SEGUNDA 29/11
Ajuricaba fica furioso ao ler a matéria na Folha da Corredeira. Marta tenta acalmar o delegado. Larissa conta a Beatriz que ficou muito assustada com a fúria de Nicolau ao ver a manchete do jornal e revela que o sobrinho ameaçou bater nela. Beatriz fica horrorizada. Nicolau diz a Nasinho que Lincon vai pagar caro por ter mudado a manchete do jornal. Flores liga para Lincon e diz que ficou estarrecido com os fatos. Filomena fala para Iara que quer participar da caminhada com o Rodrigo Faro e pede para ela lhe dar algumas dicas. Iara diz a Filó que ela podia dar uma modernizada no visual. Tito combina alguns detalhes da caminhada com Virgílio e Newton. Nicolau demonstra sua raiva por ter tido uma ordem sua desobedecida. O senador afirma que vai deixar passar dessa vez, mas dá ordens para o jornalista não deixar de consultá-lo antes de mudar uma ordem dele. Fátima vê Joca perto do casarão de Flores. Ele tenta se esconder, mas não dá tempo e acaba inventando que está esperando uma namorada. Fátima conta a Flores que encontrou Joca bem próximo ao casarão e o professor fica grilado. Flores vê o grampo que Joca fez em sua caixa do telefone e fica espantado. Nicolau pede ajuda a Nasinho para bolar algum plano para deixar Lincon furioso. Nasinho sugere que eles coloquem Lincon e Ajuricaba para se falarem e para isso leva o senador até uma telefonista. Lincon e Ajuricaba reconhecem a voz um do outro e começam a discutir e a se xingar pelo telefone. Marta e Cardosso conseguem impedir Ajuricaba de sair armado da delegacia. André e Sônia trocam juras de amor por telefone. Sérgio, com seu disfarce de chapéu e óculos escuros, vê Ajuricaba do outro lado da praça e foge assustado. Lincon e Ajuricaba se encaram com ódio, mas dois homens os afastam antes que haja briga. Iara conta a Tito que vai sair o patrocínio. Rodrigo Faro chega à pousada. Tito apresenta Rodrigo à Filomena. Sereno explica a Flores que houve muitos retornos à mobilização do Comando Invisível. Nicolau liga para o professor, que pede para Fátima dizer que ele não está.

TERÇA 30/11
Sônia deixa claro para Virgínia que ama André. Virgínia pede para filha voltar com ela para casa. Carmem chega da rua e conta que Ajuricaba e Lincon quase saíram no braço. Nicolau e Nasinho riem ao lembrarem do que aconteceu na praça. Sérgio confessa a André que está apavorado. Joca encontra Ellen no Agito e ela fala que está querendo saber a opinião dele sobre a manifestação contra o resort. Flores conta a Nicolau que seu telefone está grampeado. O professor explica que não tirou o grampo, porque é melhor que o grampeador ache que o está monitorando. Ele afirma que sabe que foi Joca quem fez isso. Joca fala para Ellen que não tem uma ideia formada sobre o Comando Invisível, revela que está investigando tudo e a aconselha a tomar muito cuidado. Flores explica a Nicolau que pretende incriminar Joca pela morte do presidente do Brasil, que vai estar em Ribeirão no aniversário de 250 anos da cidade. Ari aconselha Ajuricaba a ser mais cauteloso. Nicolau fala com Beatriz sem nenhum respeito e a deixa ainda mais chocada. Lincon pede para André esquecer Sônia e o jovem fica possesso. Ajuricaba diz à Virgínia que Sônia nunca vai ficar com André. Nicolau pede desculpas a Larissa e diz que quer conversar com ela. Teixeira diz a Bruno que se a obra for interrompida por dois meses já seria tempo suficiente para eles derrubarem Arminda. Clorís diz a Virgílio que não imaginava ver a pousada movimentada outra vez. Filomena mostra seu tênis novo para Tito e garante que não vai atrapalhar a caminhada. Filó diz ao marido que está muito animada, mas Tito não se empolga. Larissa vai até o quarto de Nicolau para conversar com ele. O senador agarra o pescoço da tia e fala que ela não tem ideia do que ele é capaz de fazer. Nicolau deixa claro para Larissa que é bom ela não contar para Beatriz sobre a conversinha que eles tiveram. Larissa sai do quarto de Nicolau trêmula. Beatriz pergunta a Larissa se Nicolau pediu desculpas a ela. Larissa responde que sim, mas diz que não está se sentindo bem e sai.

