Resumos da novela ‘Ribeirão do Tempo’

SEGUNDA 25/04
Newton conta a Filomena que seu advogado talvez consiga segurar o processo até que a história com o senador seja esclarecida. O instrutor, preocupado, pergunta sobre Iara para Filó, que diz não saber onde ela está. Sereno assusta Alfredo ao dizer que as águas do rio vão subir e acabar com a cidade. Marta procura Arminda para entrar em contato com Joca. Ela diz que tem revelações arrasadoras, mas não pode revelar nada ainda. Filomena diz a Tito que chegou ao fim o prazo para o fim da relação. Iara decide sair do esconderijo. Tito está prestes a pedir que Filomena continue com ele quando é interrompido por Newton. Eles decidem continuar a conversa mais tarde. Arminda combina com Marisa um encontro com Joca no esconderijo. Sereno está intempestivo e começa a discutir com Fátima. Flores interrompe e Sereno continua irritado, diz estar namorando um empregada de outra rua. Flores desconfia. Karina diz para Nicolau que vai pensar uma maneira de se livrar de Iara. O presidente do partido diz a Nicolau que sua imagem está ótima em Brasília. Lincon implica com Sônia e André discute com o pai. Patrícia tenta apaziguar. Ajuricaba faz drama porque sente falta de sua filha e Virgínia fala para ele ser menos dramático. Karina diz ao seu pai que ele deveria ter tomado alguma atitude em relação a traição de Célia. Bruno disse que pretende deixar por isso mesmo. Teixeira/Briggs pede que Arminda convoque uma reunião para ele comunicar sua decisão. Marta e Arminda encontram Adriana e eles decidem entrar pelos fundos da casa. Arminda tenta disfarçar a irritação com que Adriana fala de Joca. Elas se encontram com Joca e Adriana se retira. Marta vai atender uma ligação e Arminda aproveita para dar uma bronca em Joca por ele ter se arriscado. Jairo se irrita quando Cardoso diz que entrou em contato com Marta e que ela disse estar em uma investigação sigilosa. Marta revela tudo o que Sereno disse a Joca. O detetive sugere que Marta peça a Sereno que grave uma conversa com Flores. Sereno é agressivo verbalmente com o Flores. Celular de Sereno toca e ele não atende, diz ser sua namorada. Sereno liga para Marta fora da casa, mas Flores observa tudo da janela. Sereno diz a Marta que não chegou a nenhuma conclusão e a policial pede para vê-lo. Marisa vai a prefeitura falar com Querêncio e diz que sente saudades. Marta recebe Sereno em sua casa.

