Sinhá Moça 23 à 28 abril 2018

Capítulo 73 – Segunda-feira, 23 de abril
Rafael (Raymundo de Souza) fala à Frei José (Sérgio Viotti) que agora é um homem livre, mas que voltou para cumprir sua missão. Sinhá Moça (Lucélia Santos) diz à Bá (Chica Xavier) que a mãe não suportaria saber que Rafael é filho do Barão de Araruna (Rubens de Falco). Rafael mostra para o delegado Antero (Cláudio Mamberti) sua verdadeira carta de alforria e lhe pergunta se pode andar solto pela cidade, o delegado diz que sim. Ricardo (Daniel Dantas) ignora Ana (Patrícia Pillar) e ela fica chateada. Rafael vai à casa de Augusto (Luiz Carlos Arutin) e Juliana (Luciana Braga) fica muito feliz, atirando-se nos braços dele. Fulgêncio (Gésio Amadeu) volta a enxergar de um olho. Frei José conta a família de Fontes (Mauro Mendonça) que Rafael voltou para a cidade. Rafael e Juliana se beijam. Ferreira vai à casa de Augusto e quer ver a carta de alforria de Rafael. Rodolfo (Marcos Paulo), que estava lá também, não permite. Rafael e Rodolfo discutem seriamente com Ferreira e acabam por expulsá-lo da casa de Augusto. Ferreira vai embora, mas fica furioso.

Capítulo 74 – Terça-feira, 24 de abril
O Barão de Araruna (Rubens de Falco), ainda furioso por ter sido expulso da casa de Augusto (Luiz Carlos Arutin), promete a si mesmo que irá vingar-se de Rafael (Raymundo de Souza) e Rodolfo (Marcos Paulo). O Barão vai ao delegado Antero (Cláudio Mamberti), mas constata que ele também está a favor de Rafael. Rafael fica sabendo que Mário (Tarcísio Filho) está apaixonado por Juliana (Luciana Braga). Ferreira dá uma violenta bofetada em Bentinho (José Prata). Fontes (Mauro Mendonça) fica sabendo e se revolta. Rafael e Rodolfo vão visitar José Coutinho (Tatu Gabus Mendes) e Adelaide (Solange Couto) diz que ele conseguiu um emprego no armazém da estrada de ferro. Ferreira conta para Sinhá Moça (Lucélia Santos) que Rafael voltou, mas que ela não deve vê-lo. Fulgêncio (Gésio Amadeu) guarda segredo, até de Justino (Antonio Pompêo), que está enxergando de novo.

Capítulo 75 – Quarta-feira, 25 de abril
Rafael (Raymundo de Souza) conta para José Coutinho (Tatu Gabus Mendes) que Justino ama Adelaide (Solange Couto) e não a perdoou. Rodolfo (Marcos Paulo) e Rafael falam para eles tomarem cuidado. O Barão de Araruna manda o Capitão do Mato (Tony Tornado) matar Rodolfo. Cândida (Elaine Cristina) chora ao ver a filha chorando porque não pode sair de casa. Rafael diz à Juliana (Luciana Braga) que não quer namorar com ela e termina o romance. Sinhá Moça (Lucélia Santos) não levanta da cama e diz a mãe que não tem mais vontade viver. Frei José (Sérgio Viotti) aconselha Adelaide a contar ao marido que está lavando roupa para fora, eles conversam e ela diz que está grávida.

Capítulo 76 – Quinta-feira, 26 de abril
Sinhá Moça (Lucélia Santos) resolve trancar-se no quarto, pois está desalentada da vida. Rodolfo (Marcos Paulo) quer salvá-la, mas fica sabendo que os homens do Capitão têm ordens para matar quem aparecer na Fazenda. Ferreira (Rubens de Falco) chama o médico, Dr. Amorim (Cláudio Corrêa e Castro), que lhe diz que Sinhá Moça quer morrer, pois não come há vários dias. Cândida (Elaine Cristina) briga com Ferreira, mas ele está irredutível e não deixa Sinhá Moça casar com Rodolfo. Sinhá Moça revela a Cândida que Rodolfo é o Irmão do Quilombo. Fulgêncio (Gésio Amadeu), sabendo que Sinhá Moça está mal, pede uma arma a Bastião (Cosme dos Santos). Frei José (Sérgio Viotti) dá o recado de Cândida a Rodolfo, pedindo-lhe que não vá à fazenda pois estão esperando por ele. E mais: manda dizer-lhe que abençoa o amor dos dois.