QUARTA 1/12
Sereno vai até a delegacia e dá um livro de presente para Marta. Ele diz que ela é a mulher mais bonita de Ribeirão. Tito acorda e Filomena já está arrumando a mochila dele para a caminhada. Virgílio diz a Tito que vai à audiência pública sobre o resort. Rodrigo Faro toma café da manhã na pousada e elogia o local. Tito agradece ao amigo e diz que sem o prestígio dele, eles não descolariam patrocínio tão rápido. Filomena recebe Sancha e Romeu com alegria. Sônia diz à Carmem que vai à manifestação, porque além de ser contra o resort, quer ver André. Ellen fala para Sônia que prometeu para Ajuricaba que ela não iria se encontrar com André enquanto estivesse hospedada em sua casa. Ajuricaba tenta entender a movimentação na praça. Newton dá algumas instruções para os caminhantes. Uma menina pede autógrafo a Rodrigo. Sancha comenta com Romeu que Tito não está nem aí para Filó. Karina fala para Zuleide que não pensa mais em Tito, pois está em outra. Ela confessa à amiga que está pensando em um jeito de tirar Arminda do caminho dela. Beatriz percebe que Larissa está estranha e pergunta o que houve. Larissa afirma que está meio adoentada, mas não convence a irmã. Ajuricaba diz a Marta que vai entrar com uma ação contra Lincon. Arminda lembra do dia em que disse a Ari que não iria ajudá-lo com a campanha eleitoral. Ari ensaia um improviso. Filomena fica para trás e Tito pergunta a ela se está tudo bem. Filó fala que estava tão ansiosa que não conseguiu comer nada. Sem paciência, Tito pega uma banana (ou barra de cereal) e dá a ela. Patrícia liga para Virgínia e diz que elas precisam conversar. Lincon redige um artigo pedindo a demissão imediata do delegado. A audiência pública é iniciada. Querêncio fala para Teixeira, Bruno e Célia que não vai dizer nada, afinal não é a favor nem contra o resort. Arminda apresenta o projeto da Patrimônio Eterno. Diversos grupos fazem manifestação na praça contra o resort. Os caminhantes chegam ao final da caminhada. Filomena, muito cansada, diz a Sancha que não queria decepcionar Tito outra vez. Arminda afirma que após três anos de funcionamento do resort, Ribeirão vai ser reconhecida como um vantajoso pólo de investimentos, sem comprometer a natureza local. Marta diz a Ajuricaba que o movimento contra o resort está crescendo e a situação pode sair do controle.

QUINTA 2/12
Filomena pergunta para Clorís se Tito já chegou. Clorís diz que ele foi levar Rodrigo até o aeroporto. Sancha fala para Romeu que ficou com pena de Filó, porque percebeu que Tito quase não falou com ela. Alguns estudantes cercam André e Sônia, que se beijam. Sereno começa a gritar ?Comando Invisível? e outros manifestantes aderem. Flores pergunta a Arminda se os responsáveis pelo resort têm consciência de que vão destruir parte significativa da natureza de Ribeirão. Arminda responde um pouco perturbada, mas mantendo a firmeza. Sereno diz aos manifestantes que eles devem invadir a audiência. Ajuricaba fica furioso com a demora do batalhão de choque, que não chega para conter os manifestantes. Marta e Cardoso conseguem convencer Ajuricaba a não ir para a praça. As pessoas que estão na audiência ouvem os gritos de Comando Invisível. André discursa na praça contra o resort. Policiais chegam à praça com cassetetes e escudos. Tito entra no quarto e pergunta a Filomena, que está somente de toalha, como ela está. Ele pega o pé dela e passa uma pomada suavemente. Rola um clima de excitação entre os dois. Tito se controla e quebra o clima, dizendo que precisa resolver umas coisas. Elza procura por Diana. Ajuricaba fica sabendo que André está discursando na praça e fica furioso. O delegado recebe um documento que o destitui do cargo e fica arrasado. Tito revela a Newton que ele e Filó não transam. Newton diz que não faz sentido ele se segurar se tiver vontade. Filomena chora sozinha no quarto. Virgínia vai até a livraria para conversar com Patrícia. Ari discursa contra o resort e Arminda pergunta por que ele mudou de posição tão radicalmente. Manifestantes invadem o recinto. Sônia e Carmem vão embora. Diana corre atrás de André. Guilherme a segue. O presidente encerra a audiência. Flores olha Joca e Arminda no meio da confusão com estranhamento. Chateado, André comenta com Sérgio, Diana e Guilherme que não deu para entrar. O celular de Diana toca mais uma vez e ela não atende. Joca fala para Arminda que Diana estava na confusão e ela fica invocada. Ari conta a Virgínia que Ajuricaba não estava na audiência e ela fica preocupada.

SEXTA 3/12
Arminda manda Diana ir logo para casa, mas a adolescente afirma que vai resolver umas coisas. Cardoso arromba a porta da sala de Ajuricaba e encontra o delegado desacordado. Marta chama a ambulância. Ajuricaba acorda e diz que está com uma dor no peito. A pedido de Virgínia, Ellen avisa a Sônia que Ajuricaba teve um enfarte, mas já está melhor. Diana fala com André que foi muito legal a manifestação. Guilherme chama Diana para ir embora. Joca fala para Arminda que ela precisa ter mais paciência com Diana. Teixeira diz a Célia e a Bruno que o pessoal da Europa ficou preocupado depois que ele contou o que houve na audiência. Os três comentam que a manifestação foi armada com muita competência. Querêncio conta a Marisa que agora está mais a favor do resort. Diana explica a Guilherme que participou do protesto porque acha André um cara legal. Guilherme fica enciumado. Tito, já meio de pileque, bebe mais uma dose de uísque. Filomena liga para Querêncio e diz que está tudo bem. Querêncio comenta com Marisa que achou Filó esquisita. Ajuricaba pede para Sônia se afastar de André. Arminda dá uma bronca em Diana e fala para ela nunca mais aprontar. Joca observa Nicolau. Nicolau parabeniza Flores pela atuação na audiência. O senador diz ao professor que o resort já era. Diana conta a Arminda que gosta de Guilherme, mas revela que ultimamente tem pensado muito em André. Lincon chega em casa feliz por saber que Ajuricaba está internado. Virgínia explica a Sônia que o médico disse que Ajuricaba não enfartou e deve ter alta em breve. Virgínia diz para Sônia e Patrícia para André que se os dois se comprometerem a se afastar por algumas semanas para que elas façam a cabeça dos maridos para aceitarem o namoro. Beatriz pergunta a Nicolau se ele está disposto a fazer a festa para Arminda. Ele responde grosseiramente que sim. Mateus, que está pilotando o novo avião da pousada, e Tito são recebidos por Iara e Newton. Tito apresenta Mateus a Filomena.

Comentários encerrados.

Parceiros