TERÇA 26/04
Arminda se irrita com a proximidade entre Joca e Adriana. Sereno revela para Marta o medo que sente só de imaginar a reação de Flores, caso descubra que seus segredos foram revelados. Ele começa a ficar nervoso, mas a investigadora o tranquiliza. Em seguida, Marta detalha o plano para desmascarar Flores. Querêncio fica angustiado quando Marisa comunica que vai pedir a separação formal. Nicolau e Lílian organizam os últimos preparativos para o comício e o senador decide esperar Karina antes de ir à praça dar início ao evento. Flores conversa com o General ao telefone sobre os próximos estágios de seus planos. O misterioso mentor da conspiração levanta a suspeita sobre Sereno e Flores diz ter total controle da situação. Marta conta a Sereno que somente seu depoimento não é capaz de deter o professor e que é preciso gravar a confissão de Flores. O hacker aceita participar do plano. Teixeira comunica à Arminda, Bruno e Claudel que vai se demitir e que renunciará à condição de inventariante do testamento de Durrel para sair do Brasil. Joca se disfarça de mendigo e circula pela cidade. Sereno vai a casa de Flores, que pede para que ele lance um manifesto do Comando Invisível afirmando sua independência política. Karina chega e vai com Nicolau para o comício. Iara decide contar seus segredos para todos e vai até o quarto de Tito, mas encontra Filomena. A filha do prefeito avisa que está deixando a pousada. O comício se inicia. Joca se aproveita da ocasião e se aproxima da casa de Flores. O professor está bêbado, inebriado ao ditar o manifesto para Sereno, que aproveita um momento de distração e liga o gravador. Ele induz Flores a falar sobre seus crimes. Todos ficam tristes com a notícia de que Filomena vai embora. Newton tenta convencer Tito a fazer com que Filó fique, mas o dono da pousada já se deu por vencido. Alfredo corteja Léia. Bem tocado pela bebida, Flores fala sobre todas as mortes e assassinatos. Devido ao nervosismo, Sereno sua demais. O professor estranha e pede que se o rapaz se enxugue. Quando Sereno pega um lenço de seu bolso, deixa gravador cair. Flores fica perplexo enquanto Sereno pega o gravador e guarda no bolso. Ele sai correndo enquanto Flores, muito bêbado e descontrolado, pega um revólver para correr atrás de Sereno. Flores começa a disparar, mas não o acerta. Os dois saem correndo da casa. Joca vê a cena e decide intervir. Jairo, que acompanhado de alguns agentes, escuta os tiros. Sereno chega a beco sem saída. Quando Flores vai disparar, Joca interfere e os dois começam a brigar. O hacker aproveita a briga e foge. O professor lembra do comício perto de sua casa e começa a gritar por socorro. Jairo, que está próximo, ordena que seu agente atire no suposto terrorista. Joca pula o muro e foge. Jairo e seus agente correm atrás do detetive.

QUARTA 27/04
Flores se recompõe da briga com Joca. Ferido, decide ir até o comício de Nicolau. O professor sobe no palanque e se junta à Karina. Durante a fuga, Joca encontra Sereno mancando. Ele pede que o hacker entregue o gravador para Marisa. Os agentes federais se aproximam e o detetive continua em sua fuga. Flores pede a palavra para Nicolau e começa a discursar. O professor afirma que sofreu um atentado. Joca tropeça durante a fuga e os agentes federais conseguem prendê-lo. Teixeira avisa à Querêncio que deixará de ser inventariante do testamento de Durrel. O advogado convoca todos para comunicar algo. Célia chama Bruno para uma conversa e avisa que além da separação, pedirá metade de seus bens. Durante seu discurso, Flores diz que Joca atentou contra sua vida. Jairo e seus agentes conduzem o detetive até a delegacia. Filomena se despede de Tito. Sentida, ela diz que ficará hospedada no Solar. Filó se despede de todos da pousada antes de sair. Romeu propõe um brinde e Alfredo corteja Léia novamente, que fica constrangida. Elza chega esbaforida e diz que Joca foi preso. Léia desmaia no mesmo instante. Marta se desespera com a falta de notícias sobre Sereno. Joca é escoltado até a delegacia. Ajuricaba acredita que finalmente os agentes federais deixarão a cidade. Durante a reunião, Teixeira conta que queimou um documento deixado por Durrel, onde indicava Arminda como sua sucessora na presidência internacional da empresa. Jairo começa a interrogar Joca. O agente federal não acredita nas palavras do detetive e começa a se irritar. Arminda fica possessa ao pensar na atitude de Teixeira. Claudel avisa que a diretoria na Europa já tinha tomado a mesma decisão, logo a atitude do advogado não faz diferença. Nicolau e Karina ficam preocupados ao ouvirem o relato de Flores, sobre a gravação de sua conversa. Marisa liga para Arminda e conta que Joca foi levado pela polícia. Flores diz para Ajuricaba que Sereno está envolvido no suposto plano terrorista. O hacker entrega o gravador para Marta. Jairo não deixa que Ventania converse com Joca e decide levar o detetive para Brasília. Marta leva o gravador para a delegacia.

QUINTA 28/04
Capítulo não fornecido.

SEXTA 29/04 – FINAL
Capítulo não fornecido.

