SEGUNDA 13/09
Maria Lua insiste na pergunta e Lamberto confirma que nunca houve incêndio naquela fazenda. Maria Lua vai embora arrasada ao descobrir que seu pai mentiu o tempo todo ao dizer que sua mãe morreu no incêndio. Ao chegar na casa da professora, ela confessa a Lina o real motivo que a trouxe a Santa Rosa, fala sobre o caráter de seu pai, conta o que acaba de descobrir e jura que vai descobrir a verdade sobre sua mãe. Maria Gasolina volta a fazer ameaças e irrita Ubiratan. Albinha vai até o bordel determinada a descobrir o que existe entre Marlene e Andorinha. Clarice mente para Bobi e diz que Rodrigo enganou sua prima. Marlene conversa com Albinha, diz que não tem nada com Andorinha, mas não conta que eles são irmãos. Ana vai até o cartório de registros de imóveis, tem acesso à escritura da fazenda e descobre que a propriedade está em nome de Maria Lua Miranda. Ela conhece Leopoldo Miranda, o pai da menor em questão, mas desconfia que Canjerê tenha usado nome falso para registrar sua filha. Albinha e Andorinha se reconciliam. Daniel volta a São Miguel, conversa com Verônica e fica muito intrigado quando ela diz seu nome e desconfia que ela possa ser a mãe de Zé Trovão. Ana volta ao cartório e encontra a certidão de nascimento em nome de Maria Lua Miranda e, mais uma vez se decepciona, quando vê que a mãe da menina se chama Letícia. Decidida a descobrir o que aconteceu com sua mãe, Maria Lua volta à fazenda e visita o cemitério.

TERÇA 14/09
Determinada a encontrar alguma coisa que pertenceu a sua mãe, Maria Lua consegue entrar na fazenda sem ser vista. Ao mesmo tempo, Leopoldo chega ao local. A menina se esconde e ouve quando o pai, conversando com Mosca, conta o que aconteceu no passado e confessa que matou o avô de sua filha. Assustada, Maria Lua sai correndo, é vista por Leopoldo, mas consegue escapar. Lina não acredita na história que ela conta e Maria Lua decide procurar outro lugar para se esconder. Depois de ver a certidão de nascimento da filha, Ana fica muito intrigada e decide procurar o delegado da cidade e pedir a ele que investigue Leopoldo Miranda. Leopoldo dá ordens expressas a Ubiratan e Mosca para que vasculhem a cidade e encontrem Maria Lua. Depois, ele vai até o bordel e faz ameaças a Maria Gasolina. A prostituta não se intimida, insiste na chantagem e Leopoldo ordena a seu capataz que acabe com a vida dela. Desconfiado do perigo que ela está correndo, Rodrigo oferece ajuda a Maria Gasolina. Depois de trinta anos, Gorda reencontra Ranulfo, seu grande amor do passado, e Daniel vê os dois juntos. Logo depois do encontro, Ranulfo entrega a Dolores a certidão de óbito, falsificada, de Verônica. Daniel observa os dois de longe e fica muito intrigado. Mosca chega na casa da professora onde Maria Lua está escondida.

QUARTA 15/09
Mosca descreve Maria Lua, Lina hesita, mas acaba negando ter visto a menina. Ana procura o delegado e pede a ele que investigue a vida de Leopoldo Miranda. O policial registra a queixa, mas frustra Ana ao dizer que pouco se pode fazer para desvendar um crime que aconteceu há doze anos atrás. Ubiratan e Mosca comunicam a Leopoldo que não conseguiram encontrar Maria Lua e ele ordena aos capangas que procurem a menina no rodeio que vai acontecer na cidade. Tem início o rodeio de Santa Rosa e Verônica se emociona ao ver o filho. Dolores a observa de longe e é surpreendida quando Daniel pergunta por que Verônica não pode se encontrar com o filho, Zé Trovão. Verônica segue as ordens de Dolores e não se aproxima do filho, mas com a ajuda de Helena consegue que Zé Trovão lhe dê um autógrafo. Depois do rodeio, Daniel vai até o caminhão de Dolores, a pressiona a dizer qual sua relação com Verônica e ameaça contar para Zé Trovão que sua mãe está viva.

QUINTA 16/09
Lina decide ajudar Maria Lua a descobrir a verdade sobre seu passado, vai até a igreja e consegue o endereço do padre que a batizou. Na volta, ela passa mal e acaba sendo socorrida por Ubiratan, que a leva de volta para casa. Ao vê-la chegar com Ubiratan, Maria Lua se apavora e foge. Ana decide criar uma companhia de rodeio só com mulheres e João gosta da ideia. Maria Lua chega ao bordel e pede a ajuda de Marlene. Mosca ameaça matar Maria Gasolina mas é impedido por Rodrigo, que coloca o capanga pra correr e ameaça denunciar Leopoldo se ele não pagar pelo silêncio da prostituta. Gorda e Ranulfo se encontram e relembram o romance que viveram no passado. Dolores procura Ranulfo e ameaça demiti-lo se ele permitir que Verônica volte a se aproximar de Zé Trovão. O ex- palhaço não se intimida e chantageia Dolores, dizendo que tem em mãos uma carta onde ela, de próprio punho, admite ter matado Azelino.

SEXTA 17/09
Ranulfo propõe a Gorda que reatem o relacionamento. Rodrigo se aproveita da inocência de Maria Lua e oferece emprego de garçonete para a menina. Marlene a aconselha a ficar longe dele. Andorinha finalmente consegue fazer amor com Albinha e diz que vai pedi-la em casamento. Depois de ser humilhado e ameaçado por Rodrigo, Mosca enfrenta a fúria de Leopoldo. Ubiratan tenta contornar a situação e se oferece para negociar com Maria Gasolina. Verônica revive depois de ver o filho e pede a ajuda de Helena para convencer Dolores a permitir que ele a visite. Dolores fica furiosa com a proposta, discute com a enfermeira e é observada por Daniel. Ana conta a Lamberto que descobriu o nome do dono da fazenda e deixa o italiano preocupado. Malvina comenta com Ana que Maria Gasolina talvez possa lhe dar alguma informação sobre Canjerê e ela decide ir até lá. Ao chegar no bordel, Ana por pouco não encontra Maria Lua. Depois conversa com Maria Gasolina e pergunta se ela conheceu um homem chamado Canjerê. Ubiratan chega e ouve a conversa.

SÁBADO 18/09
Hábil, Ubiratan interrompe a conversa. Ana insiste na pergunta e Maria Gasolina nega que Canjerê tenha passado pelo bordel. Depois Ubiratan tenta negociar com ela um valor menor pelo seu silêncio. Andorinha conversa com Jesus e pede Albinha em casamento. Sem imaginar o segredo que Ubiratan esconde, Ana conta que descobriu o verdadeiro nome de Canjerê. Dissimulado, ele se oferece para investigar mas, diante da negativa da peoa, que quer ela mesma descobrir o paradeiro de sua filha, ele se faz passar por psiquiatra, e diz ao delegado que Ana tem sérios distúrbios mentais e pede a ele que arquive o caso. Maria Lua fica muito assustada com a presença de Ubiratan no bordel e já não sabe onde se esconder. Marlene decide ajudá-la e vai conversar com a professora. Helena comenta com Verônica a conversa que teve com Dolores. Revoltada ao saber que o filho é tratado como empregado, Verônica conta que Azelino, o pai de Zé Trovão, era sócio do pai de Dolores e, portanto, ele tem direto a metade da companhia. Ubiratan entrega a Maria Gasolina o dinheiro que ela pediu em troca de seu silêncio.

Comentários encerrados.

Parceiros