SEGUNDA 8/11
Carmem fica muito nervosa quando Francisca ordena que ela dê uma aula a seus alunos sobre relações sexuais, e argumenta com a diretora que os meninos não a obedecem. Francisca coloca Valentina para acompanhar a aula, que é um verdadeiro fracasso por conta das ideias ultrapassadas defendidas pela professora. Valentina, furiosa, adverte Patrício e deixa claro que ele e seus amigos vão se arrepender se voltarem a colocar câmeras para observá-la. Patrício não leva a sério a advertência e debocha da monitora. Valentina reage e aplica um golpe de katarê no rapaz. Patrício volta a pressionar Solange a fazer amor com ele. Ela aceita, mas diz que precisa ser um momento muito especial. Sebastião, para cumprir mais uma das ordens do ?Amo?, entra na casa da professora Carmem para roubar um quadro e está a ponto de ser flagrado. Valentina provoca um apagão para ajudá-lo a fugir, mas ele não consegue e vai parar no quarto de Carmem. Ao ser visto, ele faz com que ela acredite que foi até lá para vê-la e que está perdidamente apaixonado desde o dia em que a conheceu. Carmem o beija e os dois são surpreendidos pelos pais dela. Carmem apresenta Sebastião como seu namorado. Valentina aparece na festa e diz a Sebastião que vai distrair Augusto para que ele possa tirar o quadro do carro e escondê-lo em lugar seguro. Solange diz a Virginia que tem um problema, mas tem vergonha de falar sobre o assunto. Debochada, Virginia pergunta se ela é virgem e se surpreende quando a amiga diz que sim.

TERÇA 9/11
Valentina diz a Sebastião que Augusto vai levá-la para casa e garante que não vai permitir que ele se aproxime dela. Carmem pergunta a Sebastião se ele está mesmo apaixonado por ela, mas não tem a resposta. Carmem não gosta nada da atitude dele, diz que se sente enganada e Sebastião se vê obrigado a confirmar o que lhe disse. Virginia, chocada, diz a Solange que não pode acreditar que a líder dos alunos seja virgem. Encabulada com a situação, Solange esclarece que está a ponto de perder a virgindade. Augusto leva Valentina para casa e no caminho tenta beijá-la. Ela o despreza e Augusto, nervoso, atropela um homem. Patrício encontra o pai caído. Ricardo, revoltado, despede a empregada e acusa o filho de ser culpado por ele estar inválido. Patrício não consegue entender a atitude do pai e pede a ele que explique por que o acusa de ser o culpado por sua invalidez, já que era uma criança de apenas seis anos quando ele sofreu o acidente. Ricardo não dá explicações ao filho e ainda o culpa também pela morte da mãe. O homem atropelado por Augusto é um mendigo e Valentina, preocupada, diz que vai levá-lo para sua casa para que se recupere. Augusto não gosta nada da ideia, mas se vê obrigado a aceitar. Ela adverte ao mendigo que será apenas por uma noite. Bruno volta a ter pesadelos e o pai o obriga a tomar vários comprimidos. Ele se nega a ingerir e tenta explicar que o remédio o faz sentir muito mal, mas o pai ameaça interná-lo em uma clínica psiquiátrica se não obedecer suas ordens. Augusto é informado sobre o roubo do quadro e ordena a seus subordinados que procurem pelo camaleão.

QUARTA 10/11
Valentina pede a Francisca que dê um emprego ao mendigo que Augusto atropelou. Ela não gosta do atrevimento da monitora e explica que só pode empregar pessoas que tenham boas referências. Carmem, envergonhada, pede desculpas a Sebastião por tê-lo encurralado em seu quarto. Solange se abre com Valentina, diz que ela é a única pessoa em que pode confiar e conta que aos dezessete anos ainda é virgem, embora diga o contrário para suas amigas. Ela confessa que não está apaixonada por Patrício e Valentina a aconselha a só fazer amor quando tiver certeza de seus sentimentos. Solange se sente aliviada com o conselho da amiga, conta que vai dizer a Patrício que ainda não está preparada e tem certeza que ele vai entendê-la. Francisca fica furiosa ao saber que Augusto empregou Leônidas, apesar dela ter sido contra, e tem certeza de que sua decisão foi para agradar Valentina. Francisca pergunta ao ex-marido se não se envergonha de estar interessado por uma jovem que poderia ser sua filha. Augusto fica furioso e diz que não quer levar Valentina para cama. Solange diz a Patrício que já reservou o hotel e garante que a noite vai ser inesquecível. Carmem se queixa com Francisca por Valentina estar interferindo em suas aulas e ainda conta a ela que sua filha é especialista em preservativo e controle de natalidade. Francisca, furiosa, repreende Valentina e a filha. Solange se defende e diz à mãe que apenas comentou que existem outras maneiras de proteção e que existem livros que abordam temas que todas as garotas de sua idade deveriam saber.

QUINTA 11/11
Sebastião, assustado, diz a Valentina que o ?Amo? acredita que ele roubou o quadro e ameaça matar seu pai. Valentina tenta tranqulizá-lo e diz que são apenas suposições. Pedro diz a Valentina que fez alguns favores na cadeia e conseguiu um celular. Ela conta a história do sumiço do quadro e Pedro a aconselha a não confiar em Sebastião, pois ele pode ser cúmplice do “Amo”. Augusto, usando de violência, diz a Patrício que não permitirá que magoe Solange. Sebastião se desespera ao saber que houve um incêndio na prisão e vai até lá para saber notícias do pai. Ele recebe a notícia que Armando foi levado para um hospital. Patrício chega ao hotel com a certeza de que terá uma noite inesquecível, mas fica furioso ao se deparar com uma boneca inflável. Ele reclama com Solange e diz que não gostou nada da brincadeira. Solange diz que ouviu quando falava com os amigos e diz que se sente aliviada por não ter tido nada com ele. Sebastião se sente aliviado ao ver que o pai está fora de perigo. Sebastião diz a Valentina que seu pai será transferido para o mesmo presídio onde está Pedro e agora poderão planejar a fuga dos dois e se livrarem do “Amo” para sempre.

SEXTA 12/11
Patrício fica furioso ao ver Lupita e a expulsa de sua casa e garante ao pai que vai resolver o problema. Ricardo, indignado, discute com o filho e diz que acha muito estranha sua atitude em relação a Lupita. Eusébio diz a Patrício e Frederico que já sabe que foram eles que colocaram as câmeras no banheiro da monitora e depois jogaram o vídeo na Internet. Portilho aproveita para chantagear os rapazes e ameaça expulsá-los caso não convençam seus pais a fazerem um abaixo-assinado exigindo que Sebastião dê uma aula aberta e, como não está preparado, terá que deixar o colégio. Lupita recebe outro bilhete anônimo do homem mascarado marcando um encontro à meia-noite para lhe dar informações sobre seu filho desaparecido. Patrício, Frederico e Lúcio agridem Ulisses e o acusam de dedo duro. Valentina separa a briga, acusa os três de serem covardes e sugere que briguem um contra um para evitar excessos. Francisca presencia a briga e, furiosa, pergunta à monitora como pode permitir que os alunos briguem diante dela. Patrício tenta convencer o pai a assinar o documento. Agatha e Eusébio se escandalizam ao ver Valentina vestindo um uniforme modernizado. Augusto é comunicado, mas ao ver Valentina, fica fascinado e diz que o uniforme está aprovado. Portilho comenta com Agatha que Augusto permite tudo a Valentina por que são amantes. Solange ouve a conversa.

Comentários encerrados.

Parceiros