SEGUNDA 4/04
Frazão avisa Claude que Serafina Rosa precisa de um milhão de reais para comprar o casarão do Bexiga e salvar a família e seus vizinhos do despejo. O advogado da construtora sugere que o francês dê um milhão de reais à secretária, em troca do casamento de mentira. Giovani e o advogado Antoninho, irmão mais velho de Milton, conversam sobre o despejo. Antoninho afirma que existe apenas uma saída a Giovani: comprar o casarão. Egídio alerta Nara que suas reservas de dinheiro estão chegando ao fim. Para ele, os US$ 10 milhões de Mr. Smith são a salvação da família. Egídio relembra que Beto não é filho de Nara, mas de um amante, e reforça que a filha não pode deixar Claude casar de mentira. Em conversa com Claude, Frazão aposta que Serafina Rosa aceitará a proposta de casamento de aparências, para poder comprar o imóvel do Bexiga. Roberta avisa Claude que não conseguiu a liberação do visto, porque o empresário tem um antecedente criminal, de uma época que dirigiu bêbado pelas ruas da França, nos tempos de juventude, e foi pego pela polícia. Claude pede Roberta em casamento, mas a atriz, argelina, está em processo de divórcio e recusa. Sem outra opção, Claude aceita pagar um milhão de reais para casar com Serafina Rosa. Joana pede para Sérgio jamais deixar de ter dignidade e não se vender, em sua carreira de ator. Antoninho avisa aos moradores que eles terão que deixar o cortiço, se Giovani não comprar o casarão. Claude lembra Frazão que Serafina Rosa tem um namorado que manda flores todos os dias. Frazão responde que o tal sujeito nunca liga nem aparece. Milton esbarra em Raquel e tenta seduzir a garota. Frazão revela a proposta de casamento de aparências, com pagamento de um milhão de reais, para Serafina Rosa. Ela fica surpresa. Giovani sai para vender balas na saída do colégio, enquanto Amália fica no cortiço, rezando para Santo Antônio casar Serafina Rosa. A secretária responde a Frazão que quer ouvir a proposta do próprio Claude. Frazão chama Claude por telefone. Beto informa para mãe Nara que seu pai Carlos enviou um e-mail afirmando que tem sangue O positivo. Beto fala para a mãe que não pode ser filho dela, pois tem sangue A positivo, e conclui que foi adotado ou não é filho biológico de Carlos. Claude chega ao topo do edifício e entra no heliponto. Frazão deixa o local. Depois de espirrar, Claude pede Serafina Rosa em casamento.

TERÇA 5/04
Serafina Rosa pede um tempo para pensar se aceita o pedido de casamento de Claude. Beto promete para Nara que vai descobrir se é um filho adotado. Raquel convida Sérgio para uma festa badalada. Joana pede para Antonieta falar de seu passado. Antonieta afirma que o passado já foi, despede-se e sai. De volta ao escritório, Claude pede sigilo a Serafina Rosa. A secretária garante que responderá à proposta de casamento no dia seguinte. Gurgel e Janete perguntam a Serafina Rosa o que aconteceu no heliponto, mas ela não responde. Em seu imaginário, Serafina Rosa relembra o pedido de Claude no heliponto, sorri e cheira o perfume de uma rosa. Beto atropela um homem na rua e foge. Frazão desconfia do convite de jantar e dos agrados de Nara para Claude. Frazão avisa o empresário que pode ser uma armação. Nara tenta agradar Claude. Pepa faz troça do jeito de falar fanho de Afrânio. A fofoqueira Pepa acusa Serafina Rosa de sair com homem casado, e Afrânio defende a secretária. Serafina pede conselhos para Pimpinoni sobre casamento. Serafina desabafa com Pimpinoni que o mundo resolveu brincar com ela. Serafina diz ao pai Giovani que o propritário do cortiço deve fazer um desconto na compra do casarão à vista, pois muitos moradores não teriam para onde ir em caso de despejo, e demorariam para mudarem-se. Egídio dá a ideia a Claude de passar a firma para o nome de Nara enquanto não sair o visto, para que a empresa possa receber o investimento estrangeiro. Beto flagra Claude e Nara, entra na sala e assusta o casal. Claude derruba champanhe no pulôver. Beto se oferece para limpar e encharca o pulôver de água. Claude acusa Beto de estar contra o casamento dele com Nara.

