SEGUNDA 18/07
Filinto revela a Violeta que quando a viu imaginou que tivesse visto um fantasma. Lúcia telefona para Thiago e diz para ele voltar para casa. Thiago diz que o casamento deles acabou. Marcela diz para Marina aceitar que gosta dela. A advogada diz que vai esperá-la o tempo que for preciso. Bete diz que vai ajudar Marta a respeito da sexualidade dela. Marta confessa que sempre sentiu atração por mulheres. Filinto fala a Violeta que tem a sensação de que a conhece há muito tempo. Filinto diz que quer muito vê-la novamente. Mário pede Maria em casamento. Ela diz que não pensa em se casar. Ele pergunta se ela aceitaria o pedido de casamento do José. Henrique diz a Heloisa que vai se matar por causa dela. José e Miriam ficam noivos. Os dois brindam o noivado com Ana. José afirma a Ana que não quer mais pensar em Maria. Miriam conta a Lara e Alice que vai se casar com José. Aranha planeja com Fritz uma ação para pegar cafetão. Na Serra do Caparaó, Jandira, Batistelli e Maria conversam sobre a guerrilha. Padre Inácio e padre Bento recebem o Monsenhor na igreja. O Monsenhor pede para padre Inácio rever seus preceitos a respeito da igreja. Aranha e Fritz capturam cafetão na zona de prostituição. Os integrantes do grupo de Teatro de Vanguarda estão animados com a estreia do espetáculo sobre o Tiradentes. Ana diz a Filinto que José e Miriam ficaram noivos e vão se casar. Aranha e Fritz levam o cafetão para o galpão de tortura. Aranha diz que o cafetão nunca mais vai maltratar suas “meninas” e o mata.

TERÇA 19/07
Teimoso e autoritário, Lobo Guerra diz a Dr. Ruy que não aguenta mais ficar deitado na cama de um hospital e que voltar para casa. Na Serra do Caparaó, Jandira se despede de Batistelli, pois a guerrilheira vai voltar para São Paulo. Ela fica extremamente emocionada. Ao se despedir de Maria, Jandira percebe que a jovem guerrilheira está com febre. Batistelli se despede de Ernesto. Maria está ardendo em febre e Mário cuida da guerrilheira. Miriam e José vão ao teatro assistir à pela do grupo. Policiais chegam ao acampamento na Serra do Caparaó. Para fugir, Batistelli e Mário têm que carregar Maria, que está debilitada. Marina revela a Marcela e Thiago que a situação financeira do jornal vai de mal a pior. Os policiais começam a vasculhar a mata em busca dos guerrilheiros. Marina e Thiago têm uma discussão na frente de Marcela. Lobo Guerra dá uma cantada na enfermeira Julia e Feliciana flagra. Aranha sai com a prostituta Vilminha. Bete revela a Luís que Marta está apaixonada por ela. Bartolomeu e Heloisa passam a noite juntos. Aranha afirma a Vilminha que quer tirá-la da prostituição. A prostituta exige que o delegado deixe a esposa. Batistelli, Mário e Maria fogem pela mata. Filinto procura Dr. Ruy e diz que Olivia não morreu. O militar diz que viu Olivia.

QUARTA 20/07
Lobo Guerra fica furioso no hospital e diz que quer ir embora. No teatro, Lúcia flagra Thiago e Marina de braços dados. Maria cai na mata e diz a Batistelli e Mário que não aguenta mais correr. Mário aconselha Batistelli a fugir e deixá-lo com Maria. Ao ver nudez na peça do grupo Teatro de Vanguarda, Fritz interrompe o espetáculo. José o enfrenta. Lobo Guerra vai embora do hospital por conta própria. Fritz é vaiado pela plateia do teatro. Ele promete vingança. Tavares diz a Coronel Santos que o filho dele, o Jeová, gosta de pessoas do mesmo sexo. Coronel liga para Jeová imediatamente e diz que precisa conversar com o filho em particular. Lobo Guerra chega à mansão e encontra Ana saudável e muito lúcida. O general fica surpreso. Ana chama Feliciana de cínica. Ana ameaça Lobo Guerra ao dizer para ele escolher ela ou Feliciana. Desafiadora, ela diz que se Feliciana continuar na mansão, ela sai. Violeta telefona para Filinto e o assombra. Na mata na Serra do Caparaó, os policiais cercam Batistelli e pedem os documentos dele. Mário corre pela mara com Maria em seus braços. Ao telefone, Violeta se passa por Olivia e deixa Filinto apavorado. Depois de deixá-lo desesperado, Violeta diz que estava brincando. Os dois marcam um novo encontro. Coronel Santos diz a Tavares que Jeová não confirmou nada. Vilminha se despede de Aranha. O delegado diz à prostitura que tem a intenção de dar uma vida de rainha para ela. Vilminha cobra seu cachê e debocha do delegago, que lhe dá uma bofetada. Fritz sai com garoto de programa. José e Miriam têm uma discussão após a peça. Miriam pergunta a José se ele não quer ser visto com ela.

