SEGUNDA 8/11
Carlos decide não viajar ao saber da doença de Teresa. Paulo e Clara se amam e se reconciliam. João vai atrás de notícias de Clara. Raquel faz comentários maldosos sobre a sobrinha. Agenor entra no escritório sem que Carlota perceba. Ele troca a lâmpada e espalha gasolina pela sala. Regina discute com João e o chama de covarde. Ele devolve a agressão. Padre Antônio promete a Teresa que cuidará dela. Agenor procura Raquel e os dois se beijam e passam a noite juntos. Paulo e Clara conversam e decidem voltar para casa. Vicente se despede de Carlota, que sente um cheiro forte e decide averiguar o que está acontecendo. Quando ela acende a luz acontece a explosão. Vicente entra no escritório de Paulo para salvar Carlota. Raquel acorda assustada e procura por Agenor. Miguel fica sabendo por Lourdes sobre o incêndio na Usina e fica preocupado com Carlota. Márcio defende Alexandre para Hilda. Perto do lago, Clara desce do cavalo de Paulo e Remédios os observa. Miguel e Lourdes vão até a Usina. Miguel fica surpreso ao ver Carlota e a beija. Paulo volta para casa, encontra o tio e fica sabendo que sua mãe está muito doente. Lourdes encontra com Clara na casa de Miguel e lhe conta sobre a raiva que João de Deus está sentindo de Paulo, chegando ao ponto de ameaçá-lo de morte. Teresa exige que Paulo abandone Clara. Vicente acusa Agenor pelo incêndio da usina e pela morte de Amália. João conversa com Clara e fica revoltado ao saber do amor que ela sente por Paulo. Agenor acusa Raquel de ter contado a história do incêndio para Vicente. Miguel diz para Lourdes que Agenor e Osvaldo foram os responsáveis pela morte de Amália. João de Deus procura por Paulo na casa de Teresa. Vicente diz a Paulo que tem certeza que o incêndio foi criminoso e que Agenor foi o responsável pela tragédia.

TERÇA 9/11
Paulo desmascara Regina. Teresa ouve a conversa e a manda embora. Remédios aconselha Mirela a se afastar de João de Deus, pois talvez sozinho ele possa sentir sua falta. João de Deus se embriaga. Lourdes fala para Miguel e Clara que talvez Osvaldo possa lhe contar sobre o incêndio. Carlos dá razão para Paulo, enquanto Regina arruma as malas. Agenor devolve as joias para Raquel e os dois se beijam. Padre Antônio descobre que João de Deus foi preso. Clara conta para Mirela que se acertou com Paulo. Mirela diz que vai embora da cidade. Agenor pede a Raquel que se case com ele e, em troca promete desaparecer com Clara para sempre. Remédios pede a Clara que tente fazer Mirela confessar seus problemas. Osvaldo não tem como provar para Lourdes que Agenor mandou provocar o incêndio. Lourdes fala para Miguel sobre a sua conversa com Osvaldo. Alexandre conta para Márcio que Mirela está grávida. João de Deus diz para Padre Antônio que matará Paulo e Padre Antônio resolve não ajudá-lo a sair. Padre aconselha Paulo a evitar se encontrar com João de Deus. Clara escuta Márcio dizer a Mirela que está disposto a assumir o filho que ela espera.

