SEGUNDA 2/05
Giovani mostra para Antoninho uma fotografia de Serafina casando na maca. O advogado avalia que o casamento pode ser anulado. Pepa resolve conversar com Giovani para convencê-lo a comprar a casa. Sérgio conta para Joana que foi aprovado para o teste de interpretação e viajará o país fazendo teatro. Raquel, revoltada, discute com Nara e reprova a postura da mãe com Sérgio. Erci, Ninica e Alzira reencontram Roberta e conhecem Alabá. Roberta e Alabá estão de volta ao Brasil, no litoral de São Paulo. Serafina vai trabalhar rebelde e angustiada com Claude. Amália avisa Serafina, por telefone, que Giovani vai procurar Claude na empresa. Beto avisa Nara que o pai repassou a pensão de R$ 15 mil para ele. Serafina tenta avisar Claude sobre a visita de Giovani, mas não consegue. Pepa é advertida por Giovani sobre suas fofocas contra Serafina. Giovani, Amália, Antoninho e o fotógrafo entram na construtora. Serafina alerta Frazão que Antoninho e Giovani tentarão anular o casamento. Giovani encara Claude. O empresário afirma que Serafina casou por livre e espontânea vontade. Antoninho responde que Serafina não estava em sã consciência quando casou. Amália lembra que Serafina tomou um calmante antes do casamento.

TERÇA 3/05
Giovani exige um casamento de verdade ou a anulação. Nara conta para Egídio que planeja casar com Claude no consulado da Suiça. Catarina, mãe de Milton e Antoninho, não gosta de ver o filho advogado, pré-candidato a deputado, se envolvendo com os problemas de Serafina. A secretária garante a Claude que não vai desistir do acordo de casamento. Giovani ameaça fazer um escândalo. Giovani dá dois dias para Claude decidir se casa ou desmancha o que fez. Na saída da sala de Claude com os pais, Serafina inventa aos colegas que Giovani foi pedir férias a Claude para uma viagem da família. Gurgel e Janete não acreditam. Claude rejeita a afirmação de Giovani de que Serafina foi drogada para casar. Ninica confessa para Alzira que esqueceu do seu amor por Claude. Egídio lembra Nara que se o casamento com Claude minguar, os dois vão depender de Beto e Raquel. Dino recebe o amigo Colibri, de volta ao cortiço depois de uma turnê de teatro mambembe pelo norte do país. Pimpinoni vibra com a chegada do jovem amigo. Por telefone, Nara pergunta se Claude ainda quer casar com ela. O francês responde que sim. Serafina confirma para Janete que brigou com o namorado e por isso deixou de receber as flores com a dedicatória ?uma rosa com amor?. Serafina propõe a Claude um namoro de mentira, por dois meses, para agradar os pais até a data do divórcio.

QUARTA 4/05
Claude aceita namorar Serafina até sair o divórcio. A secretária sente alívio e pede que o empresário não tenha uma opinião negativa sobre seu pai. Claude acusa Frazão de torcer pela união dele com Serafina. A secretária encontra Pepa e rebate a fofoca de que ganhou um cheque de um homem casado. Serafina afirma a Pepa que o dinheiro é um presente de seu namorado. Colibri conta a Dino uma história, que aconteceu no norte do Brasil, sobre maridos que queimaram um cartório para eliminar os documentos de seus casamentos. Serafina olha Pimpinoni, que reprova a atitude dos maridos. Claude e Nara se beijam no escritório. Terezinha, Amália e Giovani comemoram o namoro de Serafina e Claude. Janete chora depois de ter sido abandonada pelo noivo. Antoninho consola Janete e os dois se beijam. Nara entra na construtora com seu advogado. Serafina entrega a Frazão uma correspondência de Mr. Smith para Claude. Frazão alerta Serafina que Claude não pode assinar os papéis de Nara, pois estaria praticando bigamia, podendo ser preso e extraditado. Serafina conta a história dos maridos que queimaram o cartório no norte a Frazão. O advogado arma uma operação anti-Nara. Frazão liga ao celular de Claude e pede para o francês assinar os documentos do casamento com Nara. Em seguida, Frazão joga fósforos acesos no lixo, no momento em que Nara assina os papéis. Serafina entra na sala de Claude com um extintor na mão. Frazão grita: fogo, fogo! A secretária dispara o extintor e enxarca os papéis do casamento. Serafina vira o extintor para o outro lado e dá um banho em todos. Nara chama Serafina de desastrada e louca. Nara pede para Claude controlar a secretária e fazê-la parar com a baderna. Nara leva outro jato de espuma no rosto e grita.