SEGUNDA 18/04
Ari vai à pousada. Aflito, ele diz que talvez será candidato à vice-presidência. Nicolau e Karina chegam à Folha da Corredeira com a comitiva do partido. Lincon vai à redação do jornal e exige que lhe paguem o que é devido. O Senador convida o jornalista para uma conversa em sua sala. Lincon tenta negociar para obter uma parte maior do jornal. Clorís avisa Ari que ele será impedido de pôr os pés na pousada, caso aceite o suposto convite de Nicolau. Diana começa a estranhar o comportamento de Arminda. Filomena vai ao Solar acompanhada de Mateus para conversar com Querêncio. Ela conta para seu pai que vai se separar de Tito. Nicolau não aceita a proposta de Lincon. Esbravejando, o jornalista é levado para fora pelos seguranças. O Senador anuncia aos repórteres sua candidatura à presidência do Brasil. Joca acompanha as notícias pela internet e deduz que Nicolau irá se livrar de Iara. Impaciente, o detetive pega sua mochila e sai. Marta leva Sereno a sua casa. Arminda se irrita porque Joca não atende o celular. O detetive marca um encontro com Iara. Marta serve um jantar para Sereno e faz perguntas, sem levantar suspeitas, para tentar extrair alguma informação relevante. Arminda convida Claudel ir à boate de Ribeirão do Tempo. Sereno começa a ficar incomodado com as perguntas de Marta e, subitamente, decide ir embora. Arminda e Claudel chamam Marisa para acompanhá-los em um drinque. Joca avisa Iara que ela corre risco de vida e ela conta sobre chantagem que fez com Nicolau. Mateus sae em um carro do Solar acompanhado de Filomena. Ele encosta o carro e diz que eles devem assumir o que sentem.

TERÇA 19/04
Termina o coquetel de boas-vindas para os agentes de turismo na pousada e Filomena chega acompanhada de Mateus. Tito fica furioso, mas se controlar. Já no quarto, ele demonstra sua insatisfação e Filó fica irritada. Arminda, ainda preocupada, mergulha em pensamentos sobre o que Joca deve estar fazendo. O celular dela toca em seguida. É o detetive. A empresária fica mais tranqüila e dorme. Arminda tem um pesadelo onde vê Joca se casando com outra mulher. Ela desperta furiosa e soca o travesseiro. Mateus liga para Filomena, que o convida para assisti-la saltar. Arminda e Bruno cogitam a possibilidade de Teixeira revelar seus segredos para prejudicar todos. Em um passeio com Célia, Teixeira diz que talvez seja hora de sair do Brasil e a convida para fugir com ele. Ela aceita, mas se preocupa com a reação do marido. Mateus observa o avião que leva Filomena para decolar. Tito se aproxima do piloto e eles quase brigam. Newton interfere. Ari conta a Ajuricaba que Beatriz falou sobre sua possível candidatura à vice-presidência. O delegado cai na gargalhada e fala sobre a falta de lucidez da mãe de Nicolau. O Senador avisa Karina que fará um comício em Ribeirão do Tempo. Adriana tenta seduzir Joca fazendo uma massagem. O detetive se deixa levar por alguns instantes, mas subitamente, tem uma ideia para acabar com os planos de Nicolau e pede a ajuda da dançarina. Claudel comunica à Arminda que talvez ela tenha que voltar para a Europa. O francês a convida para tomar um sorvete e começa a cortejá-la. Lincon adverte os militantes do Comando Invisível expondo sua suspeita sobre o movimento. Sônia deixa um bilhete para seus pais avisando que está saindo de casa. Sereno termina o comunicado do Comando Invisível. Ele vai até Marta e diz que não guardará mais segredos.