QUARTA 6/04
Joana não gosta de ver o filho Sérgio sair com Raquel sem dinheiro para pagar a entrada da balada. Joana tira o dinheiro de sua reserva e dá a Sérgio. Pepa arranca as roupas de Afrânio do varal. Pimpinoni aparta a briga entre os dois. Serafina Rosa comenta com a irmã que pode cometer uma maluquice e se casar. Serafina Rosa sonha que está casando com Mr. Smith, Frazão e Claude ao mesmo tempo. Serafina Rosa acorda do “sonho” assustada. Antoninho afirma para Janete que Serafina não tem namorado. Janete diz o contrário, que Serafina Rosa espalha para todos da construtora que tem namorado e ainda recebe flores. Janete conclui que Serafina Rosa engana os colegas de trabalho ou sua família. Sérgio flagra Milton falando ao pé do ouvido de Raquel. Sérgio manda Milton se afastar de sua namorada. Antoninho aparece e separa Milton de Sérgio. Raquel repreende Sérgio. Claude reclama de Beto para Dádi e planeja se vingar do garoto. Serafina Rosa contempla vestido de noiva da vitrine de uma loja e imagina-se dentro dele. Terezinha revela para Afrânio que Serafina Rosa saiu para trabalhar com maquiagem e cílio postiço. Afrânio estranha a atitude de Serafina Rosa. Janete conta para Serafina Rosa que Antoninho contou que ela não tem namorado. Serafina responde que não fala sobre a vida pessoal. Em seguida, suas rosas chegam no escritório.Nara pede a Egídio para mandar Beto para fora do Brasil. Raquel reprova a atitude de Beto. Serafina Rosa sente-se ansiosa no momento de decidir se casará com Claude. Beto ameaça sair de casa. Elisa conta para Beto que Nara e Egídio pretendem mandá-lo para fora do país, para fazer intercâmbio. Para vingar-se de Beto e conseguir o visto, Claude anuncia a Frazão que casará com Nara no exterior, sem perceber que Serafina Rosa está na sala.

QUINTA 7/04
Serafina Rosa sai da sala de Frazão, olha a interpelação judicial do casarão e sente vontade de chorar. Frazão contesta a decisão de Claude casar com Nara e vê risco no negócio com os americanos. Claude promete falar com Mr. Smith sobre a possibilidade de colocar a construtora no nome de Nara até sair o visto. Afrânio e Pepa disputam o tanque de lavar roupa. Nara conversa com Erci e diz que tem novidades sobre seu casamento com Claude. Gurgel e Janete percebem que Serafina Rosa está agindo de maneira estranha. Pepa diz para Antonieta que Afrânio está com ciúme de Serafina Rosa e do “namorado mais velho”. Em conversa com Raquel, Nara apoia o intercâmbio de Beto nos Estados Unidos, com a proteção do pai do garoto, Carlos. Serafina Rosa fala para Janete que está “revoltada com os homens”. Claude pede para Serafina digitar uma lista de convidados. Serafina Rosa imagina que é a lista do casamento do empresário com Nara, e chora. Claude se surpreende com a reação de Serafina Rosa e ouve dos funcionários que ela brigou com o namorado. Sergio conta para Terezinha que pegou Milton seduzindo Raquel. Sérgio revela que Milton entregou um cartão pessoal a Raquel, na rua, antes da balada. Terezinha fica enfurecida e afirma que não quer mais olhar para a cara de Milton. Terezinha liga a Milton para tirar satisfações, mas acaba aceitando as desculpas do namorado. Claude argumenta para Frazão que é melhor casar de verdade com Nara do que de mentira com Serafina Rosa. Nara afirma para Egídio que quer pegar os US$ 10 milhões antes do casamento. Erci revela para Frazão que Egídio roubou todo o dinheiro do ex-marido de Nara, com a ajuda da filha.

SEXTA 8/04
Erci alerta Frazão sobre o perigo de Claude casar com Nara e passar a empresa para o nome dela. Antoninho defende Milton para os pais de Terezinha. Sérgio demonstra para a mãe Joana toda sua preocupação com o fato de Raquel pertencer a outra classe social. Sérgio comenta com Afrânio e Joana que desconfia que o dono do casarão pediu o imóvel porque Giovani permitiu que muita gente entrasse ali. Serafina lamenta com Pimpinoni que perdeu a chance de casar e ganhar o dinheiro para evitar o despejo. Pimpinoni afirma que foi melhor assim, pois Serafina Rosa tem tudo para encontrar outro bom homem, sem interesse. Pimpinoni mostra a Serafina uma boneca que está reformando para dar à filha da lavadeira. Pimpinoni acalma Serafina Rosa, dizendo que Deus escreve certo por linhas tortas. Pepa provoca Afrânio, sugerindo que ele levou um fora de Serafina Rosa. Beto avisa Nara, Egídio e Claude que pretende ficar no Brasil por alguns anos. Nara finge estar feliz com a decisão. Beto denuncia que Nara quebrou a empresa do seu pai e ainda acabou com o dinheiro dele. Claude pergunta para Nara sobre a empresa e a sociedade com o seu ex-marido, e se preocupa. Beto afirma a Claude que se ele casar com Nara, terá prejuízo. Dádi resolve atender com mais mimo Claude, para evitar que ele se case. Frazão pergunta para Serafina Rosa se ela ainda aceita casar com Claude. Longe de São Paulo, Alabá e Roberta confessam que sentem saudade de Claude. Nara pede para o pai Egídio afastar Beto de casa. Frazão esclarece para Serafina Rosa que a lista de convidados é para a inauguração do escritório de São Paulo. Frazão recomenda que Serafina Rosa diga “sim” a um futuro pedido de casamento de Claude. Frazão garante que o empresário vai voltar atrás, para casar com a secretária.

Comentários encerrados.

Parceiros