SEGUNDA 27/09
Fausto vai a casa de Teresa, encontra Clara na festa e lhe dá uma bofetada diante de todos os convidados. Mirela volta da festa sozinha. Triste, ela pede a Remédios que faça algo para conseguir esquecer João de Deus. Padre Antônio conta para João, o tapa que Fausto deu em Clara. João de Deus revela que Clara só foi a festa para ajudar o próprio pai. Padre Antônio fica surpreso. Clara conta à Mirela que Paulo a beijou. Clara encontra Paulo na praça e pede que não volte a procurá-la. Paulo confessa ao tio que beijou Clara. Clara conta a Amália que está apaixonada, mas diz que seu amor é impossível. Guilherme vai a casa de Fausto procurar por Clara. Raquel o atende e diz que Clara não está. Guilherme aproveita para elogiar a beleza de Raquel. Alexandre abraça Raquel e pede que volte para ele. Mirela flagra os dois.

TERÇA 28/09
Clara pede a João de Deus que volte a trabalhar nos canaviais de Fausto. João de Deus reluta, mas aceita por ser um pedido dela. Raquel ameaça Mirela, caso ela conte para alguém sobre seus encontros com Dr. Alexandre. Clara pergunta a Raquel, se ela contou a Fausto sobre a sua ida à festa. Raquel diz não ter tido outra saída. Agenor encontra Clara na rua e tenta beijá-la à força. Paulo comunica a Regina que decidiu ficar mais alguns dias na cidade. Fausto conta para Raquel que foi até a casa do Dr. Alexandre para saber se ele já tinha o resultado de seus exames. Miguel e Amália chegam na hora, mas Agenor bate em Miguel, que cai desacordado. Clara sai em busca de socorro. Guilherme diz ao pai que pretende ficar morando em São Bento e Carlos pede a Teresa um emprego para o filho. Margareth chega à cidade, procura por Padre Antônio e se identifica como a mãe de João de Deus.

QUARTA 29/09
Margareth diz a padre Antonio que voltou para reencontrar seu filho. Indignado, o religioso diz a ela que seu arrependimento é tardio e que João de Deus acha que seus pais estão mortos. Ela responde que não descansará enquanto não conseguir ter seu filho de volta. Agenor vai até a clínica saber como Miguel está. Ele encontra com Clara e a provoca novamente, desta vez, ela reage e lhe dá uma bofetada. Lourdes conta para Fausto, que Clara não dormiu em casa. Fausto fica nervoso. Paulo se revolta quando descobre que Teresa deu emprego para Guilherme. Clara chega em casa e Fausto sem questionar lhe dá um tapa. Ela procura explicar onde passou a noite e diz que deixou recado com Raquel. Raquel confirma, mas não lhe deu o recado, porque ele estava dormindo. Fausto pede perdão à filha, mas ela nega. Raquel promete a Guilherme ajudá-lo a conquistar Clara. Dr. Alexandre pede sigilo à Mirela sobre seu caso com Raquel. João de Deus volta a trabalhar nos canaviais e confessa a Fausto que ama Clara. Paulo se revolta quando Vicente conta que Miguel só se aposentou por que foi demitido da empresa. Ele visita Miguel e o convida para voltar a trabalhar na usina. Clara vai visitar o padrinho e ouve quando Paulo diz a ele que está indo embora da cidade por que tem medo de se apaixonar por ela.

QUINTA 30/09
Miguel não aceita voltar a trabalhar na Usina e aconselha Paulo a assumir o lugar que foi de seu pai. Guilherme vai até a casa de Clara, conta que Paulo ficará na cidade mais quinze dias e que ele ficará em definitivo e que está fazendo isso por causa dela. Clara deixa claro que não quer ter nenhum tipo de relacionamento com ele. Paulo promete a Teresa que irá pensar na possibilidade de administrar a Usina, mas ela diz ao filho que primeiro terá que se casar com Regina. Fausto não gosta do relacionamento entre Clara e Guilherme. Denise, Márcio, Regina e Paulo se encontram no restaurante, mas a noite acaba em confusão quando Márcio fala mal da reputação de Clara e Paula sai em dua defesa. Margareth simula um tropeço para aproximar-se de João de Deus. Clara tenta convencer o pai a cultivar as terras deixadas pela mãe, mas ele se nega. Clara procura Teresa para falar sobre negócios, diz que vai plantar cana nas terras deixadas por sua mãe e propõe a ela que compre a produção. Teresa humilha Clara e diz que jamais compraria a produção de alguém de sua família. Padre Antonio chega em casa e fica muito preocupado ao ver Margareth e João de Deus juntos.