QUARTA 20/04
Flores e Nicolau conversam ao telefone sobre os preparativos para sua chegada à presidência. Marisa e Sereno saem da delegacia e ele diz que está disposto a conversar. Claudel conversa com Arminda no Agito Colonial jogando charme. Joca entra no restaurante disfarçado de turista americana e pede um sorvete sem que os dois percebam. Joca fica invocado quando Claudel diz que ainda vai convencer Arminda a se casar com ele. Sônia chega a casa de André com suas malas. Joca escuta escondido uma conversa de Nicolau com Flores no celular. O detetive liga para Iara. Diz que está preocupado com os movimentos do senador e pede a ajuda dela para uma ação de improvisada. Sereno diz a Marta que só conta seus segredos depois que ela dormir com ele. Ivo avisa a Nicolau que uma amiga de Virgílio quer falar com ele ao telefone. Relutante, acaba recebendo a ligação. Iara marca um encontro com Nicolau, que aceita. Ao desligar, ele pega uma arma na gaveta da mesa. Marta diz a Arminda que não consegue falar com Joca e que ela tem que tomar uma decisão urgente para conseguir provas importantes, se entregar para um homem. Célia diz a Bruno que Teixeira vem falar com algo com ele. Querêncio e Teixeira se abraçam e fazem as pazes dos seus desentendimentos. Teixeira diz que enganou Durrel depois de morta mas que vai consertar seu erro. Arminda desce as escadas apressada. Nicolau dá instruções a Vitor, um de seus capangas. O senador se encontra com Iara e Joca se prepara para fotografá-los. Nicolau finge que vai pegar uma pacote de dinheiro e saca uma arma. Iara joga o pacote na cara de Nicolau e corre. Quando ele se prepara para atirar, toma uma paulada de Joca disfarçado de turista. Vitor atira e Joca corre. O detetive consegue fugir com Iara. Virgínia entrega o bilhete de Sônia para Ajuricaba que esbraveja furioso. Sereno escreve um comunicado para o site do Comando Invisível e sai apressado. Flores desconfia da atitude dele. Marta pergunta a Sereno se a promessa está de pé. Ele confirma. Marta tira a blusa e fica de sutiã.

QUINTA 21/04
Nicolau decide Ligar para Flores pedindo conselhos sobre o que fazer em relação à Joca. Mateus diz a Filomena que está louco para beijá-la e a deixa sem graça. Após transar com Marta, Sereno fica imerso em seus pensamentos. Marisa fica preocupada com Joca. Querêncio visita Marisa na boate. Querêncio diz a Marisa que está sentindo sua falta. A dançarina diz que também, mas que por enquanto os dois continuam separados. Iara e Joca chegam a salvos na casa de Adriana. Sereno diz a Marta que chegou o momento de ver se pode confia nela. Ele explica se ele contar o que ele faz na internet pode ser muito perigoso, mas mesmo assim Marta insiste em saber. Flores fica assustado com o estado de Nicolau. Claudel pergunta a Diana se ela está preparada para morar na Europa. Ela diz que quer continuar morando em Ribeirão do Tempo. Joca liga para Arminda para dar notícias. Ela, furiosa, dá uma bronca no detetive. Marisa diz a Querêncio que não voltará a casar com ele, mas que talvez eles possam namorar. Sereno confessa a Marta que ele, Nicolau, Karina e o professor mataram o presidente. Flores diz a Nicolau que ele precisa matar Iara e Joca. Teixeira e Célia contam a Bruno que estão apaixonados. Bruno quer conversar sozinho com Célia e Teixeira os deixa. Ajuricaba sai de casa furioso e Virgínia o acompanha para tentar segurar seus ânimos. Marta tenta tirar mais informações de Sereno que sai correndo, de repente. Flores acalma Nicolau dizendo que Iara não tem como provar que o dinheiro do suborno veio dele. Ari toma um chope com Clorís e confessa que quer se casar com ela. Filomena confessa a Mateus que ainda tem sentimentos por Tito e que parte dela quer seguir em frente, mas o que ela teve por ele não vai sumir repentinamente. Tito confessa a Newton que está mal por causa de Filomena. Ajuricaba chega a casa de Lincon e discute com André. Patrícia convence seu filho a ir para seu quarto. Ajuricaba e Lincon discutem sobre quando ele poderá ver sua filha. Patrícia e Virgínia dizem que elas que vão decidir como as coisas serão daqui para frente.

