Bicho do Mato 30 à 31 julho 2018 – FINAL

Capítulo 239 – Segunda-feira, 30 de julho
Emílio convence Juba e o inspetor Paulo de que Sílvia é suspeita de matar Ramalho. Roberto chega e Sílvia questiona por que ele pára de gravar exatamente quando Ramalho vai para o trem fantasma. Ela lembra que ele substituiu o diretor do programa de uma hora para outra, aproximou-se e seduziu Lili, justamente a maior inimiga de Ramalho, sugerindo ser ele o traidor. Francisca e Alzira falam que, quando duas mulheres ficam muito amigas, costumam usar as coisas uma da outra, vão tomando intimidade e, quando vêem, já querem ficar com o que é da amiga. Juba dá força a Cecília, que está quase se desesperando, temendo ser condenada caso não encontrem o traidor. No quarto de hotel, Mesquita conversa e beija Laura – ela está no Rio e não em Paris, como todos acreditam.

Capítulo 240 – Terça-feira, 31 de julho
Juba e Cecília se casam em cerimônia na fazenda Boa Esperança. Betinha volta a viver na casa dos pais com Tavinho. Antes, porém, tentará jogar o seu charme para Roberto Justus, que fará participação especial na novela. Alzira e Mariano ficam juntos, e Francisca e Geraldo retomam o noivado. Tiniá e Teleco se casam em cerimônia indígena. Márcia fica grávida de Iru. Maurinho e Jurema terminam juntos. Eduardo vai morar no Pantanal com Yara, Jaci e os filhos adotivos. Graça dá à luz um menino e vai morar com Nicolau na casa que ele comprou para o casal no subúrbio. Pitoco beija Maibi.

Bicho do Mato 23 à 27 julho 2018

Capítulo 234 – Segunda-feira, 23 de julho
Juba e os Guaporás saem pela mata à caça de Brandão e Zé Diacho. Isabela aparece na fazenda avisando a Francisca que Margaridinha está doente, com febre, no hospital. Teleco leva Zé Diacho algemado para a delegacia. Sílvia revela a Emílio que Ruth estava no Pantanal quando fizeram as ligações para o Sr. X. Emílio fica tenso. Brandão é picado por uma cobra e faz um corte na perna para drenar o veneno. Juba chega e o rende. Sangrando, Brandão foge para dentro do rio e sente uma mordida. Juba grita que o rio está cheio de piranhas.

Capítulo 235 – Terça-feira, 24 de julho
Brandão não se entrega a Juba e é devorado pelas piranhas. Apenas seu chapéu bóia no rio. Juba conseguiu cumprir a sua promessa: encontrou o assassino de seu pai e a justiça foi feita. Mas ele lembra a Yopanã que deve voltar ao Rio para ajudar Cecília a descobrir quem os enganou por todo esse tempo. O inspetor Paulo chega à casa de Cecília com um mandado de busca e apreensão, contando que recebera uma denúncia anônima de que a arma que matou Ramalho está escondida na casa. Joca desconfia que Ruth plantou a arma no quarto de Cecília, pois conhece muito bem a casa. Frederica acredita que Tavinho e Betinha mataram Ramalho e depois se juntaram a Ruth para incriminar Cecília. Sai o exame de balística: a arma encontrada no quarto de Cecília matou Ramalho. Paulo dá ordem de prisão e algema Cecília.

Capítulo 236 – Quarta-feira, 25 de julho
Juba diz a Cecília que vai chamar Eduardo. Paulo leva Cecília do hospital algemada. Roberto dá a notícia da prisão de Cecília a Lili, Emílio e Sílvia. Vanda flagra Nicolau ao telefone comentando com alguém que Cecília só estava no lugar errado e na hora errada. Na delegacia, Zé Diacho entrega para Jurema que o delegado freqüenta um quarto secreto. Ela pergunta se é lá que ele esconde o baú misterioso, mas Maurinho disfarça. Eduardo não consegue o habeas corpus de Cecília. Ruth revela a Pedro ter plantado a arma na casa de Cecília. Pedro pergunta onde ela arranjou a arma, mas ela não conta. Emílio vai até a delegacia e diz para Juba, Cecília e Eduardo que Sílvia Schiller é a pessoa que trabalha pro Senhor X e que matou Ramalho.

Capítulo 237 – Quinta-feira, 26 de julho
Emílio convence Juba e o inspetor Paulo de que Sílvia é suspeita de matar Ramalho. Roberto chega e Sílvia questiona por que ele pára de gravar exatamente quando Ramalho vai para o trem fantasma. Ela lembra que ele substituiu o diretor do programa de uma hora para outra, aproximou-se e seduziu Lili, justamente a maior inimiga de Ramalho, sugerindo ser ele o traidor. Francisca e Alzira falam que, quando duas mulheres ficam muito amigas, costumam usar as coisas uma da outra, vão tomando intimidade e, quando vêem, já querem ficar com o que é da amiga. Juba dá força a Cecília, que está quase se desesperando, temendo ser condenada caso não encontrem o traidor. No quarto de hotel, Mesquita conversa e beija Laura – ela está no Rio e não em Paris, como todos acreditam.

