que a tem estranhado muito e por fim a beija. E nesse momento, Otávia entra e flagra os dois aos beijos.

Comentários encerrados.

Parceiros