SEGUNDA 18/10
Raquel limpa a mancha de sangue, toma comprimidos e sai apressada. João de Deus a vê sair. Miguel convida Carlota para jantar. João de Deus procura por Mirela para conversarem. Quando Clara e Lourdes chegam em casa, Clara procura por Fausto e o encontra morto. Lourdes avisa Miguel que corre para socorrer a afilhada. Raquel, em busca de um hálibi, visita Hilda. De lá, ela telefona para casa e recebe a notícia da morte de Fausto. Teresa fica sabendo da morte de Fausto, mas não conta nada para Paulo. Raquel diz a Miguel e Clara que não haverá velório. João de Deus e Mirela passeiam pelo campo e acabam se reconciliando. Eles se beijam e acabam transando. Remédios conta para Padre Antônio sobre a morte de Fausto e diz que se sente culpada pelo que aconteceu. Raquel é praticamente expulsa por Padre Antônio de casa. Agenor entra no escritório da casa de Fausto e rouba alguns papéis. Paulo, furioso, pergunta a Teresa por que não lhe deu o recado sobre a morte de Fausto. Padre Antônio pede para Remédios contar para Clara tudo o que ela disse a Fausto no dia de sua morte. Padre pede ajuda de Paulo para salvar Clara de Raquel e conta que eles não são irmãos. Raquel tenta impedir Paulo de conversar com Clara. Paulo pede perdão para Clara e diz que a ama. Agenor diz para Teresa que já havia entregue para Fausto 50% do dinheiro referente às terras. Teresa diz que, caso ele não consiga a devolução do dinheiro, vai à justiça para reaver as terras de Fausto.

TERÇA 19/10
Raquel conversa com Clara e tenta se reaproximar da sobrinha. João diz a Clara que vai ajudá-la a recuperar as terras do pai. Clara flagra Guilherme no quarto de Raquel. As duas discutem. Raquel vai até a casa de Teresa e diz que denunciará Guilherme por assédio. Agenor pressiona Clara, exige que ela lhe devolva o adiantamento que diz ter dado a Fausto pois, caso contrário, ficará com suas terras. Padre Antonio acusa Raquel de ter matado Fausto. Margareth conta a João que foi agredida por Agenor. João vai até a usina pedir explicações a Agenor. Agenor bate em Margareth e falam em matar Teresa. Raquel procura o Bispo e faz uma denúncia contra padre Antonio. Margareth sugere a Agenor que mate Teresa para ficar com a herança de Amador. Guilherme tenta convencer Denise a ficar com ele. Clara briga com Teresa após a missa de 7º dia de Fausto. João beija Clara e ela pede que não volte a beijá-la. Agenor e Raquel trocam acusações e ameaças e ela, com medo de ter sua vida devastada, tenta convencer Clara a deixar com Agenor as terras de seu pai. Padre Antonio conversa com Remédios sobre a morte de Fausto e a aconselha a dizer o que sabe. Agenor e Margareth planejam a morte de Teresa. Teresa acerta os últimos detalhes para o casamento de Paulo e Regina. Margareth pede a João que não interfira em seu relacionamento com Agenor. Padre Antonio recebe um telegrama e diz a João que foi transferido de paróquia. O Bispo diz a padre Antonio que foi acusado de quebrar um segredo de confissão. Ele vai embora triste e contrariado. Agenor e Margareth provocam uma pane elétrica na caixa de luz. Teresa fica no escuro, reconhece Marga e fica desacordada com uma bordoada.

QUARTA 20/10
Margareth teme que Teresa a tenha reconhecido. Padre Antonio vai falar com Raquel. Os dois discutem e ela o expulsa de sua casa. Clara chega e presencia a discussão. Clara pressiona o padre para que lhe diga o motivo da briga, mas ele se recusa a comentar o assunto. Clara expulsa Raquel de casa, mas ela se recusa a ir embora. Lourdes comunica que não faz mais nada para Raquel. Paulo fica contrariado com as acusações de Teresa contra Clara. Teresa conta para Regina que Clara e Paulo não são irmãos. Osvaldo fala de seus erros e Vicente desconfia que ele está envolvido na morte de Amália. Clara se ofende com a desconfiança de Paulo. João, revoltado com a desconfiança de Paulo, dá um soco nele. Decepcionada com Paulo, Clara diz a João de Deus que quer se casar com ele. Teresa pede a Agenor que coloque um detetive atrás de Margareth. Lourdes vê Osvaldo sendo transferido e se despedem na frente da igreja. João diz a Clara que gostaria que padre Antonio celebrasse o casamento deles. Paulo confessa a Mirela que nunca deixará de amar Clara, mas sabe que o amor deles é impossível por causa do ódio que existe entre as duas famílias. Margareth diz a Agenor que precisa sair da cidade antes que Teresa a denuncie. Agenor a convence a ficar. Raquel conta a Mirela sobre o casamento de Clara com João. Miguel se declara para Carlota. Mirela flagra João e Clara se beijando.

