SEGUNDA 27/09 e TERÇA 28/09
Jorge fica furioso com Alberto por causa de outro assalto que ele cometeu e diz que, desde o momento que se apaixonou por Lisabeta, só cometeu erros. Santiago, enfim, descobre sobre o esquema do contrabando e Alberto, nervoso, pede a cabeça de Santiago. Porém, Jorge avisa que vai matar é o próprio Alberto, caso não deixe Manuela se casar com Ascânio. Assim, talvez parem de pensar no problema do contrabando. Manuela comenta com Ascânio que achou nobre Lisabeta batizar o bebê com o nome de Pedro de Salamanca. Embora, seu pai tenha ficado enfurecido, pois, ele abomina o bebê. Ascânio, porém, acha tudo muito suspeito, afinal, Lisabeta sempre foi arrogante e cruel. Enquanto isso, Ricardo e alguns de seus homens acabam presos como suspeitos do ataque a Porto Paraíso. Ascânio, por sua vez, conta para Vasco, Ines e Jimena, sobre o bebê de Lisabeta e todos concluem que talvez seja o bebê de Camila. Jorge, já tenso com a situação, fica ainda mais preocupado com a visita do Coronel Josá Maria Valência, que está em missão especial. O oficial identifica Marco e Uriel como dois dos ladrões que assaltaram a caravana. Santiago, então, acusa o pai por armar tantas mentiras e cometer tantos erros. Mas Jorge responde que Santiago também errou gravemente, afinal, o bebê de Camila morreu sua culpa e lembra que se Santiago tivesse oportunidade, teria matado Ricardo. Pablo, por sua vez, consegue avisar Camila que Ricardo está na prisão de San Benito. Ao saber disso, Ascânio forja uma autorização para visita e Ricardo fica surpresa ao ver Camila entrando na prisão para vê-lo.

QUARTA 29/09 e QUINTA 30/09
Jorge chama o medico e o padre e vai até a prisão de San Benito para tentar ajudar Marco. O Coronel José Maria, por sua vez, quer saber para quem Marco trabalha. Assim, Jorge fica incomodado com a situação e diz que o homem está agonizante. Eles chegam a San Benito, encontram Marco na prisão, mas ele morre tentando confessar algo. Ricardo, na prisão, comenta para Camila que tem duvidas quanto a morte do bebê. Ele suspeita que mentiram para Camila. Ela, por sua vez, só quer que Ricardo fique vivo. Inês e Vasco, desconfiados, dizem para Camila que o bebê de Lisabeta pode ser o filho de Camila que, dizem, teria nascido morto. Camila, então, diz que, se for verdade, irá matar Lisabeta. Depois, Camila exige de seu pai saber tudo sobre o que realmente aconteceu com seu bebê e acaba suspeitando de Santiago, pois ele, na esperança de se casar com ela, acabou se livrando do bebê para não ter obstáculos. Camila, então, pede para que Santiago jure que não deu o seu filho para Lisabeta. Justo, apesar de tudo, conta para Santiago que Camila se encontrou com Ricardo. E Santiago acredita que foi Ricardo quem colocou Camila contra ele. Enquanto isso, Sofia diz para Jorge que o mundo dele está ruindo e que, por varias vezes, ela sonhou com esse momento, mas, agora só sente pena dele. Ascânio, por sua vez, recusa o cargo oferecido e de se casar com Manuela. Santiago segue obcecado e considera que Ricardo deveria ser morto, enforcado, mas Ricardo tem o direito de ser livre., Ascânio responde e diz que Jorge merece a mesma pena. Ricardo, enfim, consegue fugir da prisão. Ele encontra Camila e decidem ir atrás da parteira que fez o parto de Camila.

SEXTA 01/10
Ricardo, livre da prisão, parte para tentar descobrir a verdade sobre seu filho. Na busca, Ricardo e Camila encontram Conchita, que acusa Auxiliadora de roubar seu bebê, dizendo que a mãe do bebê que ela amamentou, havia morrido no parto. Então, eles decidem levar Conchita para ver se o bebê de Lisabeta seria o mesmo. Jorge, por sua vez, se desespera ante a recusa de Ascânio em se casar com Manuela. Ele diz que a ama, mas, revela está tomando a decisão de forma consciente. Jorge apela para Manuela e pede a ela para que convença Ascânio a se casar, ou, ele irá morrer. Porém, Ascânio mostra a Manuela que tudo não passa de chantagem para forçá-lo a esquecer os assaltos às caravanas e o esquema de contrabando. Depois, ele diz que isso acabaria com a chance de inocentar Ricardo. Manuela, então, pede para que Ascânio faça o que o seu coração mandar, mas não esqueça nunca de seu amor por ele. Os dois trocam juras de amor. Santiago, por sua vez, pressiona Ascânio e tenta convencê-lo a não contar nada sobre os negócios escusos de Alberto e de Jorge. Porém, AscÂnio responde que Ricardo também tem o direito de ser feliz e que Santiago quer é ver Ricardo morto. Depois, diz que Camila já sofreu demais e merece ser feliz. E mesmo que Ricardo morra ou desapareça, ela nunca irá voltar para Santiago. Mas Santiago, obcecado, afirma que prefere isso ao vê-la com Ricardo.

Comentários encerrados.

Parceiros