SEGUNDA 28/03
O diretor do Instituto Pedagógico faz uma visita ao colégio São Bartolomeu e questiona Augusto por seus métodos, critica a maneira como trata os professores e o proíbe de expulsar Sebastião e os alunosque se envolveram na luta. Depois conversa com Francisca e diz a ela que tem 48 horas para recontratar o professor Jaguaribe pois caso contrário o colégio sofrerá intervenção. Austuto, Augusto comenta com Eusébio que por enquanto não poderá expulsar Ulisses do colégio e aproveitará para ficar bem diante da filha. Mercedes continua envolvida com drogas e se recusa a ouvir o conselho dos amigos. Augusto convoca os alunos e comunica que Patrício e Ulisses não serão expulsos do colégio. Augusto tenta mais uma vez colocar Solange contra Francisca e afirma que ela decidiu trazer de volta o professor Jaguaribe só para prejudicá-lo. Ulisses é sequestrado por Leônidas e seus homens. Solange avisa a mãe que convidou Ulisses para jantar e Francisca aproveita o momento para confessar à filha que teve um relacionamento com o professor Pedro.

TERÇA 29/03
Ulisses se surpreende ao descobrir que Leônidas é policial e deduz que ele trabalha para Augusto Ponce de Leon. Leônidas conta que há muito tempo vem investigando a vida de Augusto, diz que ele é corrupto e assassino e aconselha o rapaz a ficar longe dessa história pois pode se dar muito mal. Francisca conta a Solange tudo sobre seu envovimento com Pedro Canto e diz que foi chantageada pelo professor. Ulisses conta a Leônidas que Bruno viu em um de seus sonhos que Augusto matou a jornalista. Francisca conta a Solange que foi chantageada por Augusto e que ele exigiu 90% das ações do colégio em troca de seu silêncio. Solange se nega a acreditar que seu pai se capaz de um ato tão mesquinho. Silvana continua assediando Sebastião e ele deixa claro que já não sente nada por ela. Solange conta a Ulisses a conversa que teve com a mãe e diz que pela primeira vez duvida de seu pai. Silvana, furiosa com o desprezo de Sebasitão, conta a Augusto que ele e Valentina são os camaleões.

QUARTA 30/03
O “Amo” manda instalar câmeras na casa de Silvana com a inteção de usar as gravações para separar Sebastião e Valentina. Vitório, seguindo ordens de Augusto, pressiona o diretor do Instituto Pedagógico para que cancele a greve dos professores. Diante da reação do diretor, Vitório aconselha Augusto a acatar as leis por que uma intervenção no colégio atrapalharia seus planos. Valentina ouve a conversa e conta para Francisca, que comunica aos professores que tem u plano para vencer Augusto. Augusto tenta convencer Ricardo a convocar os pais para um protesto contra a volta do professor Jaguaribe. Sebastião confessa ao pai que já não suporta ser chantageado por Silvana e Armando o aconselha a ser paciente. Francisca encabeça um protesto diante do colégio.

QUINTA 31/03
Silvana descobre que o casamento religioso de Sebastião e Valentina está marcado para o dia seguinte. Augusto, furioso, exige que Francisca acabe com a greve para evitar que o colégio sofra intervenção. Francisca acusa o marido de usar o colégio para suas aspirações políticas e diz que prefere vê-lo fechado do que servindo de trampolim para sua carreira política. Augusto, em tom ameaçador, diz que vai se arrepender. Sebastião encontra Silvana em sua cama e ao tentar mais uma vez seduzí-lo, provoca a fúria do rapaz que deixa claro que não quer nada com ela. Desprezada, Silvana expulsa Sebastião de sua casa. Solange fica arrasada ao descobrir que o pai chantegeou sua mãe para ficar com o colégio. Ulisses aconselha Solange a se aproximar da mãe e diz que seu pai não é tão bom quanto tenta parecer. Ricardo encabeça um grupo de pais e procura o diretor do Instituto Pedagógico para dizer que o professor Jaguaribe não deve ser readmitido. Augusto é comunicado pelo diretor do Instituto que o colégio sofrerá intervenção e novo diretor já está à caminho do São Bartolomeu. Sebastião e Valentina se casam no civil mas, quando estão prestes a se casarem no religioso, o “Amo” mostra a Sebastião o vídeo que prova seu envolvimento com Silvana.

SEXTA 1/04
Depois que o “Amo” vai embora, Silvana chega e ameaça denunciar Sebastião e Valentina para Augusto. Sebastião suplica a Silvana que o deixe em paz, mas ela impõe condições. Para evitar uma intervenção no colégio, Augusto se vê obrigado a ceder e concorda que Francisca readmita o professor Jaguaribe. O casamento religioso está a ponto de acontecer quando Sebastião lembra das ameaças de Silvana e diz a Valentina que não quer se casar com ela. Valentina sai chorando da igreja. Sebastião conta ao pai que foi obrigado pelo “Amo” a desistir do casamento. Silvana se aproveita da situação para tentar se aproximar de Sebastião e, diante da recusa, ameaça fazer mal a Armando e Valentina. Solange começa a se aproximar da mãe e já não a vê como uma pessoa má. Valentina é levada à presença do “Amo”. Lupita aconselha Francisca a procurar o apoio dos professores por que Augusto não vaidar o assunto por encerrado. Francisca e os professores contam a Sebastião que a greve foi um sucesso e que ele poderá voltar imediatamente ao colégio. O “Amo” mostra a Valentina um vídeo onde Sebastião aparece na cama com Silvana e diz que esse foi o motivo que o fez desistir do casamento.

Comentários encerrados.

Parceiros