Capítulo 77 – Sexta-feira, 27 de abril
Justino (Antônio Pompêo) diz a Fulgêncio (Gésio Amadeu) que matou Honório por amor, e que faria tudo outra vez pois continua louco de amor. O Barão de Araruna (Rubens de Falco) questiona o Capitão do Mato (Tony Tornado) porque os escravos não fizeram festa ao fim da colheita. Ricardo (Daniel Dantas) resolve fazer charme para Ana (Patrícia Pillar), e dá certo. Bastião (Cosme dos Santos) não consegue a arma para Fulgêncio, pois Virgínia (Chica Xavier) o impede de dar uma arma a um cego. Bastião diz a Virgínia que o povo da senzala está querendo matar o Capitão. Cândida (Elaine Cristina) enfrenta o Capitão do Mato e ele fica furioso. Cândida diz a Sinhá Moça (Lucélia Santos) que vai conversar com Ferreira para que ele tire o Capitão da frente da casa.

Capítulo 78 – Sábado, 28 de abril
Cândida (Elaine Cristina) exige que Ferreira (Rubens de Falco) mande o Capitão do Mato (Tony Tornado) embora. Ferreira não aceita o pedido da esposa e ainda manda o Capitão do Mato bater em Bastião (Cosme dos Santos) na frente delas. Sinhá Moça (Lucélia Santos) fica desesperada ao ouvir Bastião apanhando. Cândida sonha com Ricardo (Daniel Dantas) depois de brigar com Ferreira, ele acorda e desconfiado pergunta o que ela está sonhando. Ricardo e Ana (Patrícia Pillar) se beijam novamente e ela aceita namorar com ele escondido. Cândida e Sinhá Moça pedem ao Barão que lhes deixem sair, mas ele não permite. Frei José (Sérgio Viotti) conta a Rodolfo (Marcos Paulo) que o Barão irá viajar e ele pensa em libertar os escravos e roubar Sinhá Moça.

Sinhá Moça 16 à 21 abril 2018

Capítulo 67 – Segunda-feira, 16 de abril – às 14h30 e à 1h15
Rodolfo (Marcos Paulo), depois de ter prometido a Sinhá Moça (Lucélia Santos) que irá voltar para levá-la, caso seja necessário, leva Adelaide (Solange Couto) para sua casa, onde Inez (Neuza Amaral) e Fontes (Mauro Mendonça) a recebem com simpatia. Sinhá Moça está muito feliz por saber que Rodolfo é o Irmão do Quilombo e conta para Bá (Chica Xavier). Coutinho (Ivan Mesquita) vai à casa do Barão (Rubens de Falco) e descobre que Adelaide fugiu. Furioso, ele começa a beber muito. Justino (Antonio Pompêo), ao saber que Adelaide fugiu, teima em correr atrás dela, mas Bruno (Walter Santos) o impede e o põe trancado a ferros. Frei José (Sérgio Viotti) realiza a cerimônia de casamento de Adelaide (Solange Couto) e José Coutinho (Tatu Gabus Mendes), para que nada os impeça mais de viver juntos. Ana do Véu (Patrícia Pillar) surpreende Nina (Norma Blum) lendo o livro. Coutinho fica sabendo que seu filho já está casado com Adelaide.

Capítulo 68 – Terça-feira, 17 de abril – às 14h30 e à 1h15
Coutinho (Ivan Mesquita) bebe muito porque está revoltado com o casamento do filho. Inez (Neuza Amaral) oferece a casa para Adelaide (Solange Couto) e José Coutinho (Tatu Gabus Mendes) morarem temporariamente. Everaldo (Germano Filho) impede que Mário (Tarcísio Filho) continue trabalhando com Augusto (Luiz Carlos Arutin). Barão de Araruna (Rubens de Falco) fica desconfiado de que Sinhá Moça (Lucélia Santos) tenha ajudado Adelaide a fugir. Coutinho vai à casa de Fontes (Mauro Mendonça), onde todos estão comemorando o casamento, e faz um escândalo, ele pede Adelaide de volta como sua escrava, obrigando Rodolfo (Marcos Paulo) a expulsá-lo de lá. Depois, ele vai ao delegado Antero (Cláudio Mamberti) e exige que ele mande prender Adelaide. O delegado se recusa a fazer isso, pois também está do lado de Rodolfo e Fontes. Frei José (Sérgio Viotti) conta para o Barão, Sinhá Moça e Cândida (Elaine Cristina) que casou Adelaide e José Coutinho. Sinhá Moça comemora. Fontes fala para o delegado Antero que vai defender a causa dos dois noivos no tribunal, se for preciso. Fulgêncio (Gésio Amadeu) conta para Justino (Antonio Pompêo) que Adelaide casou com José Coutinho. Sinhá Moça diz à mãe que seria capaz de fugir com Rodolfo, se ele quisesse. Coutinho encontra o filho no bar do Manoel.