QUINTA 21/10
Mirela, desconsolada, conta para a avó sobre o casamento de Clara e João. Depois ela tenta o suicídio com ervas e poções. Guilherme liga para Raquel e pede mais uma chance. Ela desliga sem responder nada. João conta para padre Antonio que vai se casar com Clara. Remédios encontra a neta desmaiada. Remédios pede ao Dr. Alexandre que socorra sua neta. Alexandre diz que Mirela ficará em sua casa até se recuperar e Hilda fica furiosa com a decisão do marido. Raquel procura Miguel, mas ele se recusa a ajudá-la. Clara procura Mirela e tenta explicar por que vai se casar com João de Deus. Raquel se oferece para Agenor e em troca exige que ele queime o contrato que fez com Fausto. Após transarem, Raquel diz a Agenor que não voltarão a se encontrar. Mirela pede a João que esqueça o que aconteceu entre eles. Guilherme ameaça contar o que sabe e terminar o noivado de Regina com Paulo. Hilda conversa com Teresa e a envenena contra Regina.

SEXTA 22/10
Paulo procura Márcio para esclarecer o que houve entre ele e Regina. Paulo flagra João e Clara se beijando e deseja felicidade aos dois. Agenor liga para Raquel e pergunta se ela não estaria interessada em recuperar as passagens. Teresa descobre que Clara e João vão se casar no mesmo dia que Paulo e Regina e fica furiosa. Teresa flagra Agenor e Margareth juntos, ameaça demití-lo e é chantageada por ele. João entrega suas economias a Clara para que ela quite sua dívida com Teresa. Guilherme tenta avançar, Denise recua e ele termina o namoro. Teresa se recusa a devolver as promissórias e expulsa Clara de sua casa. Paulo vê Clara sendo expulsa e promete a ela que resolverá seu problema. Paulo discute com a mãe e devolve os documentos para Clara. Agenor deixa Paulo intrigado com as fofocas sobre os casos extraconjugais de Amador e afirma que ele tem outro filho. Agenor chantageia Teresa e coloca seu preço para continuar calado. Ela não se intimida com as ameaças, o demite da usina e dá a ele 24 horas para desaparecer da cidade. João entrega a Paulo o dinheiro referente à dívida de Clara e exige que ele se afaste dela. Agenor conta a Marga que foi demitido e pede a ela que saia da cidade. Raquel briga com Clara por causa de dinheiro e Lourdes a defende. Miguel recusa a ajuda de Carlota e ela chora. Remédios fica preocupada com os enjoos de Mirela.

SÁBADO 23/10
Paulo pergunta ao tio se ele tem um irmão. O padre fica desconcertado com a pergunta e foge do assunto. Clara aconselha Carlota a lutar pelo amor de Miguel. Paulo e Clara se encontram à beira do lago e ele pergunta por que vai se casar com João de Deus. João e Clara discutem por causa de Paulo. Mirela conversa com padre Antonio, conta que se entregou a João de Deus e que desconfia que está grávida. Regina pede a Paulo que expulse Guilherme de sua casa. Padre Antonio pergunta a João se ele não sente remorso por ter abandonado Mirela e comunica que decidiu que não fará o casamento dele nem o de seu sobrinho, Paulo. Carlota resolve desistir de Miguel. Mirela conta a padre Antonio que o resultado do exame deu positivo e que decidiu contar a verdade para João de Deus. Teresa fica furiosa quando o irmão diz que não pretende celebrar o casamento de Paulo e Regina. Agenor volta a insistir com Raquel para que lhe venda as terras de Fausto. Teresa procura Raquel e, diante dela, conta a Clara que sua tia é a dona da casa onde vive Agenor. Remédios vê o resultado do exame e Mirela ameaça se matar se a avó contar a João sobre sua gravidez. Teresa liga para Agenor, pede que vá até sua casa e depois vai até o cofre e pega o revólver.

Comentários encerrados.

Parceiros