Asas do Amor 16 à 21 julho 2018

Capítulo 12 – Segunda-feira, 16 de julho
Leyla socorre Sisec. Berna recebe visita de Onur no hospital. Ele conversa com ela e pede para que ela acorde e não o deixe. Na saída, ele acaba encontrando Alper. Hakverdi invade a casa de Ezgi. Alper tenta recuperar o passaporte de Leyla, e acaba mexe nas coisas de Hasmet.

Capítulo 13 – Terça-feira, 17 de julho
Hasmet pega no flagra Alper mexendo em suas coisas, o cozinheiro acaba inventando uma desculpa. Hakverdi ameaça Leyla e Ezgi. Leyla encontra Hakverdi.

Capítulo 14 – Quarta-feira, 18 de julho
O irmão conta que escondeu dinheiro no bichinho de pelúcia de Huzgar, e diz que se Leyla recuperá-lo, ele vai deixá-la em paz. Alper vai até a casa de Ezgi. Quando percebe que Hakverdi é perigoso, eles brigam e começam a se agredir.

Capítulo 15 – Quinta-feira, 19 de julho
Capítulo não divulgado.

Capítulo 16 – Sexta-feira, 20 de julho
Capítulo não divulgado.

Capítulo 17 – Sábado, 21 de julho
Capítulo não divulgado.

O Direito de Nascer 16 à 20 julho 2018

Capítulo 61 – Segunda-feira, 16 de julho
Dom Rafael fica furioso quando descobre que Isabel e Dorinha foram ao convento visitar Maria Helena. Isabel enfrenta o avô, o chama de autoritário e deixa claro que vai cuidar pessoalmente de sua felicidade. Alberto chega em casa e encontra Dolores muito nervosa. Ela pede que ele se afaste de Alfredo Martins e Alberto não consegue entender a preocupação da mãe. Bruno descobre o endereço de Dolores e vai ao Cuba Livre passar as informações a Dom Ricardo, que fica furioso ao saber que o Dr. Alberto Limonta é neto de Dom Rafael. Rosário não tem coragem de fazer o aborto. Ricardo mata o capataz para não ter que lhe pagar o que havia prometido pelas informações e, principalmente, para evitar que ele contasse a Dom Rafael o quê descobriu. Ricardo chega, completamente bêbado, na casa da tia e conta a ela o que descobriu. Alberto entrega à mãe o terço que Irmã Helena lhe mandou e diz que gostaria muito que as duas se conhecessem. Ricardo conta para condessa que matou o capataz. Ela percebe que o sobrinho é capaz de qualquer coisa para conseguir o que quer e teme pela sua vida. Ricardo volta para a casa da família Juncal e encontra Dom Rafael furioso. Ele comunica ao genro que está tomando todas as providências para mandá-lo para a prisão.

Capítulo 62 – Terça-feira, 17 de julho
Ricardo é extremamente agressivo com Dorinha e a espanca violentamente. Dom Rafael ouve os gritos da filha e quer invadir o quarto do casal, mas é impedido pela esposa. Conceição culpa o marido pela infelicidade das filhas e tenta convencê-lo a não repetir o erro com Isabel Cristina. Vitória, com medo de ser morta pelo sobrinho, entrega uma carta a Jorge Luiz e pede a ele que a anexe ao testamento. A condessa conta ao afilhado que a carta deve ser aberta após a sua morte e diz que nela acusa Ricardo de ser o responsável. Depois de passar a noite em claro pensando em tudo que Conceição lhe disse, Dom Rafael decide ir até a casa do Dr. Alberto para tentar descobrir alguma coisa sobre sua origem. Osvaldo tenta passar a noite no banco da praça, desacata um policial e vai parar na delegacia. Lá ele informa que está sozinho na cidade e pede que avisem Alberto. Albertinho vai até a delegacia e consegue libertá-lo. Dom Rafael chega à casa do Dr. Alberto e reconhece Dolores. Furioso, ele tenta agredi-la, mas Dolores reage e aponta uma faca para Dom Rafael. Dolores chama Dom Rafael de assassino e conta que Alberto é seu neto. Dom Rafael oferece dinheiro para que ela não revele o segredo a ninguém.

Capítulo 63 – Quarta-feira, 18 de julho
Dolores fica indignada com a atitude de Dom Rafael e diz tudo o que pensa dele. Dom Rafael começa a se sentir mal e pede ajuda, mas Dolores o expulsa de sua casa. Antes de sair Dom Rafael pergunta se Alberto sabe a verdade e Dolores responde que se depender dela ele nunca saberá qual é a sua origem. Dom Rafael vai embora arrasado. Dolores acredita que logo Alberto saberá toda a verdade e se desespera com a ideia de perder o filho para sua verdadeira família. Madame Lina encontra Osvaldo perambulando pelas ruas e o leva para o bordel. Basília encontra Dolores em estado de choque. Dom Rafael chega em casa passando mal e tenta contar à Conceição que Alberto é filho de Maria Helena. Mas, quando ele pronuncia o nome do neto sofre um ataque e cai inconsciente. Conceição, desesperada, pede que chamem um médico. Alberto é obrigado a atender ao chamado, já que o Dr. Pezi não se encontra no hospital.