Capítulo 69 – Quarta-feira, 18 de abril – às 14h30 e à 1h15
Coutinho (Ivan Mesquita) diz a Everaldo (Germano Filho) que vai pegar Adelaide (Solange Couto) e matá-la. Rodolfo (Marcos Paulo), Bentinho (José Prata) e Justo (Grande Otelo) vão à fazenda de Coutinho soltar os escravos da senzala. Justino (Antonio Pompêo) se deixa acalmar por Fulgêncio (Gésio Amadeu), que foi à senzala para aconselhá-lo a não fugir atrás de Adelaide (Solange Couto). Rodolfo vestido de Irmão do Quilombo liberta os escravos de Coutinho. Rodolfo entra no quarto de Sinhá Moça (Lucélia Santos) e os dois se beijam apaixonados. Coutinho avisa ao delegado Antero (Cláudio Mamberti) que seus escravos sumiram e ele diz que não pode fazer nada. Barão de Araruna (Rubens de Falco), fica sabendo que os escravos de Coutinho foram libertados pelo Irmão do Quilombo, pensa que Rafael (Raymundo de Souza) voltou e jura vingar-se dele. Manoel (José Augusto Branco) aluga a casa para José Coutinho (Tatu Gabus Mendes) e Adelaide, que ficam felizes. Barão de Araruna reúne os fazendeiros da cidade e os obriga a fornecerem armas e pessoas para irem atrás dos escravos do Sr. Coutinho.

Capítulo 70 – Quinta-feira, 19 de abril – às 14h30 e à 1h15
Nenhum fazendeiro aceita ajudar Coutinho (Ivan Mesquita) a recapturar seus escravos. Barão de Araruna (Rubens de Falco) fica furioso com a recusa dos fazendeiros. Ricardo (Daniel Dantas) conta para Rodolfo (Marcos Paulo) e Fontes (Mauro Mendonça) que os fazendeiros levantaram suspeitas sobre a atitude do Irmão do Quilombo. Furioso com o que pensa ser obra de Rafael (Raymundo de Souza), Ferreira diz que ainda vai matar o rapaz com suas próprias mãos. Cândida (Elaine Cristina) e Sinhá Moça (Lucélia Santos) ficam apreensivas com a violência do Barão. Ricardo, num verdadeiro arroubo de coragem, dá um beijo em Ana (Patrícia Pillar), em plena rua. Capitão do Mato (Tony Tornado) volta, com notícias de Rafael. Diz que ele é um escravo de gente muito importante na Capital da Província, na casa de quem ele tem livre acesso. O Barão descobre, portanto que não foi Rafael quem soltou os escravos de Coutinho. Ana fica pensando no beijo de Ricardo. Ferreira reúne a família e comunica que estava enganado ao pensar que Rafael era o Irmão do Quilombo. Cândida (Elaine Cristina) desconfia da felicidade que Sinhá Moça está demonstrando.

Capítulo 71 – Sexta-feira, 20 de abril – às 14h30 e à 1h15
José Coutinho (Tatu Gabus Mendes) e Adelaide (Solange Couto) tentam se virar para comer, pois estão na casinha alugada de Manoel (José Augusto Branco) e José não conseguiu arrumar um emprego. Rodolfo (Marcos Paulo) mostra a chave da senzala do Barão de Araruna (Rubens de Falco) para Fontes (Mauro Mendonça). Juliana (Luciana Braga) fala para Mário (Tarcísio Filho) que ama Rafael (Raymundo de Souza). Everaldo (Germano Filho) oferece seus empregados a Coutinho, para que eles ajudem a ensacar o café. Ana (Patrícia Pillar) visita Adelaide e tenta ser amiga dela. Ana se confessa com Frei José (Sérgio Viotti) e diz que Ricardo (Daniel Dantas) a beijou a força. Coutinho descobre onde o filho está morando e vai atrás dele.

