SEGUNDA 13/09
Depois de levar uma bofetada de Diego por causa de seu ciúme de Max, Diana fica indignada e diz que se isso acontecer novamente, terá que tomar uma decisão drástica. Diego responde que ela não conseguirá se livrar dele, mas Diana não aguenta mais e dá as costas para ele, que fica aos gritos, falando sozinho. Enaqunto isso, Bruna tenta convencer Otávia que sua filha não é uma pessoa má, mas Otávia responde que desde que Marion despertou destes dois anos de inconsciência, tem tido atitudes muito diferentes e é capaz, sim, de causar danos. André e Marion (a verdadeira) seguem com seu plano e vão até Inácio. Ela, disfarçada de Irmã da caridade, lhe pede um donativo, quando surge André. Marion, então, se revela e André confirma. Inácio não pode crer, pois pensava ter matado Marion na selva. Eles perguntam onde está Débora e Inácio diz que ela está escondida na cabana onde estavam Marion e Diana. Então, pegam a chave, amordaçam Inácio e lhe dão um golpe na cabeça que o faz desmaiar. Logo chega Silvia e liberta Inácio. Camila, por sua vez, visita Max no hospital em companhia da inconveniente Silvia e Max se sente incomodado. Ele pede para que saiam, mas, Camila lhe dá um beijo. Nesse momento, Diana entra no quarto e vê o beijo. Marion e André finalmente chegam a cabana e ela ordena que André espalhe gasolina por todo o lugar. Ela entra no quartinho onde Débora está dormindo e a desperta. Débora não crê no que vê, sua irmã gêmea, viva. E ainda por cima acompanhada de seu esposo, André. Ela pergunta o que os dois fazem alí e eles respondem que foram para matá-la. André, então, põe fogo no quarto e desesperada, Débora se joga sobre Marion, dizendo que se ela morrer, Marion morrerá junto. Porém, Marion se livra de Débora e consegue sair, deixando a irmã sozinha e gritando por socorro. Yolanda, por sua vez, também visitar Max no hospital e diz a ele que viu Diana passar chorando. Ele deduz que ela deve ter visto quando Camila o beijou. Ele pede para sua tia que chame Diana para lhe pedir desculpas, que ela é aúnica que pode acalmá-lo desta angústica de não poder enxergar. Diana aceita e retorna. Mais tarde, no momento em que Débora estava envolta em chamas, Max tem um pesadelo e conta para Yolanda. Ele diz que sonhou com uma mulher, muito parecida com Marion, que pedia socorro. Sua tia o acálma e diz que foi apenas um pesadelo. Nesse meio tempo, Paola continua a se afundar cada vez mais nas drogas, mesmo com os conselhos de sua amiga Sandy. Diego, inconformado, conta para seu irmão que sua esposa continua visitando Max no hospital e Francisco diz que se for necessário dará um coretivo nela. Lala, por sua vez, comenta que na vizinhança anadam invadindo e roubando as casas. Imediatamente, Gaivota manda Emílio comprar armas e colocar uma em cada quarto, caso tenham que se defender dos ladrões. André e Marion, agora, contam seu plano para Isabel e dizem que o próximo passo é convencer Bruna a confessar que há uma irmã gêmea que enganou a todos por muito tempo. Enquanto isso, Francisco vai até a fábrica com a intenção de tirar satisfações com Diana, por ela estar se encontrando com Max e desprezando seu irmão, Diego, porém, Caramelo o impede. Então, ela o convida para tomar, mas antes lhe dá um beijo ardente. Nesse momento chega Paola e flagra os dois.

TERÇA 14/09 e QUARTA 15/09
Depois de pegar Francisco beijando Caramelo, Paola arma um escândaclo, mas Diana chega e põe Francisco e Paola para correr. Emílio, seguindo a determinação de Gaivota, compra armas e as coloca, uma em cada quarto da casa. Marion, por sua vez, consegue com Lary o endereço de onde está Bruna e parte em sua direção. Ao chegar (na casa de Otávia), Bruna abre a porta e logo percebe que é Marion e não Débora. Então, pergunta pela irmã. Marion, porém, não dá muita conversa e exige que Bruna conte toda a verdade, que planejou junto com Débora de usurpar sua personalidade. Enquanto as duas coversam, Otávia escuta. Então, ela invade a sala e pergunta a Bruna se é verdade. Bruna reluta em responder e Marion começa a falar. Imediatamente Otávia percebe que é Marion, fica espantada com a história e insiste em questionar Bruna. Esta, sem ter como escapar, acaba confessando e tenta se explicar, diz que tentou resguardar Marion, mas depois, Débora quis prosseguir com a farça, mesmo sabendo que a irmã havia se recuperado. Otávia, então, pergunta a Marion do paradeiro de Débora e ela responde que Débora morreu queimada, ao tentar matá-la. Isso foi um golpe duro para Bruna que surta e entra em estado de choque. Marion pede que Otávia a ajude a contar toda a verdade a Max, pois quer recuperar seu marido, mas Otávia está chocada. Diana volta ao hospital para ver Max ele pede a ela que fique com ele, mas Diana responde que é casada e naõ pode abandonar seu marido em uma cadeira de rodas. André, depois da morte de Débora, decide “comemorar” e vai até a mansão com a intenção de violentar Gaby. Ele aproveita que ela está no banho, invade o querto, apaga as luzes e se deita na cama. Ao sair do banho, Gaby acende a luz e se dá conta que seu agressor está alí. André age rápido e lhe tapa a boca para que não grite. Enquanto isso, Paola, após brigar com seu marido e ser humilhada por ele, é socorrida por Lala que corre com Pancho dalí. Paola não entende que Lala quer ajudar e sai. Em seguida, liga para André e lhe pede para conseguir “aquilo” (drogas) para ela. Lary, por sua vez, vai visitar seu irmão no hospital e pede para que Camila saia para que eles possam convesar a sós. Porém, Max pede para que não a tratem mal e revela que assim que receba alta, se casará com ela, o que pega a todos de surpresa. Na mansão, Diego e Diana discutem e em meio a briga, ouvem tiros no andar de cima. Gaivota vai até o quarto de Gaby e como ela não abre a porta, Gaivota usa a chave que tem e consegue entrar. Ao entrar, Gaivota se depara com o cadáver de André. Gaby muito nervosa, diz que ele tentou violentá-la e, então, teve que se defender com a pistóla. Rápida, Gaivota diz que assumira a culpa pelo crime, mas, Gaby não concorda. A Gaivota não resta mais nada a não ser revelar a garota que faz isso por ser sua mãe, bem como de Diana. Gaby, então, aceita. Em seguida, o resto da família chega ao quarto e encontram Gaivota com a arma em punho. Caramelo chama a polícia e Gaivota explica o que acontceu. Dona Miguelina, triste, crê que a desgraça caiu sobre a família.

