SEGUNDA 15/11
Estevão leva Alma para conhecer a praia e, ao cruzar uma rua, Alma é atropelada. Então, ele a leva ao hospital do povoado. João Paulo, por sua vez, propõe a Patrício construir uma escola para que os filhos dos camponeses possam aprender a ler e escrever, e Patrício aceita. Abiagil escuta a conversa dos dois e já pensa em plano para destruir a escola e colocar a culpa em Alma. Beto, enfim, pede Jasmin em casamento, mas ela não aceita, pois, se julga inferior a Mônica. Cecília, desconfiada, sente um cheiro de perfume em Danilo e diz que ele a está enganando com outra mulher. Ele, no fundo, se sente culpado por haver mentido para Cecília. Mais tarde, Beto avisa sua mãe que se casará com Jasmin e ela acredita que é uma péssima idéia. Danilo, depois de sair e se embebedar, volta para casa e se encontra com Suzy. Os dois se beijam. Beto os flagra e, em seguida, chega Cecília. Porém, Beto consegue despistá-la para que ela não veja a situação. Mais tarde, Danilo diz a Beto que tem apenas dois meses de vida e irá aproveitar. Beto não aprova a atitude do pai. Então, Suzy ameaça Beto de contar para Cacília que ela estava aos beijos com o marido dela, Danilo. Beto fica desolado, serecolhe no quarto e se conforta com Jasmin. Então, se beijam na cama. Enquanto isso, João Paulo fica sabendo que Alma está hospitalizada e decide visitá-la. No quarto se encontra com Estevão e os dois se insultam. Alí, ela trata de evitar João Paulo e confessa que que se casará com Estevão. No hospital, uma enfermeira acusa Alma de assassina, que por sua vez, se sente imotente e deseja ir embora do povoado. Caridade, mão de João Paulo sugere que ele rapte Alma do hospital, pois, esse é o único jeito de evitar o casamento dela com Estevão.

TERÇA 16/11
João Paulo pensa em raptar Alma do hostpital, quando recebe um ligação do médico dizendo que ela fugiu de lá. Alma, seguindo o conselho de Carmela, se refugia em um convento, mas é alertada que Fucha visita sempre o convento. No convento, Alma é maltratada pela irmã Severa, que a manda limpar sozinha a cozinha e, depois, a castiga por ter comido uma marmelada. Enquanto isso, Paula convence Patrício de expulsar de suas terras o ferreiro e toda a família de Alma, mas logo tem um infarto e a levam ao hospital. Mercedes avisa Cecília, que corre ao hospital para visitar sua mãe. Contudo, mesmo nesta situação, Paula não revela nada sobre a filha perdida de Cecília. Jasmin, por sua vez, se entrega a Beto e perde sua virgindade. Então, ele quer se casar com ela. Susy conta para Mônica, que vai tentar impedir que se casem. Estevão decide visitar Fucha e lhe oferece muito dinheiro para que ela tente localizar Alma. Ela aceita. Carmela é questionda, mas se recusa a revelar onde está Alma. Enfim, João Paulo resolve confessar toda a verdade a Alma. Porém, acaba se encontrando com Estevão. Então, João Paulo diz que foi sequestrado, jogado ao mar e que o culpado é Estevão. Estevão, por sua vez, responde que não há provas, mas João Paulo confia que irá jogá-lo prisão e provar a Estevão Alma o ama (João Paulo).

QUARTA 17/11
Estevão vai atrás de Alma para convencê-la de se casar com ele. João Pualo, por sua vez, discute com Patrício, pois, seu patrão diz que Alma enganou a todos e se aproveitou da família para tentar subir na vida. Depois, Patrício proíbe João Paulo de trazê-la de volta, mas ele responde que Patrício não pode proibí-lo de nada. Ricardo, curioso, visita Luisa, pois quer saber se é verdade o que estão dizendo por aí, que ela está grávida. Depois, Fernando encontra Luisa doente e a leva ao hospital. Mas é tarde, ela perde o bebê e se sente derrotada. Enquanto isso, Alma e Jasmin estão perdidas e dois homens tentam atacá-las. Porém, Raul aparece as salva. Ele oferece, para surpresa das duas, casa e trabalho. Mais tarde as duas saem em busca de uma igreja para rezar, mas a polícia as prende, pois, como são suspeitas de homicídio, pensam os policiais que as duas estavam fugindo do povoado para escapar da justiça. Enfim, Paula revela para Gertrudes que Alma é filha legítima de Patrício e Cecília e implora para que guarde segredo.

QUINTA 18/11
Alma é detida pela polícia, pois, Abigail informou que ela fugiu e isso prova que é a assassina de Otília. Depois, o delegado avisa Fucha que Jasmin é prisioneira, também. Estevão, que está com Fucha, pergunta se Alma está com ela, mas Fucha responde que só falará se ele lhe der dinheiro. Então, Fucha vai buscar Jasmin e Estevão diz para Alma que pode pagar sua fiança e liberta-lá, mas, a garota tem que prometer se casar com ele. Jasmin, por sua vez, confessa para Fucha que se entregou para Beto e Fucha, dizendo que ele a desonrou, exige da família de Beto que ele se case com Jasmin imediatamente. Beto, então, responde que se casará com, mas, não porque Fucha exige e, sim, porque deseja Jasmin.

SEXTA 19/11
Enfim, estevão tira Alma da prisão e a leva para um convento, na esperança de se casar com ela. Enquanto isso, João Paulo confessa a Dubraska que não passa pela sua cabeça contar a Alma que Ilusão não é sua filha, pois, prometeu a Patrício assumir a paternidade. Leon, por sua vez, vai ao convento e encontra Alma, que confessa não amar Estevão e, sim, um outro homem. casado. Estevão, confiante, alardeia por toda a fazenda que se casará com Alma, mas não revela onde. Então, Gertrudes, ameaça acabar com Alma, mas ele a golpeia e a intimida. Abigail segue provocando João Pualo e o beija, mas, nesse momento chega Patrício e a expulsa da fazenda. João Pualo a leva para o povoado a deixa num hotel. Está tudo pronto para o casamento no civil e Alma, enfim, aceita se casar com Estevão. O casamento é consumado. Ele a deixa por mais um dia no convento, enquanto negocia a compra de uma casa. Depois, anuncia para toda a fazenda que já estão casados, ele e Alma. Leon, por sua vez, encontra João Paulo e lhe conta onde Alma está. João, então, sai em busca de seu amor. Enquanto isso, Alma lamenta por ter se casado, pois, com isso, está cada vez mais distante de João Paulo.

SÁBADO 20/11
Capítulo não fornecido.

Comentários encerrados.

Parceiros