SEGUNDA 13/12
Depois do espetáculo, Ana vive o dia mais feliz de sua vida ao receber o reconhecimento do público e dos amigos. O comportamento de Marilda faz Ana e João desconfiarem de que ela está envolvida no rapto de Raio. Pressionada, a princípio ela nega, mas logo admite que odeia Ana, que raptou o cavalo e fez muitas outras coisas para prejudicá-la. Desconcertada, Ana demite Marilda de sua companhia. Leopoldo continua mantendo a filha amarrada e amordaçada em cárcere privado, e prepara uma armadilha para atrair Ana. Durante a festa, Bonifácio se declara para Ana. Leopoldo grava uma conversa entre ele e Maria Lua e com isso tem certeza que conseguirá atrair Ana. Ele incumbe Mosca de fazer chegar nas mãos dela a gravação, mas Ubiratan consegue convencê-lo interceptar a fita e pretende soltar Maria Lua do cativeiro.

TERÇA 14/12
Depois do sucesso das companhias de Ana Raio e Zé Trovão, Dolores Estrada se prepara para enfrentar a forte concorrência. Zé Trovão está cada vez mais próximo da mãe e decide levá-la a um especialista para tentar reverter sua paralisia. Marilda deixa o acampamento e, antes de partir, admite para João que sente muita inveja de Ana e não se arrepende de nada que fez para prejudicá-la. Zé Trovão conversa com Verônica sobre a morte do pai e pergunta se tem certeza que foi ela que apertou o gatilho e não Dolores. Bonfifácio Furacão se despede em grande estilo, pula de paraquedas, mas erra o alvo. Dolores desconfia de que Daniel e Marilda agiram juntos para prejudicar Ana, mas ele nega. Clarice se espanta ao descobrir que Bob e Armando voltaram a ser amigos e se desconcerta quando nenhum dos dois lhe dá atenção. Daniel volta a assediar Malvina e jura que está apaixonado por ela. João vai à delegacia e conta a história do relicário. O agente Dantas conversa com João e Ana sobre sua suspeita de que Maria Lua seja a herdeira de dona Amália.

QUARTA 15/12
O agente Dantas começa a montar o quebra-cabeças e Ubiratan aparece como principal suspeito. Daniel tenta, em vão, convencer Malvina de sua sinceridade. Depois de tudo que ouviu do policial, Ana conversa com João e os dois decidem que devem entrar no quarto de Ubiratan para procurar o relicário ou qualquer outra prova que o incrimine. Ubiratan entrega um canivete a Maria Lua para que ela possa cortar as amarras e fugir do cativeiro. Assim que amanhece a menina consegue escapar, mas logo depois encontra Ubiratan, que a esconde em outro lugar. Leopoldo perde o controle ao descobrir que a filha fugiu. Dolores desafia Daniel e convida Ed Cigano para fazer parte de sua companhia. João vai até o hotel tentar encontrar o relicário e acaba flagrando Ubiratan saindo com o capanga de Canjerê. Ele segue os dois e descobre seu esconderijo. Ubiratan tenta convencer Leopoldo a deixar a cidade imediatamente, mas ele se recusa a ir embora sem Maria Lua. João vai com Ana até a delegacia, conta o que acaba de descobrir e o agente Dantas decide cercar o local.

QUINTA 16/12
Cada vez mais angustiado com a falta de notícias de Maria Lua, Werner diz ao pai que pretende deixar a cidade se ela não aparecer. Bobi e Armando exigem que Clarice decida com qual dos dois quer ficar. Sentindo-se pressionada, Clarice diz aos amigos apaixonados que talvez não escolha nenhum dos dois. Ubiratan atende ao pedido de Maria Lua e manda entregar seu bilhete. Werner imediatamente avisa Ana, que se enche de esperança ao saber que a filha conseguiu se livrar das garras do pai. Ubiratan confirma para Maria Lua que o nome de sua mãe é Ana de Nazaré. Ana põe a vida em risco e vai atrás de Maria Lua. No caminho encontra o velho Nicolau, que diz a ela que ainda não chegou a hora do encontro entre mãe e filha. Enquanto isso, Maria Lua é surpreendida pela chegada da velha Biga, que diz a ela que em breve vai encontrar sua mãe. O velho Nicolau aconselha Ana a ter muita calma, pois Canjerê poderá voltar a ser um obstáculo entre elas. As duas entidades dizem a Ana e Maria Lua que durante a noite receberão um sinal que indicará como e onde acontecerá o encontro. Durante a noite, mãe e filha recebem o sinal e acordam chamando uma pela outra.

SEXTA 17/12
Ana sai em disparada, mas é impedida pelo velho Nicolau, que diz a ela que precisa esperar o anoitecer para encontrar sua filha. Estefânia participa do concurso de miss peão. Ana comenta com Zé Trovão o sonho que teve e a possibilidade de encontrar sua filha. Andorinha decide dar um novo rumo para sua vida e recebe o apoio de Albinha. Na arena, Ana não consegue controlar a euforia e não vê a hora de anoitecer para ir ao encontro de Maria Lua.

SÁBADO 18/12
Estefânia ganha o concurso de miss peão e entrega a Zé Trovão o prêmio de vencedor do rodeio. Segunda colocada, Ana está em uma grande ansiedade e só consegue pensar no momento em que finalmente vai poder abraçar sua filha. Zé Trovão recusa convite para se apresentar em Dallas e dá à mãe a notícia que vai iniciar o tratamento em São Paulo. Estefânia entrega o dinheiro do prêmio para avó realizar seu sonho de voltar à sua terra natal. Com a viagem de dona Lucia, Enrico convida Andorinha e Albinha para trabalharem nas terras de sua família. Começa a anoitecer, Ana e Maria Lua se preparam para subir a montanha e finalmente se encontrar.

Comentários encerrados.

Parceiros