Capítulo 72 – Sábado, 21 de abril – às 14h30 e à 1h15
Coutinho (Ivan Mesquita) propõe ao filho que volte para casa e sugere a Adelaide (Solange Couto) que aceite dinheiro para sumir da vida de José Coutinho (Tatu Gabus Mendes). José Coutinho, furioso, praticamente expulsa o pai de sua casa, sem aceitar qualquer oferta. Justo (Grande Otelo) e Bentinho (José Prata) voltam, após terem deixado os escravos de Coutinho num Quilombo bem afastado. Adelaide (Solange Couto) pede que Inez (Neuza Amaral) consiga algumas freguesas para ela lavar roupa. Coutinho (Ivan Mesquita) fala para o Barão que pretende colocar os italianos para trabalharem em sua fazenda. José Coutinho corrige o jeito de falar de Adelaide. Barão de Araruna (Rubens de Falco) avisa a Sinhá Moça (Lucélia Santos) que não permitirá que ela namore com Rodolfo (Marcos Paulo). Sinhá Moça diz a mãe que se casará com Rodolfo a qualquer custo. Rodolfo agradece a Justo e Bentinho por terem levado os escravos. Rafael (Raymundo de Souza) retorna para Araruna e surpreende Frei José (Sérgio Viotti).

Sinhá Moça 9 à 14 abril 2018

Capítulo 61 – Segunda, 9 de abril – às 14h30 e à 1h15
Coronel Ferreira (Rubens de Falco) conta para Adelaide (Solange Couto) que José Coutinho (Tato Gabus Mendes) quer casar com ela e que deverá pagar um alto valor. Justino (Antônio Pompêo) fica sabendo do casamento de Adelaide e arma plano para matar os dois. Sinhá Moça (Lucélia Santos) conversa com Bá (Chica Xavier) sobre sentimento de Juliana por Rafael e diz que ele quase a beijou sem saber que são irmãos. Adelaide confessa para Fulgêncio (Gésio Amadeu) que gosta de Justino e que por causa de casamento com José vai poder ter filhos brancos. Coutinho (Ivan Mesquita) briga com José por causa de casamento com Adelaide e diz que não o aceitará como filho. Ricardo (Daniel Dantas) diz para Rodolfo (Marcos Paulo) que queria matar Ferreira, por causa de Cândida. Ana do Véu (Patrícia Pillar) sonha que Ricardo foi até seu quarto e seus pais o encontraram. José conversa com Frei (Sérgio Viotti) sobre a compra de Adelaide. Ferreira pergunta para Bastião (Cosme dos Santos) sobre mãe. Cândida (Elaine Cristina) questiona Bá sobre Coronel e Maria das Dores (Dhu Moraes).

Capítulo 62 – Terça-feira, 10 de abril – às 14h30 e à 1h15
Cândida (Elaine Cristina) mente para o Barão de Araruna (Rubens de Falco) e ele diz que irá vender Adelaide (Solange Couto) para quem lhe oferecer um bom preço. Sinhá Moça (Lucélia Santos) diz que não esqueceu beijo de Rodolfo (Marcos Paulo). Barão diz a Fulgêncio (Gésio Amadeu) que se preocupa que ele tenha tudo de melhor. Juliana (Luciana Braga) fica no quarto sofrendo por Rafael (Raymundo de Souza) e Augusto (Luiz Carlos Arutin) a aconselha. Ana do Véu (Patrícia Pillar) reclama que a mãe só pensa no pecado e fica no quarto lendo livro. Frei José (Sérgio Viotti) aconselha Juliana. Coutinho (Ivan Mesquita) conversa com o Barão sobre compra de Adelaide e casamento com José (Tato Gabus Mendes). Sinhá Moça diz à mãe que pretende se casar com Rodolfo, mesmo sem a permissão do pai e que gosta de Rafael como irmão. Cândida fala com a filha sobre suspeita de que Rafael seja filho bastardo do Barão. Coutinho diz que irá recuperar os escravos e rasgar cartas de alforria. Adelaide corre e Justino (Antônio Pompêo) a assusta. Sinhá Moça chega e defende Adelaide.

