SEGUNDA 4/10
Alberto insiste que a empregada e Pedrito deixem a sua casa o mais rápido possível, então, Lisabeta confessa que o bebê é o filho do Ricardo e que ela pagou para parteira sequestrá-lo. Depois, ela alerta, que se ele insistir em se livrar do menino, vai acusá-lo e também aos Jorge de ladrões das caravanas. Alberto retruca e diz que pode acusar Lisabeta de seqüestradora. Mais tarde, Lisabeta pede para Francisca preparar, tudo com muito cuidado, pois não quer que Alberto descubra, sua fuga para a Europa. Enquanto isso, Conchita identifica o bebê que está no colo de Candida. Enfim, Don Gaspar de Valdez divulga que o Rei concedeu perdão àqueles que viviam de pirataria. Ascânio, por sua vez, deixa Alberto furioso ao dizer que só se casará com Manuela por amor, não em troca de silêncio. Ricardo é bem sucedido em sua busca e encontra a parteira. Em seguida, a leva para San Fernando para que ela esclareça tudo. Justo, arrependido, pede perdão a Ricardo, pois agora tem certeza que ele ama Camila e é um bom homem. Lisabeta fica surpresa ao saber que Ricardo ainda vive e que Alberto sabia. Ricardo, disposto a fazer justiça e a recuperar seu filho, revela que tem provas suficientes para destruir Alberto e Jorge, então, propõe entregar tais provas em troca do bebê. Afinal, Ricardo está certo que o bebê é o seu filho com Camila. Trato aceito, marcam a troca do bebê para o dia seguinte. Porém, depois, Ricardo e Santiago se insultam e iniciam um duelo.

TERÇA 5/10
Ricardo luta ferozmente com Santiago. Ele acusa seu oponente de ser um covarde, pois em vez de procurar Camila pelos quatro cantos do mundo, foi se consolar casando com a irmã dela. Ricardo diz que Santiago é um falso puritano, já que fez a proposta a Camila para serem amantes. Por fim, ele acusa Santiago de ser o culpado pela morte do seu filho. Camila, por sua vez, pede para Ricardo não entregar as provas sobre a culpa de Alberto e de Jorge, pois tem medo de perder Ricardo e o filho. Mas Ricardo acha que vale a pena morrer. Enquanto isso, Lisabeta está prestes a sair em fuga imediatamente, pois tem certeza que Ricardo suspeita que Pedrito é seu filho. Dom Gaspar, por sua vez, tenta convencer Ricardo para não entregar as provas a Alberto Lafont e que deve haver outra forma de recuperar o filho. Ricardo recusa e afirma que a vida de seu filho vem em primeiro lugar. Inês, Vasco e Jimena dão apoio a Camila e dizem que ela deve confiar em Ricardo. Mário e o coronel José Maria Valência descobrem que são irmãos, enquanto Chino afirma que vai ajudar Ricardo no que precisar. Ricardo persegue e consegue encontrar Lisabeta, que já estava em fuga. Ela tenta convencê-lo de que a criança ficará melhor com ela. Lisabeta acusa Camila de ser má e diz que ela, Lisabeta, sempre apoiou Ricardo, nunca quis fazer mal a ninguém. Porém, Ricardo, depois de recuperar o bebê, apenas implora para que Deus as perdoe e as deixa ir embora.

QUARTA 6/10
Jorge reconhece que Sofia foi a mulher mais importante de sua vida. Agradece a ela por ter feito Santiago se tornar parte da família e diz que é orgulhoso do filho que tem. Depois, Jorge Autoriza Úrsula a se casar com quem quiser, contanto, que seja um bom pai para Tita. Em seguida e subitamente, ele passa muito mal e morre. Enquanto isso, Coronel José Maria revela a Ascânio que irá colocar Alberto e Jorge atrás das grades. Então, Manuela diz para Ascânio não se sentir culpado, pois o pai tem que pagar pelos crimes que cometeu. Enfim, Ricardo chega com Pedrito e diz para Camila que Lisabeta confessou que o bebê é mesmo o filho deles. Camila, então, conta para Conchita que o natimorto era o filho dela. Alberto, por sua vez, é preso e acusado de traição a Coroa. Ele fica desesperado, pois seu comparsa, Jorge, está morto e acusa Santiago de encobrir os pecados do pai. Ricardo pede perdão para Santiago a Don Gaspar, já que nunca fez parte dos negócios sujos. Sozinha, Lisabeta perambula por uma estrada de La Mariana e e acaba sendo roubada e estuprada. Sofia e Úrsula dizem que se amam e que amavam Jorge, apesar de seus erros. Alberto, por fim, acusa Santiago de hipócrita, falso puritano e diz deve ser enforcado no lugar do pai. Assim, Santiago é condenado a dez anos de prisão. Ricardo, mais uma vez, intercede e pede a Don Gaspar que deixe o rapaz livre.

QUINTA 7/10 – FINAL
Finalmente a justiça é feita e Alberto Lafont é condenado à morte. Ofélia, juntamente com Santiago, decide ir embora da cidade e deixa Ana Maria, como era desejo de Rita, ser criada por Camila. Santiago, por sua vez, não sabe que sua liberdade se deve a Ricardo. Mário, pede Jimena em casamento. Sofia, arrependida, devolve as jóias roubadas a Ricardo e ele doa tudo aos necessitados. Dom Gaspar, feliz, celebra o casamento de Camila e Ricardo, enquanto Foreman volta para se casar com Úrsula. Ela pede autorização a mãe e diz que ele é o homem da vida dela. Titã, por fim, fica com Sofia. Enquanto isso, Francisca, que se tornou uma mendiga, vagueia sem rumo a procura de Lisabeta. Cláudio é nomeado o novo senhor de San Fernando e convida Sofia e Fortunata a continuarem no palácio. Para a felicidade de todos Camila e Inês, anunciam que estão grávidas, deixando Ricardo e Vasco surpresos. Ricardo, então, leva seu flho para viajar de barco. E aqueles que lutaram ao lado de Ricardo são recompensados, enquanto os que lutaram contra, recebem sua punição.

Uma resposta para “Paixão – 4 à 7 out 2010 – FINAL”

  • que lindo final feliz!
    que pena por ter terminado,já estou com saudades.
    final feliz maravilhoso.
    bom trabalhos para os atores.
    um abraço.ivana.

Parceiros