SEXTA 22/04
Newton conta a Filomena que seu advogado talvez consiga segurar o processo até que a história com o senador seja esclarecida. O instrutor, preocupado, pergunta sobre Iara para Filó, que diz não saber onde ela está. Sereno assusta Alfredo ao dizer que as águas do rio vão subir e acabar com a cidade. Marta procura Arminda para entrar em contato com Joca. Ela diz que tem revelações arrasadoras, mas não pode revelar nada ainda. Filomena diz a Tito que chegou ao fim o prazo para o fim da relação. Iara decide sair do esconderijo. Tito está prestes a pedir que Filomena continue com ele quando é interrompido por Newton. Eles decidem continuar a conversa mais tarde. Arminda combina com Marisa um encontro com Joca no esconderijo. Sereno está intempestivo e começa a discutir com Fátima. Flores interrompe e Sereno continua irritado, diz estar namorando um empregada de outra rua. Flores desconfia. Karina diz para Nicolau que vai pensar uma maneira de se livrar de Iara. O presidente do partido diz a Nicolau que sua imagem está ótima em Brasília. Lincon implica com Sônia e André discute com o pai. Patrícia tenta apaziguar. Ajuricaba faz drama porque sente falta de sua filha e Virgínia fala para ele ser menos dramático. Karina diz ao seu pai que ele deveria ter tomado alguma atitude em relação a traição de Célia. Bruno disse que pretende deixar por isso mesmo. Teixeira/Briggs pede que Arminda convoque uma reunião para ele comunicar sua decisão. Marta e Arminda encontram Adriana e eles decidem entrar pelos fundos da casa. Arminda tenta disfarçar a irritação com que Adriana fala de Joca. Elas se encontram com Joca e Adriana se retira. Marta vai atender uma ligação e Arminda aproveita para dar uma bronca em Joca por ele ter se arriscado. Jairo se irrita quando Cardoso diz que entrou em contato com Marta e que ela disse estar em uma investigação sigilosa. Marta revela tudo o que Sereno disse a Joca. O detetive sugere que Marta peça a Sereno que grave uma conversa com Flores. Sereno é agressivo verbalmente com o Flores. Celular de Sereno toca e ele não atende, diz ser sua namorada. Sereno liga para Marta fora da casa, mas Flores observa tudo da janela. Sereno diz a Marta que não chegou a nenhuma conclusão e a policial pede para vê-lo. Marisa vai a prefeitura falar com Querêncio e diz que sente saudades. Marta recebe Sereno em sua casa.

SEGUNDA 11/04
Flores avisa Ajuricaba que Joca provavelmente não saiu da cidade. Ele convence o delegado a conversar com Jairo. O objetivo é fazer uma busca em Ribeirão. Claudel conta para os herdeiros de Durrel que Teixeira usa uma identidade falsa. Na verdade, seu nome é Edward Briggs. O falsário teve problemas na Europa e Madame Durrel o ajudou a escapar para o Brasil. Devido à falsa identidade, Querêncio e Filomena podem ter problemas com a herança, já que Teixeira é o inventariante. Tito conversa com sua mãe e se mostra preocupado, já que ocorrerá um grande evento de turismo justamente quando a cidade passa por várias turbulências. Mesmo assim, conversa com Iara e Newton e chega à conclusão que o evento será mantido. Marisa avisa à Elza que está indo embora do Solar. Claudel dá duas opções para os herdeiros de Durrel. Afastar Teixeira do inventário ou deixar tudo como está. Porém, existe o risco de tudo ser descoberto e o documento ser anulado. Filomena e Querêncio decidem que vão pensar antes de tomar alguma atitude. Eles concordam que o francês dê a notícia para Arminda e Bruno. Ajuricaba convence Jairo a buscar Joca pela cidade. Lincon conta para Patrícia e André que o vice-presidente logo renunciará. Marisa retorna para a boate. Claudel revela para Arminda e Bruno a verdadeira identidade de Teixeira. Marta fica sabendo que começaram as buscas para encontrar Joca. Ela telefona para Arminda e a alerta. Filomena conversa com seu pai e os dois entram num impasse, já que Teixeira era protegido de Durrel por algum motivo. Sônia deixa o hospital. Arminda deixa o local da reunião e pede que Andréa avise a todos. Bruno discute com Teixeira porque não aceita sua mentira. Jairo e seus agentes invadem o Solar. Joca ouve a confusão e fica sem saber o que fazer. Arminda chega ao local e presencia a tudo. Nicolau inicia um discurso na tribuna.