QUINTA 5/05
Serafina faz movimentos descontrolados e jorra mais líquido do extintor em todos da sala. Frazão ganha um banho de extintor e sorri da bagunça armada por ele e Serafina. Depois faz cara de furioso. Claude e Frazão reclamam da audácia de Serafina. Revoltada, Nara pede para Serafina sair da sala e afirma que ela molhou todos de propósito. Serafina explica a Frazão que o molhou porque ele estava no campo de mira da papelada do casamento. Frazão conclui que Nara ficará mais nervosa no dia que descobrir que Claude já casou com Serafina. O advogado de Nara verifica que os papéis estão molhados e promete reimprimi-los no dia seguinte. Nara vai para o carro toda molhada. Sozinho na sala, Claude sorri, se dá conta da bagunça e senta na cadeira molhada. Claude, furioso, grita e chama Frazão. Beto e Raquel conversam sobre o pai e especulam sobre a vida dele. Pepa avisa Terezinha que contou para a patroa Catarina que Serafina namora um homem rico que deu R$ 1 milhão a ela. Terezinha acusa Pepa de fofoqueira. Pepa responde que é ?fofoqueira do bem?. Terezinha conta para Amália que Catarina apoia o seu casamento com Milton depois que soube do namorado rico de Serafina. Giovani não deixa Amália descontar o cheque antes de ter a certeza de que o namoro de Serafina dará certo. Egídio estranha a baderna e comenta com Nara que muitas coincidências negativas travaram o seu casamento. Janete e Gurgel se surpreendem com o estado de Nara e Egídio, totalmente molhados. Pepa conta para Afrânio que Serafina está namorando sério. Ele não acredita. Terezinha tem a ideia de convidar Claude para o pequenique da paróquia, para que ele conheça a família e seus vizinhos em um local neutro, longe da estética do cortiço. Giovani concorda. Claude reclama dos excessos de Serafina no manejo do extintor. Frazão repreende Claude por não agradecer Serafina. Claude afirma que Serafina se vingou dele molhando-o com o extintor. Erci flagra Nara molhada e com o cabelo desarrumado. Nara fica furiosa. Sérgio comenta com Joana que terá uma conversa séria com Raquel sobre sua turnê de teatro. Pimpinoni fala com Colibri e decide levar a boneca sambista ao piquenique. Serafina e Janete limpam o escritório de Claude. Janete vê algo no lixo que queimou e pergunta assustada: ?o que é isso?

SEXTA 6/05
Dádi sugere a Claude que ele use uma tipóia no braço para não precisar assinar os papéis do casamento com Nara. Serafina pega os papéis molhados do casamento das mãos de Janete e rasga tudo. Claude descobre que engordou e culpa o estresse que passou com as trapalhadas de Serafina. Giovani manda Terezinha comprar os convites da família e de Claude para o pequenique da paróquia na praia. Dádi enfaixa a mão de Claude. Egídio pede para Raquel avisar Nara que os papéis do casamento estão prontos. Erci pergunta a Nara a data do casamento. Roberta avisa Alabá que Claude vai buscá-la no heliponto assim que chegar em São Paulo, para a entrevista coletiva sobre seu filme. Alzira confessa para Ninica que se sente solitária e chora. Ninica pede para Alzira tratar sua bipolaridade. Elisa entrega uma intimação policial que chegou para Beto, a respeito de um atropelamento. Milton afirma para Terezinha que Serafina acertou ao escolher um namorado rico. Tensa, Terezinha pergunta por qual razão Milton namora com ela. Giovani exige que Claude participe do piquenique. Antoninho avisa Amália que o dono do casarão tem pressa em vender o imóvel. Antoninho alerta que se Giovani não comprar o cortiço, perderá o imóvel para o incorporador, que não desistiu da demolição. Amália fica nervosa. Serafina convoca Claude para o piquenique da paróquia, exigência de Giovani. A secretária sai da sala do francês, mas esquece um balde no chão. Claude fica revoltado com o convite para o piquenique, caminha nervoso pela sala e pisa no balde cheio de água. Claude tropeça e cai, derrubando um vaso e um cinzeiro. No chão, com um pé no balde, Claude grita de dor. Janete, contendo o sorriso, olha Claude furioso, com dor no cotovelo e na perna. Serafina fica arrasada.

Comentários encerrados.

Parceiros