QUARTA 10/11
Mirela diz a Clara que está esperando um filho de Márcio. Hilda troca farpas com Raquel. Carlos discute com Teresa e a acusa de tentar manipular a vida do filho. Furiosa com o comentário, ela o expulsa de sua casa. Paulo comenta com Vicente que Teresa o deserdará depois do casamento entre ele e Clara. Márcio pede para Mirela pensar sobre a sua proposta de casamento. Regina flagra Paulo e Clara se beijando e ofende a rival. João e Paulo se encontram, discutem e João tenta matá-lo. Padre Antônio chega e para impedir que uma tragédia aconteça conta que os dois são irmãos. João de Deus procura por Margareth e diz para Agenor que irá encontrá-la. Paulo, revoltado, acusa a mãe de esconder o fato de João de Deus ser seu irmão. João de Deus procura por Margareth e diz para Agenor que irá encontrá-la. Paulo acusa Teresa de esconder o fato de João de Deus ser seu irmão. Padre Antônio pede perdão a Deus por ter violado o segredo de confissão. Paulo exige que a mãe explique por que sempre fez questão de afastá-lo de seu irmão. Clara chora por que os dois irmãos quase se mataram por sua causa. Paulo se sente culpado por ter tirado do irmão a mulher que ele ama e diz à mãe que nunca poderá perdoá-la pelo que fez. Remédios aconselha Mirela a aceitar a proposta de Márcio. Agenor revela a Raquel que Paulo e João de Deus são irmãos. Clara, segurando seu amuleto, lembra-se da infância. Paulo, ao recordar sua infância, se emociona e chora. João de Deus também se lembra da infância. Padre Antônio diz a Miguel que não pode mais servir a Deus. Raquel diz a Clara que os irmãos só ficarão bem se ela se afastar dos dois. Guilherme tenta violentar Denise e é preso em flagrante. Carlos e Regina deixam a cidade. Paulo, arrasado, conversa com Clara e diz a ela que o amor dos dois não é mais possível, pois não pode magoar dessa maneira seu irmão.

QUINTA 11/11
Mirela mostra a Remédios o local onde Agenor enterrou Margareth. Padre Antônio procura o bispo, confessa que revelou um segredo de confissão e é obrigado a deixar a cidade. Paulo tenta se reconciliar com o irmão, mas João está muito magoado e não aceita a reaproximação. Remédios chama a polícia, que vasculha o local e encontra o corpo de Margareth. Padre Antônio se despede de João de Deus e conta a ele que encontraram o corpo de uma mulher e tudo indica que é sua mãe. Clara conta para Lourdes que terminou seu namoro com Paulo. Remédios proíbe Mirela de contar o que sabe para a polícia. João de Deus reconhece o corpo da mãe a acusa Agenor. Policiais revistam a garçoniere, mas Agenor consegue fugir. Paulo continua muito magoado com a mãe e se recusa a falar com ela. Mirela acusa Agenor de ter matado Margareth e diz que vai denunciá-lo à polícia. Agenor, para convencê-la do contrário, acaba revelando que é seu pai. Agenor pede ajuda para Raquel. Ela se lembra de Fausto e pensa em fugir com o amante. Padre Antônio despede-se de Paulo e pede para que ele pense mais em Teresa. Mirela conta para Clara que é filha de Agenor. Padre Antônio aconselha Miguel a ficar com Carlota. Mirela chega em casa desesperada e pergunta à avó se é verdade que Agenor é seu pai. Remédios confirma a paternidade de Agenor e Mirela fica revoltada. Agenor observa Clara e Mirela conversando, depois segue as duas e atropela a própria filha. Clara avisa Remédios.

SEXTA 12/11
Padre Antônio aconselha Miguel a ficar com Carlota. Agenor conta para Raquel que atropelou Mirela e confessa que ela é sua filha. Mirela perde o bebê depois do acidente. Remédios conta para Clara que Agenor é pai de Mirela. Clara critica Mirela por não ter contado a João de Deus que esperava um filho dele. João de Deus enterra Margareth. Paulo oferece ajuda ao irmão, mas ele não aceita. Raquel nega ajuda a Agenor e o expulsa de sua casa. Indignado, ele ameaça contar a Teresa que ela e Amador foram amantes.

SÁBADO 13/11
Antes de partir, padre Antônio procura Raquel para dizer que um dia todos saberão quem ela realmente é. Ela tenta seduzir o padre. O novo padre chega à cidade. Lourdes comenta com Miguel que acredita que Raquel pediu para Agenor matar Clara. Remédios conta para padre Antônio que Mirela perdeu o bebê. Teresa procura João de Deus e oferece dinheiro para que ele comece uma nova vida. Ele não aceita. Paulo pergunta à mãe se ela mandou Agenor matar Clara. O delegado informa a João de Deus que Mirela acusou Agenor por tê-la atropelado de propósito. A polícia chega à casa de Raquel e Agenor se desespera.

Comentários encerrados.

Parceiros