Capítulo 64 – Quinta-feira, 19 de julho
Alberto chega para atender Dom Rafael, mas é impedido por Ricardo que o expulsa da casa dos Juncal. Dom Rafael, apesar de paralisado, está consciente. Ele assiste a cena aflito, mas não consegue falar nem impedir que o genro expulse seu neto. Isabel Cristina comenta com Alberto que seu avô passou mal depois de ter ido conversar com Dolores. Ela conta que ele teve o ataque depois de pronunciar seu nome. Cecília tenta convencer Osvaldo a voltar para casa e conta ao rapaz que no passado ela e Alfredo foram apaixonados. A condessa Vitória recebe uma misteriosa carta anônima e passa mal. O Dr. Pezi examina Dom Rafael e comunica à família que ele sofreu um derrame cerebral e não tem muito tempo de vida. Alberto chega em casa e pergunta à mãe o que aconteceu entre ela e Dom Rafael. Dolores mente e diz que ela a maltratou por causa de sua cor. Alberto fica revoltado com a atitude de Dom Rafael.

Capítulo 65 – Sexta-feira, 20 de julho
Ricardo comemora a paralisia do sogro, pois assim ninguém ficará sabendo que ele roubou a fazenda. O Dr. Pezi e os outros companheiros de jogo da condessa recebem cartas anônimas iguais a que ela recebeu. Dom Rafael, apesar de paralisado, está completamente lúcido e sofre por não poder contar a ninguém o que acaba de descobrir. O Doutor Pezi desengana Dom Rafael e comenta com Jorge Luiz que não acredita que ele viva mais de uma semana. Alberto não concorda com o diagnóstico do médico. Rosário pede a Alberto que faça um aborto. Ele se recusa e tenta convencê-la a não cometer esse crime. Jorge Luiz visita Dolores e conta o que aconteceu com Dom Rafael. Ricardo se aproveita da paralisia de Dom Rafael e diz barbaridades a ele. Dom Rafael faz um esforço sobre humano para falar e acaba passando mal. Conceição expulsa o genro do quarto. Frei Estevão também recebe uma carta anônima com a seguinte pergunta: Condessa Vitória, santa ou pecadora? A condessa recebe outra com a mesma frase.

Sábado, 21 de julho
Resumo semanal.

Sinhá Moça 16 à 21 julho 2018

Capítulo 139 – Segunda-feira, 16 de julho – 1h15, com reapresentação às 14h30
Alertados pelos tiros, Rodolfo (Marcos Paulo) e o delegado vão à delegacia. Lá, eles descobrem que os homens atiraram em bonecos de palha, pois Justino (Antonio Pompêo) e Fulgêncio (Gésio Amadeu) haviam fugido. Voltam ao bar de Manoel mas resolvem não contar a verdade para os fazendeiros amigos do Barão, deixando-os acreditar que os negros morreram. Juliana (Luciana Braga) consegue livrar-se e avisa ao avô que a tipografia foi destruída. Augusto (Luiz Carlos Arutin) diz que precisam colocar tudo em ordem novamente, para que o jornal saia no dia seguinte. Como havia combinado com Rodolfo (Marcos Paulo), Sinhá Moça (Lucélia Santos), mesmo sabendo de todas as atrocidades cometidas pelo pai na noite anterior, vai à Fazenda e avisa Virgínia (Chica Xavier) de que ela sabe quem é seu filho. Os fazendeiros amigos do Barão (Rubens de Falco) contam a ele o ocorrido na noite anterior. Virgínia e Bastião se emocionam quando descobrem que são mãe e filho.

Capítulo 140 – Terça-feira, 17 de julho – 1h15, com reapresentação às 14h30
Fontes (Mauro Mendonça) visita Augusto (Luiz Carlos Arutin) após ele ter desmaiado. Sinhá Moça (Lucélia Santos) encontra o pai na Fazenda e Cândida (Elaine Cristina) cobra-lhe o fato de ter escondido este segredo durante tantos anos, mesmo sabendo que Virgínia (Chica Xavier) vivia à procura do filho. Os dois discutem e o Barão aproveita para dizer que ele não tem nada a ver com os crimes cometidos em Araruna na noite anterior. Sinhá Moça não acredita. Ferreira resolve dar a alforria apenas para Virgínia e não para Bastião (Cosme dos Santos). Dessa forma, os dois teriam que se separar novamente. Mas Cândida consegue convencer o Barão e Virgínia continuará na Fazenda, mesmo alforriada. O Capitão do Mato (Tony Tornado) aparece no Quilombo, onde está sendo tratado.