TERÇA 12/04
Nicolau discursa na Câmara. Zuleide e Karina assistem ao pronunciamento pela TV. O Senador afirma que as mortes em Ribeirão têm o objetivo de prejudicá-lo. Jairo mostra para Arminda o mandado que autoriza a busca por Joca em sua casa. Os agentes se dirigem ao quarto da empresária e encontram a porta trancada. Jairo pede que Arminda use sua chave. Marta fica indignada com o fato de Ajuricaba levar o recado de Flores para os federais. Ela fala sobre a possível morte de Joca e faz o delegado se sentir culpado. Arminda abre a porta e Jairo entra no quarto. Eles revistam o cômodo e não encontram ninguém. Joca fica deitado no telhado da casa, imóvel, esperando que a polícia vá embora. Todos cuidam de Sônia, seguindo as recomendações médicas. Lincon chama André para uma conversa. O jornalista pede que seu filho deixe a casa de Ajuricaba. Ele sugere que André convença Sônia a morar em sua casa, pelo menos até o bebê nascer. O jovem avisa sua esposa que voltará a morar com seus pais. Jairo e seus agentes deixam a casa de Arminda. Marisa confessa para Vera seu arrependimento de ter se casado com Querêncio. Tito chama Mateus para seu escritório e avisa que já chamou outro piloto para substituí-lo. Antes de sair da sala, Mateus o provoca e pergunta se essa decisão foi influenciada por seu lado emocional. O piloto fala com Iara e Newton que foi demitido. O paraquedista tenta reverter a situação com Tito. Léia vai ao Já Era e Romeu conta que ficou sabendo através de Elza que os agentes federais fizeram uma busca na casa de Arminda, sem sucesso. Flores fala com Sereno que já tem informações sobre a renúncia do vice-presidente do Brasil. Arminda avisa à Querêncio que Marisa foi embora do Solar. Joca liga para sua amada e avisa que está a salvo, no telhado. Arminda vai ao encontro de Marta e diz que Joca está se arriscando muito ao ficar no seu quarto. Querêncio vai à boate tentar trazer sua amada de volta. Ela pede um tempo para pensar. Arminda liga para a Marisa e pede que ela ajude a esconder Joca. Filomena fica sabendo através de Iara e Newton que Mateus foi demitido e, furiosa, vai tirar satisfações com Tito.