QUINTA 16/09 e SEXTA 17/09
Otávio, por fim, mesmo vendo Bruna transtornada, se compromete em ajudar Marion a reconstruir seu casamento com Max. Enquanto isso, Fedora é levada para a prisão. Durante o interrogatório, o delegado desconfia de que ela esconde algo e não lhe revelou todos os fatos. Imediatamente, Diana avisa Paco, que não se conforma em saber que Fedora está novamente da cadeia. Otávia, esperta, decide conferir toda a história que Marion lhe contou e vai até Isabel que confirma tudo. Gaby, por sua vez, está desesperada e pergunta a sua avó se é mesmo verdade que Gaivota é sua mãe e Miguelina confirma. Então, ela confessa que quem matou André foi ela e não Gaivota. Diz que vai se entregar, mas Miguelina a impede e diz que sua mãe se sacrificou por ela. Depois, aconselha Gaby a ficar em silêncio, para o bem de todos. Yolanda, ao pensar que é Débora quem visita a Max, fica indignada, mas Otávia revela que, na verdade, é Marion. Diana, então, tem um lampejo de memória ao ouvir o nome de Débora. Se lembra que estiveram juntas em um cativeiro e comenta com Yolanda. Depois, não recorda mais nada. Yolanda, com isso, tem esperanças que muitas coisas sejam esclarecidas quando Diana recobrar a memória completa destes acontecimentos. Assim, Marion pede a Max outra oportunidade para reconstruirem seu casamento, mas ele responde que as coisas mudaram e a mulher que ele ama é Diana.

SÁBADO 18/09
Paco ao ver Fedora na prisão, promete fazer de tudo para tirá-la dalí. Esta notícia agrada Caramelo, pois, se Otávia descobrir, o casamento dela com seu pai pode ir por água abaixo. Diana por sua vez, percebe que conhece Marion de algum lugar, mas não consegue recordar com clareza. Yolanda diz que ela precisa se lembrar, pois percebe que nestas memórias perdidas pode estar toda a verdade. Enquanto isso, Marion comenta com Max que ela entende sua relação com Diana e não está enciumada. Isso confunde Max. Então, Diana comenta que não poderá mais vê-lo com a mesma frequênica, já que sua esposa regressou. Ainda presa, Fedora recebe a visista de Isabel que diz que fará qualquer coisa para que ela apodreça na prisão. Lary, sem querer, flagra sua tia beijando Renê. Ela explica que não é uma relação tão séria, então, ele acaba compreendendo e dando apoio a Yolanda. Marion, astuta, conta para Otávia sua estratégia para reconquistar Max: Ela pensa em se tornar “amiga” de Diana, se fazer de vítima pelo que sofreu e, com isso, fazer com que Diana, por pena, deixe o caminho livre, ou seja, desista de Max. Depois, Otavio pega Paco ao telefone tentando conseguir um advogado para Fedora e fica furiosa com ele. Porém, Paco avisa que ajudará Gaivota, quer Otávia queira ou não. Isabel, por sua vez, pede para Inácio que a ajude a conseguir um bom advogado, mas, como ele se recusa, ela recorre a Marion. A princípio Marion se recusa, mas Isabel ameaça contar tudo o que sabe e Marion, pressionada, acaba aceitando ajudá-la. Diana volta a visitar Fedora na prisão e implora para que ela aceite o apoio de um advogado, mas ela não concorda, pois, não quer que a investigação seja aprofundada. Neste momento chega Gaby e Givota fica apreensiva, com receio de que Gaby confesse o que verdadeiramente aconteceu. Diana insiste e Gaby, se sentindo culpada, não resiste e confessa que foi ela quem matou André.

Comentários encerrados.

Parceiros