Capítulo 141 – Quarta-feira, 18 de julho – 1h15, com reapresentação às 14h30
Após receber os cuidados de Pai André e Mãe Maria, o Capitão (Tony Tornado) fala que é guerreiro de Pai José. Justino (Antonio Pompêo) e Fulgêncio (Gésio Amadeu) explicam para Balbina (Ruth de Souza) que prometeram não fugir e esperar o julgamento. Ana (Patrícia Pillar) conta para Juliana (Luciana Braga) como foi sua primeira noite com Ricardo (Daniel Dantas). Frei José (Sérgio Viotti) aconselha Fontes (Mauro Mendonça), Rodolfo (Marcos Paulo) e o delegado Antero (Cláudio Mamberti) a darem uma trégua na briga conta com Barão. A pedido dos Fontes, Frei José vai ao Barão (Rubens de Falco) tentar marcar um encontro reconciliador. E volta com uma notícia que deixa a todos surpresos: o Barão consente em reconciliar-se, desde que a filha volte para casa e espere um casamento que deveria ter acontecido, na igreja de Frei José. Bastião (Cosme dos Santos) fica inconformado porque o Barão não lhe dá a carta de alforria e desabafa com a mãe.

Capítulo 142 – Quinta-feira, 19 de julho – 1h15, com reapresentação às 14h30
Rodolfo (Marcos Paulo) diz a Rafael (Raymundo de Souza) que está desconfiado das atitudes do Barão (Rubens de Falco). Sinhá Moça (Lucélia Santos) decide ir com Rodolfo e Frei José (Sérgio Viotti) à casa do Barão para concretizar a reconciliação. Justino (Antonio Pompêo) e Fulgêncio (Gésio Amadeu) encontram o Capitão do Mato (Tony Tornado) no Quilombo e se espantam ao verem que ele está vivo. Ana (Patrícia Pillar) e Ricardo (Daniel Dantas) discutem mais uma vez e ela o acusa de estar pensando na Baronesa. Eduardo (Henrique Pagnoncellis) faz fofoca para Nina (Norma Blum) sobre o casamento de Ana. José Coutinho (Tato Gabus Mendes) diz a Adelaide (Solange Couto) que está desconfiado de Eduardo. Ferreira exige que Sinhá Moça e Rodolfo se mudem para a Fazenda depois de casados. Os dois não aceitam e o Barão resolve ceder a mais esta exigência. Eduardo corteja Ana. O Barão tenta convencer Fontes (Mauro Mendonça) e Rodolfo a ficarem ao lado dele no processo. No entanto, quando percebe que o pai não deu alforria a Bastião (Cosme dos Santos), Sinhá Moça desiste de acreditar na bondade dele.

Capítulo 143 – Sexta-feira, 20 de julho – 1h15, com reapresentação às 14h30
Eduardo (Henrique Pagnoncellis) diz a Manoel (José Augusto Branco) que está apaixonado por uma mulher casada. Ferreira (Ruben de Falco), já sabendo que a filha desaprovaria sua atitude em não alforriar Bastião (Cosme dos Santos), resolve dar a carta de alforria não só para ele como também para Virgínia (Chica Xavier). Manoel leva Eduardo para almoçar, deixando Ana (Patrícia Pillar) e Nina (Norma Blum) constrangidas. Sinhá Moça entrega a carta de alforria para Virgínia e Bastião. Sinhá Moça decide ficar na fazenda. Bastião continua desconfiado da bondade do Barão. Eduardo tenta convencer Manoel que José Coutinho (Tato Gabus Mendes) tem que ficar com a menor parte da sociedade. Martinho (Fernando José) lembra a Augusto (Luiz Carlos Arutin) que Ferreira poderá tomar represálias maiores e manda que o velho tenha muito cuidado com a tipografia de agora em diante. Cândida (Elaine Cristina) diz ao marido que está feliz pelas atitudes dele. Augusto fica irritado com o acordo entre os Fontes e o Barão, e ofende o delegado.

Capítulo 144 – Sábado, 21 de julho – 1h15, com reapresentação às 14h30
Augusto (Luiz Carlos Arutin) continua furioso com o acordo entre o Barão (Rubens de Falco) e os Fontes. O Barão, para espanto de todos, continua agindo com bondade. Uma de suas ideias é a de casar Sinhá Moça (Lucélia Santos) e Rodolfo (Marcos Paulo) no mesmo dia e na mesma igreja em que todos os escravos de sua Fazenda, que estiverem noivos. Frei José (Sérgio Viotti) gosta da atitude dele. O Capitão (Tony Tornado) se recupera rapidamente e já consegue ficar sentado. Fontes (Mauro Mendonça) aconselha Ricardo (Daniel Dantas) a parar de brigar com Ana (Patrícia Pillar). Rodolfo vai visitar Sinhá Moça. Rafael (Raymundo de Souza) continua desconfiado do Barão. José Coutinho (Tato Gabus Mendes) descobre que Eduardo (Henrique Pagnoncellis) está apaixonado por Ana (Patrícia Pillar). No bar, todos estão conversando com o Barão, quando Rafael aparece e diz que quer se sentar.