QUARTA 13/04
Vera sugere que Joca fique hospedado na casa de Adriana. A moça é nova na cidade e não tem nenhuma ligação com o detetive. Por isso, não levantará suspeitas. Marisa liga para Arminda e avisa que conseguiu um lugar para Joca. Ela só precisa que o levem ao local. Tito e Filomena discutem. Ela demonstra sua insatisfação com a demissão de Mateus. A moça é incisiva e diz que a partir daquele momento, a única coisa que os une é o contrato. Mateus vai embora da pousada. Antes de sair, Filomena despede-se dele. O piloto diz que ainda ficará alguns dias em Ribeirão e que eles ainda podem se encontrar. Ajuricaba chega em casa e fica sabendo que André foi embora. O delegado vai ao quarto de sua filha e criticado duramente por ela. A jovem diz que também está pensando em sair de casa. Patrícia discute com Lincon por ter convencido seu filho a sair da casa de seus sogros e ter deixado Sônia. Tito se lembra dos bons momentos com Filomena e se arrepende de suas atitudes. Querêncio bebe demais devido à ausência de Marisa. Diana vai até o prefeito e avisa que Claudel chegou para o jantar. Querêncio oferece cachaça para o francês. Arminda chega e Claudel, que começou a ficar alterado graças à bebida, se anima com a empresária. Bruno conta para Karina e Célia, o segredo de Teixeira. Ele diz que o advogado engravidou uma jovem na Europa. A menina abortou, e graças à uma complicação, morreu. Por esse motivo, Teixeira começou a ser perseguido. Depois da reunião, Querêncio sobe para dormir. Claudel pede à Arminda que mostre sua casa. Diana acompanha o casal e sugere que o francês veja o quarto de Arminda. Na saia justa, a empresária bate na porta, dando sinal para que Joca se esconda. O detetive vai para baixo da cama. Marisa e Adriana aguardam no ponto de encontro que combinaram com Arminda. Elas estranham a demora e decidem ligar para a empresária. Arminda consegue dispensar Claudel e vai ao quarto, levar algumas coisas para Joca, que está faminto. Em seguida, o detetive sai pelo telhado e encontra a empresária, que o espera com o carro ligado. Nicolau assina um cheque para Lincon e pede que Lílian leve junto com a rescisão de contrato para o jornalista. O Senador recebe um telefonema do presidente de seu partido e toma conhecimento que o vice Presidente da República renunciou.

QUINTA 14/04
Célia e Bruno tentam impedir que Karina saia para se encontrar com seu noivo. A jovem os convence sobre a importância de sua presença ao lado de seu futuro esposo e o casal acata. Arminda leva Joca até o ponto de encontro combinado com Marisa para esconder o detetive. O casal discute no trajeto porque a empresária não assume o relacionamento que possuem. Eles chegam ao local e Adriana vai logo abraçando Joca, para o espanto de Arminda. Marisa explica que a dançarina é nova na cidade e o detetive não correrá nenhum risco já que a moça não levantará suspeitas. Arminda fica com ciúmes ao ver a proximidade do casal. Antes de partir, a empresária chama Joca para conversar reservadamente. Dominada pelo ciúme, ela tenta, em vão, convencê-lo a se hospedar em outro local. Marisa chama o detetive e os três partem. Nicolau fala com Lilian e Ivo sobre a manchete da renúncia do vice-presidente que sairá na próxima edição de seu jornal. Karina fala com Flores sobre sua insegurança em ser a futura primeira dama. O professor não perde tempo e canta a moça. Sereno vai ao encontro de Marta. Para obter informações sobre Flores, a investigadora convence o ajudante do intelectual a ir até sua casa. Jairo surge e avisa Marta que fará uma diligência. O casal desmarca o encontro e deixam para o dia seguinte. Iara discute com Tito e demonstra sua insatisfação com a demissão de Mateus. Tito chama Filomena para uma conversa, mas a moça o dispensa. O dono da pousada a segue até o quarto. Ele se aproxima para tentar a reconciliação, mas ela não aceita conversar e vai para o banheiro. Adriana se insinua para Joca, mas o detetive se esquiva de todas as investidas da moça. Jairo vai até a casa de Léia procurando mais uma vez pelo detetive foragido. Ele interroga a mãe de Joca mais uma vez. A dona de casa se nega a dizer qualquer coisa e os agentes iniciam uma busca na residência. Arminda liga para o detetive e não consegue disfarçar o ciúme que sente. Claudel conta para a empresária que Briggs foi condenado à prisão na Europa. Teixeira conversa com Célia e explica os acontecimentos de seu passado. Conta inclusive que já teve um caso com Madame Durrel. Lílian vai até a casa de Lincon e leva o cheque com a rescisão do contrato do jornal. Furioso, o jornalista diz que vai avaliar a proposta. André vai até a casa de Sônia e ela demonstra sua vontade em sair de casa.