Capítulo 238 – Sexta-feira, 27 de julho
Capítulo? não divulgado?. Juba e Cecília se casam em cerimônia na fazenda Boa Esperança. Betinha volta a viver na casa dos pais com Tavinho. Antes, porém, tentará jogar o seu charme para Roberto Justus, que fará participação especial na novela. Alzira e Mariano ficam juntos, e Francisca e Geraldo retomam o noivado. Tiniá e Teleco se casam em cerimônia indígena. Márcia fica grávida de Iru. Maurinho e Jurema terminam juntos. Eduardo vai morar no Pantanal com Yara, Jaci e os filhos adotivos. Graça dá à luz um menino e vai morar com Nicolau na casa que ele comprou para o casal no subúrbio. Pitoco beija Maibi.

Bicho do Mato 16 à 20 julho 2018

Capítulo 229 – Segunda-feira, 16 de julho
Cecília sai assustada do trem fantasma e vê que Ramalho está morto. Frederica confirma que a pedra não está com Ramalho. Uma criança sai chutando o diamante, que fica largado, como uma pedra qualquer, na rua. Num misterioso telefonema, Lili avisa que deu tudo certo, despertando a curiosidade de seus amigos. Joca diz a Gigi que não matou Ramalho e que jogou fora a arma quando viu a Polícia no parque. Paulo arranja uma testemunha e Maurinho confessa que estava no parque.

Capítulo 230 – Terça-feira, 17 de julho
Maurinho nega ter matado Ramalho. Betinha assegura a Tavinho que negará até a morte ter estado no parque, mesmo que Gigi a denuncie ao delegado. Tavinho não poderá denunciar uma pessoa que viu no parque, pois seu álibi consiste em dizer que ele e Betinha não saíram de casa. Betinha e Tavinho continuam afirmando que não foram ao parque. Mesquita diz que ainda não terminou de resolver tudo que veio fazer no Brasil. O resultado do exame de balística chega à delegacia.

Capítulo 231 – Quarta-feira, 18 de julho
O tiro que matou Ramalho não saiu da arma de Joca. Paulo apresenta duas testemunhas que provam que o álibi de Betinha e Tavinho é falso. Tavinho entrega que Mesquita, namorado de sua mãe, que odiava Ramalho, estava no parque, e não na Europa. Tavinho e Betinha chegam em casa e dizem para Cecília e Juba que Mesquita entrou na lista de suspeitos por estar no Brasil. Mariano resolve enfrentar Zé Diacho e Geraldo diz que vai junto. Juba, Cecília, Mesquita, Joca e Eduardo vão à delegacia. Um baleiro testemunha que Mesquita estivera no parque. Mesquita afirma que entre eles há um traidor, comparsa de Ramalho e seu verdadeiro assassino. Mesquita e Laura descobrem um sócio de Ramalho na Europa, conhecido como Senhor X, chefe desse traidor no Brasil e mandante do assassinato.

Capítulo 232 – Quinta-feira, 19 de julho
Mesquita diz que o Senhor X pode ser um homem ou uma mulher. Em casa, todos acusam Ruth, que, por sua vez, acusa Sílvia, lembrando que ela era a traficante de pedras de Ramalho, que era ela quem levava as pedras para a Europa. Vanda pede que Nicolau conte o que está havendo, mas ele se nega, dizendo que nem ela nem Graça o deixarão ir adiante e ele não pode mais voltar atrás. Brandão leva Tiniá amarrada pela floresta. Alzira avisa a Juba que Mariano e Geraldo querem prender Brandão e Zé Diacho, que estão no garimpo. Juba resolve viajar para o Pantanal. Lili avisa que Roberto conseguiu identificar um conhecido nas gravações feitas no parque. Roberto chega e acusa Emílio de ter ido ao parque e matado Ramalho a mando do Senhor X.

Capítulo 233 – Sexta-feira, 20 de julho
Emílio explica que foi ao parque para ajudar Juba e Cecília a resgatarem Ruyzinho e que mentiu por medo de o acusarem de ser o assassino. Roberto avisa que entregou a fita ao inspetor Paulo. Juba, Yara, Léo e Jaci viajam para o Pantanal. Ruth liga avisando Betinha e Tavinho que Emílio é o traidor. Maurinho não consegue segurar um espirro e chama a atenção dos bandidos. Começa um tiroteio. Zé Diacho e Brandão fogem e Maurinho usa o megafone para dar ordem de prisão aos jagunços. Tiniá é libertada, Carlos e Juliana resolvem voltar para o Rio. Teleco pede Tiniá em casamento. Iru permite que Tiniá e Márcia os acompanhem na batalha.