Capítulo 63 – Quarta-feira, 11 de abril – às 14h30 e à 1h15
Sinhá Moça (Lucélia Santos) chega a ponto de impedir que Justino (Antônio Pompêo) consiga seu objetivo com Adelaide (Solange Couto). Coutinho (Ivan Mesquita) avisa ao filho que ele será deserdado caso insista em se casar com Adelaide. José Coutinho (Tatu Gabus Mendes) não cede e diz que não irá desistir do seu amor. Sinhá Moça pede ao pai que alforrie Adelaide, mas ele nega. Nina (Norma Blum) descobre que Ana do Véu (Patrícia Pillar) está lendo um livro e briga com ela. Rodolfo (Marcos Paulo) diz a Justo (Grande Otelo) que só irá dizer a Sinhá Moça que é o Irmão do Quilombo quando conseguir soltar os escravos da Fazenda do Barão (Rubens de Falco). Coutinho presta queixa de Ricardo (Daniel Dantas) na polícia, alegando que ele roubou seus escravos. José Coutinho pede ao Barão para deixar ele levar Adelaide e pagar por ela depois, mas ele não permite.

Capítulo 64 – Quinta-feira, 12 de abril – às 14h30 e à 1h15
Nina (Norma Blum) e Ana do Véu (Patrícia Pillar) brigam pelo livro quando Manoel (José Augusto Branco) chega e estranha a discussão. Ana do Véu consegue recuperar o livro da mãe. Justo (Grande Otelo) comunica aos escravos da fazenda de Coutinho (Ivan Mesquita) que eles terão que voltar para a senzala dele, porque estão sem a carta de alforria. Justo dá o recado do Irmão do Quilombo para os escravos de Coutinho. Rodolfo (Marcos Paulo) planeja abrir a senzala de Coutinho. O Barão de Araruna (Rubens de Falco) aconselha Coutinho a comprar Adelaide (Solange Couto), para que ela não se case com o filho. Rodolfo avisa a José Coutinho (Tatu Gabus Mendes) que ele poderá se casar com Adelaide, se o Irmão do Quilombo abrir a senzala do Barão. Nino (Nizo Neto) encontra Ricardo (Daniel Dantas) na casa de Ana do Véu e fica chateado. Ferreira avisa para Sinhá Moça (Lucélia Santos) e Cândida (Elaine Cristina) que vendeu Adelaide para Coutinho. Sinhá Moça avisa a Adelaide que ela foi vendida para o pai de José Coutinho.

Capítulo 65 – Sexta-feira, 13 de abril – às 14h30 e à 1h15
Adelaide (Solange Couto) fica desesperada ao saber que o Barão (Rubens de Falco) vai vendê-la para o pai de José Coutinho (Tatu Gabus Mendes), pois imagina o que possa lhe acontecer. Bastião (Cosme dos Santos) conta para Fulgêncio (Gésio Amadeu) que Rodolfo (Marcos Paulo) fez uma cópia chave da senzala do Barão. Os escravos da fazenda de Coutinho (Ivan Mesquita), atendendo ao pedido do Irmão do Quilombo, queimam suas cartas de alforria. Bastião entrega a carta de Rodolfo para Sinhá Moça (Lucélia dos Santos). Rodolfo e Sinhá Moça armam um plano para salvar Adelaide das mãos de Coutinho. Quando ele vai buscar a escrava na casa do Barão, Sinhá Moça pede-lhe mais um dia, para as duas se despedirem. Coutinho, pensando em agradar o Barão, concede. Augusto (Luiz Carlos Arutin) elogia para Juliana (Luciana Braga) o texto que Mário (Tárcisio Filho) escreveu para o jornal. Fulgêncio, sabendo que Adelaide foi vendida, pede a Bastião que o leve para a senzala, a fim de consolar Justino (Antonio Pompêo).

Capítulo 66 – Sábado, 14 de abril – às 14h30 e à 1h15
Coutinho (Ivan Mesquita) avisa a Fontes (Mauro Mendonça), a Rodolfo (Marcos Paulo) e ao Frei José (Sérgio Viotti) que comprou Adelaide (Solange Couto) do Barão de Araruna (Rubens de Falco). Sinhá Moça (Lucélia Santos) explica a Adelaide que ela será raptada pelo Irmão do Quilombo durante a noite, seguindo combinações com Rodolfo. Frei José conta a José Coutinho (Tatu Gabus Mendes) que o pai comprou Adelaide. Sinhá Moça e Adelaide choram ao se despedirem. Bastião (Cosme dos Santos), como combinado, faz com que Bruno fique vigiando apenas a senzala e não a Casa Grande. Frei José pergunta a José Coutinho se ele está realmente preparado para casar com Adelaide. O Irmão do Quilombo pega Adelaide e, finalmente, se mostra a Sinhá Moça como Rodolfo. Enquanto eles estão se beijando, Ferreira levanta-se da cama para pegar um copo d’água para Cândida.