SEXTA 01/10
Paulo e João se encontram no canavial. João fala sobre a difícil situação financeira que Fausto atravessa e confessa ao amigo que está apaixonado por Clara. Tereza dá ordens a Agenor para que impeça os planos de Clara de transformar as terras de Débora em um canavial. Miguel deprimido, fala para Amália que já não serve para mais nada. Regina segue o conselho do irmão e vai à casa de Márcio, pedir desculpas pelo que Paulo fez. Ela queixa-se de seu relacionamento e Márcio diz que Paulo não sabe o tesouro que está perdendo, aproxima-se dela e a beija. Remédios fala para Paulo não lutar contra o destino. Raquel termina seu romance com Dr. Alexandre. Margareth leva um bolo para João de Deus e Padre Antônio incomoda-se com a presença dela. Agenor demite Carlota. Regina deseja voltar para São Paulo, mas Paulo decide assumir a Usina. Padre Antônio procura Margareth no hotel, conversa com ela sobre João de Deus e duvida das suas intenções. Regina conta para Teresa que Paulo resolveu assumir a usina. Paulo pede para Miguel voltar a trabalhar na usina. Mirela decide pedir desculpas para Clara. Carlota revela que foi readmitida e pede a Agenor que ele vá até a sala de Paulo. Paulo comunica a Agenor, que assumiu a usina e que talvez Miguel volte a trabalhar para eles. Teresa chega e parabeniza Paulo. Fausto diz a Raquel que talvez precise hipotecar a casa. Agenor decide se livrar de Miguel e pede um “favorzinho” a Osvaldo. Miguel vai até o armarinho conversar com Amália sobre a proposta de Paulo. Osvaldo não vê Miguel saindo, segue em direção ao armarinho e ateia fogo. Clara, ao ver o incêndio, se desespera e tenta entrar para salvar Amália, mas Paulo a impede. Paulo liga para Miguel, que se desespera ao chegar ao local e ver o corpo de Amália ser retirado pelos paramédicos. Agenor pergunta à Margareth porque ela está rondando a usina. Ele a convida para comer e beber algo. Agenor ouve os comentários sobre a morte de Amália. E se recusa a pagar Osvaldo por ter eliminado a pessoa errada.

SÁBADO 02/10
Paulo pede a Vicente que providencie o enterro de Amália. Clara consola Miguel. Guilherme vai procurar por Clara e conta a Lourdes sobre o incêndio. Fausto se desespera ao pensar que pode ter acontecido alguma coisa com sua filha. Clara chega em casa e conta que Amália faleceu e Fausto a consola. No velório de Amália, Miguel acusa Agenor de ser o assassino. Guilherme espera por Clara e se oferece para acompanhá-la ao velório. Paulo sente ciúmes. Teresa pede explicações a Agenor sobre as acusações de Miguel. Triste pela morte de Amália, Clara conversa com Fausto e fala sobre Débora. Raquel escuta a conversa dos dois. Margareth procura por Agenor e pergunta sobre emprego que lhe prometeu. Fausto diz a Clara que não tem nenhuma dúvida de que foi traído por Débora. Agenor sugere a Paulo uma nova secretária para ajudar Carlota. Paulo concorda com a idéia e pede a ele que providencie a pessoa para ocupar a vaga. Marcio e Regina marcam um encontro na praça. Teresa pergunta a Regina com quem ela falava ao telefone. Regina mente e diz que estava falando com o pai. Fausto leva jantar para Miguel e aproveita para conversar um pouco com ele. João e Clara vêem Regina na praça. Regina e Márcio se encontram. Agenor conta a Margareth que conseguiu o emprego. Paulo pergunta a Regina aonde ela foi. Guilherme procura Clara e Raquel, mal intencionada, sugere a ele que a espere no quarto. Fausto fica irritado com Clara e Guilherme, que estão trancados no quarto. Clara se defende, mas Fausto não aceita as explicações da filha. João de Deus faz os cálculos do investimento que será necessário para iniciar a plantação nas terras de Clara. Guilherme diz a Paulo que pretende mudar de vida e que Clara está em seus planos.

Comentários encerrados.

Parceiros