QUINTA 21/07
Maria diz para Mário deixá-la na mata e fugir. Os policiais perguntam a Batistelli onde estão as outras pessoas que estavam com ele. Os policiais algemam o guerrilheiro. No teatro, José cumprimenta Telmo. Miriam e Stela estranham. Telmo diz que conhece José da época que serviu o Exército. Feliciana diz a Lobo Guerra que o melhor que ele tem a fazer é sumir com Ana. Henrique se joga na frente de uma caminhão. Ana faz ameaças a Lobo Guerra. Na mata, os policiais fecham o cerco contra Maria e Mário. Filinto diz a Lobo Guerra que Olivia está viva. Os policiais levam Mário e Maria para a delegacia para averiguação. Filinto diz a Alice e Lara que a mãe delas está viva. Lobo Guerra diz que Filinto é um fraco. No teatro, Marina e Lúcia têm uma discussão por causa de Thiago. Filinto promete levar Alice e Lara para visitar a mãe. No teatro, José encontra João e pergunta de Maria na frente de Miriam. João fala das cartas que Maria enviou a José e ele não as respondeu. José fica intrigado e diz que não recebeu nenhuma carta. Miriam tenta contornar a situação. Miriam diz a José que está com dor de cabeça e quer ir para casa. Fritz leva garoto de programa para o galpão de tortura. O policial assassina o rapaz. O elenco do Teatro de Vanguarda comemora a estreia da peça na cantina de Beto. Stela deixa João para conversar com um diretor de televisão. João fica enciumado. José diz a Miriam que ela ficou nervosa quando João tocou no assunto das cartas de Maria.

SEXTA 22/07
Jandira chega à casa de Lúcia com Ernesto. Batistelli, Mário e Maria estão na cadeia. Maria está delirando de febre. Jandira entrega carta de Maria a Lúcia. Bartolomeu recebe telefonema que o informa que Henrique se jogou na frente de um caminhão. Ele diz a Heloisa e Davi que Henrique não morreu. Heloisa se sente culpada. José pergunta a Feliciana se ela recebeu alguma carta endereçada a ele. Marina está criando suplemento cultural para o Jornal. Marcela assedia Marina. Violeta e Filinto se encontram. Filinto afirma que Violeta é Olivia. Ela o provoca. Lobo Guerra fica furioso ao saber do atentado contra Costa e Silva. Borges vai à mansão de Lobo Guerra pegar Lara e Alice para visitar a mãe. Em conversa com Jeová, Coronel Santos diz que o filho manchou o nome da família e não quer mais vê-lo. Coronel Santos mostra foto em que Jeová está em companhia de outro homem. Jeová fica desolado. Lúcia confessa a Jandira que sente vontade de voltar para Thiago. Filinto e Violeta se beijam. Filinto afirma novamente que Violeta é Olivia. Ele a agarra. Olivia dá uma bofetada nele. Batistelli chama o carcereiro e pede ajuda, pois Maria precisa ir para o hospital. José telefona para casa de Lúcia e pergunta de Maria. José conta a Lúcia que não recebeu as cartas que Maria lhe enviou. Ele pede para Lúcia contar a Maria que nunca recebeu as cartas dela. Mário e Batistelli conversam com delegado. Misterioso, o delegado diz que sabe quem eles são. José procura Bianca. Ele pede para Bianca refazer a matrícula de Lara e Alice. Borges leva as garotas para um orfanato. Lobo Guerra revela a Ana que as meninas foram levadas para um orfanato. Ana afirma a Lobo Guerra que não fica mais um dia com Feliciana em sua casa. O general diz que precisa conversar com Feliciana em particular. A governanta faz chantagens com Lobo Guerra, que a demite. O general promete montar uma casa para Feliciana, pois quer continuar a encontrá-la. Violeta afirma a Filinto que ele matou a mulher que amava.

Comentários encerrados.

Parceiros