SEXTA 15/04
Sancha diz a Querêncio que entende por que Marisa o abandonou e ele fica invocado. Virgínia anuncia pelo interfone que Célia quer falar com o prefeito, que pede para ela esperar. Bruno reclama que Célia não preparou o café da manhã e diz a Teixeira que confirmou sua presença na reunião com Claudel. Ele aproveita para provocar o advogado e o chama de “Doutor Briggs”. Teixeira pode para Bruno não brincar com isso e que explicará tudo na reunião. Lincon lê para Patrícia um artigo que fez sobre Nicolau e deixa sua esposa aflita. Sônia diz a André que ainda está pensando se vai morar com ele na casa de Lincon. Adriana joga mais charme para Joca, que se desvencilha delicadamente. A dançarina conta sua história para o detetive e oferece um strip-tease. Joca se assusta e diz que não precisa. Discretamente, Arminda pergunta a secretária se Marta ligou e ela diz que não. Aflita em sua sala por falta de notícias, Arminda pega o celular. Marisa confessa a Vera que ama Querêncio, mas diz que não pode se iludir. A primeira-dama da cidade fala com Arminda ao telefone. A empresária fica sabendo que Adriana ainda não chegou à boate e fica enfurecida depois que desliga o celular. Tito apresenta Hélio, o novo piloto da pousada, para Iara e Newton, que pede para falar a sós com o aventureiro. Newton é agressivo ao falar com Tito, que fica na bronca. Eles se encaram raivosos. Iara fala para Filomena que está preocupada com a irritação de Newton com Tito e pede para ela acompanhá-la. Eles discutem feio, mas Iara e Filó entram para encerrar a discussão. Diana, Carlos e Guilherme conversam sobre os assassinatos e Mateus chega. Diana vai falar com o piloto e Carlos brinca que Guilherme está com ciúmes. Filomena alerta Tito para que ele não perca os amigos por causa de orgulho bobo. Lincon e Alfredo estão no Já Era quando Romeu chega dando a notícia de que vários “carrões” de placa azul estão indo em direção à fazenda de Nicolau. Lincon quer começar uma manifestação contra a Lei Úmida e puxa Sérgio para chamar os jovens da cidade. Karina avisa Nicolau sobre a chegada da ****pula da presidência com alguns jornalistas. O senador comemora o progresso do seu plano e pede que Karina os enrole um pouco, e também, que não desgrude de Beatriz. Ari diz a Ajuricaba que não sabe se vai à reunião que Nicolau o convidou. O delegado diz para ele comparecer porque é possível que o senador vire presidente. Querêncio diz que não vai a reunião do partido na fazenda. Sancha e Célia ficam preocupadas. Karina conversa com o presidente do partido, quando Nicolau sai de sua sala e cumprimenta a todos. O senador diz ao que está à disposição do partido. Adriana chega à boate e Marisa pergunta o motivo de seu atraso. A nova dançarina da boate confessa que estava “mimando” Joca. Marisa pede para ela não complicar ainda mais a situação. Querêncio se lamenta com Arminda, que tenta animá-lo quando ambos são chamados para a reunião com Bruno. Nesta, todos chegam à conclusão de que Teixeira deve renunciar ao inventário da herança, à assessoria da empresa, e sumir do mapa. O advogado diz que vai pensar. O presidente do partido anuncia que Nicolau deverá assumir a presidência da República. Beatriz chama Ari para conversar afastado de todos e conta que Érico quer que ele seja vice-presidente. Filomena encontra Mateus no Agito Colonial e o convida para jantar com seu pai. Eles trocam olhares sorridentes. Jairo reclama da cidade com Marta quando Sereno chega perguntando se o jantar deles está confirmado. Marta o recebe sorridente e confirma.

Parceiros